Enem 2020: veja as principais previsões para a prova

enem2020vejaasprincipaisprevisoesparaaprova

Buscar as previsões para o Enem 2020 é um forma eficiente de iniciar os estudos, pois permite dar atenção aos conteúdos que podem oferecer um diferencial na prova objetiva, assim como na redação. Além disso, o quanto antes você se preocupar com o exame, maior será o tempo dedicado à sua aprovação.

Nesse sentido, é importante considerar não apenas os métodos de avaliação, mas também os assuntos em evidência. Esse cuidado será fundamental para trabalhar as dificuldades e ir preparado para realizar uma boa prova.

Logo abaixo, separamos as principais tendências para a prova do Enem 2020. Continue a leitura e conheça os tópicos que podem cair no exame, ficando por dentro de tudo o que é necessário para alcançar muitos pontos!

Novidades da prova do Enem em 2020

A prova do Enem 2020 será o momento de consolidação das novas diretrizes de segurança, como a possibilidade de revistar lanches e recipientes a qualquer momento. Por isso, antes de tudo, leia atentamente as dicas já divulgadas para edição atual.

Esse também será o início da transformação digital do exame, com a aplicação do modelo para um grupo reduzido de 50 mil alunos, em 15 capitais. Logo, se for do seu interesse e houver disponibilidade, será possível optar pela versão eletrônica.

Se você ainda não sabe quando é o Enem 2020, anote na agenda as novas datas definidas. Por conta da pandemia do coronavírus e das medidas de distanciamento social, a nova data de aplicação dos exames será:

Enem Impresso: 17 e 24 de janeiro de 2021;
Enem Digital: 31 de janeiro e 07 de fevereiro de 2021.

A partir de então, crie um cronograma para ver os assuntos com qualidade até o dia da prova. Aqui no blog nós temos um modelo de cronograma de estudos já no formato de planilha para você baixar gratuitamente! Confira 😉

Por fim, vale ressaltar que o cronograma e resultado do Enem 2020 ainda terão mais datas confirmadas e atualizadas. Use o site do Enem para se manter por dentro e acompanhar todas as novidades da prova e não deixe de conferir nosso guia de estudos completo.

Ciências Humanas e suas tecnologias

Iniciando as previsões para o Enem 2020, vale ressaltar a importância de acompanhar as notícias, debates e acontecimentos. Uma das características do exame é contextualizar as questões técnicas, além de abordar temas atuais na redação.

Em Ciências Humanas e suas tecnologias, que compreende História, Geografia, Filosofia e Sociologia, essa importância é redobrada. Mesmo quando aborda eventos passados, é comum a conexão e exigência de reflexão sobre o presente.

Um primeiro assunto para ficar de olho é poder da política. Há alguns anos, o Brasil apresenta uma postura mais ativa da população em relação à ética de governantes e parlamentares, bem como de reavaliação do papel dessas pessoas na sociedade.

Outro debate atual é a relação entre desenvolvimento e preservação do meio ambiente. Em geral, assuntos ambientais, como aquecimento global, saneamento e agropecuária são frequentes no exame e podem ter maior impacto diante das crises recentes nessas áreas, entre elas, a poluição nos mares do Nordeste e as queimadas na Amazônia.

Um terceiro item são as mídias sociais. É possível que as questões discutam a Era da Informação, que é o momento em que vivemos, seus impactos em hábitos de consumo, relações humanas, privacidade e liberdade de expressão no mundo online.

Por fim, é sempre importante entender a evolução da nossa sociedade até os dias atuais e os movimentos culturais de cada momento histórico. Além disso, procure relacionar as transformações, especialmente a partir da década de 50, com a velocidade imposta pelos avanços da tecnologia.

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Nessa área ampla, que inclui, entre outras matérias, Português, Literatura e Tecnologia da Informação, a perspectiva é de permanência do formato das questões. Ou seja, mesmo quando cobra os assuntos de gramática, o ENEM insere o conteúdo na leitura e interpretação de textos, especialmente conhecimentos gerais.

A primeira dica, nesse sentido, é estudar sobre arte contemporânea. A modalidade surgida na secunda metade do século XX se caracteriza pela subjetividade na criação e análise de obras. Trata-se de movimentos bastante ligados ao mundo de hoje, em que frequentemente as situações se apresentam de forma ambígua, complexa e mutável.

Também é relevante entender as características dos movimento literários, como Humanismo, Barroco, Modernismo e Pós-modernismo. Ao dominar as categorias, você não terá dificuldades caso uma questão peça para classificar ou relacionar aspectos do passado com o presente.

Uma última previsão é a presença de questões sobre funções da linguagem. Isso porque, ao pedir uma classificação em função fática, poética, emotiva etc., o examinador pode verificar o nível de compreensão do avaliado em relação aos textos da prova.

Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Os conteúdos de Química, Física e Biologia exigem a compreensão dos fenômenos estudados em cada área — principalmente suas relações de causa e efeito. Além disso, em algumas questões, já será visível a prevalência do raciocínio lógico e da matemática, enquanto as questões de humanas são mais reflexivas.

Um tema recorrente é matéria e energia dos ecossistemas, especialmente o seu fluxo dentro da cadeia alimentar. Igualmente, questões sobre eletricidade e acústica costumam ser exigidas no exame.

Já em Química, dificilmente uma prova não conterá questões sobre Estequiometria, ou seja, o estudo de reações entre produtos e reagentes. O tema merece destaque pela necessidade de combinar conhecimentos bastante diversos, como conversão de medidas, regras de três e, até mesmo, interpretação de texto para resolver os problemas.

Matemática e suas Tecnologias

O estudo da Matemática e da Geometria é diferente das demais áreas. O peso de compreender os assuntos atuais é menos relevante, sendo fundamental entender as operações e treinar os cálculos com baterias de exercícios.

Resumidamente, é preciso identificar os tópicos centrais, como regra de três, figuras geométricas, equações, progressões geométricas e aritméticas, escalas e porcentagem. Aqui, a dedicação fora da sala de aula e do curso preparatório é fundamental.

Redação

O modelo de redação exige sempre a elaboração de um conteúdo dissertativo, dividido em introdução, desenvolvimento e conclusão. Normalmente, a partir da compreensão de uma questão social, o avaliado desenvolve a sua argumentação, apresentando um posicionamento racional e oferecendo uma proposta de solução para o problema.

Nessa tarefa, o conhecimento básico de direitos humanos é fundamental. Isso porque o estudante é penalizado em 200 pontos se propor algo fora dessas diretrizes, e o tema pode facilitar a compreensão a respeito das exigências de entidades públicas e particulares.

É importante estar atento ainda aos problemas históricos do Brasil, como analfabetismo, saneamento básico, miséria e desigualdade social. Igualmente, fique de olho: discussões que ganharam espaço mais recentemente, como homofobia, transformação digital, mobilidade urbana e sustentabilidade, são grandes apostas!

O ideal é, em cada tópico, conhecer os diferentes posicionamentos e buscar elementos externos que possam ser incluídos no momento da prova. Use flashcards, mapas mentais e outras técnicas para memorizar estatísticas, citações de autores de referência e acontecimentos recentes.

Lembre-se também que a redação terá um grande impacto na escolha do seu curso superior, principalmente para alcançar as notas de corte. Então, treine bastante e consulte os textos que tiraram a nota máxima nas edições anteriores para entender como funciona, na prática.

No vídeo abaixo, do Canal Trilha do Enem, são dadas várias dicas de redação, confira:

O plano de estudos

Uma dica para se organizar é assistir ao conteúdo em vídeo do Trilha do Enem. A plataforma cria um plano de estudos personalizado, indicando os materiais ideais para você suprir deficiências e estabelecer metas de estudo. Isso é importante porque os assuntos do ensino médio são extensos, logo, é preciso priorizar o que cairá na prova.

Com essas dicas, você ficará em dia com os temas do Enem 2020 e seguirá um passo a passo, a fim de se preparar adequadamente para o exame. Assim, as suas chances de conquistar uma boa nota na prova objetiva e na redação serão muito maiores, concorda?

Algumas outras estratégias que podem te ajudar:

Se você gostou de saber tudo sobre o Enem 2020, compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude seus amigos a entenderem mais sobre o assunto!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.5 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: