Conheça os 8 planetas do sistema solar e saiba como estudá-los

planetas do sistema solar

Os planetas do sistema solar são astros que não emitem luz própria nem calor e que circulam em volta do sol. O sistema solar não é feito só de planetas — nesse conjunto, também encontramos cometas, asteroides, meteoros e satélites.

Mas hoje nosso tema é mesmo os planetas, que somam oito. Até 2006, o sistema solar tinha nove planetas. Só que o antigo planeta Plutão foi reclassificado pela UAI (União Astronômica Internacional) e, por causa de alguns critérios científicos, Plutão passou a ser catalogado como um planeta-anão.

Agora, você deve estar pensando: mas o que isso tudo tem a ver com a minha vida? É que esses corpos celestes não caem do céu, mas caem no Enem e nos demais vestibulares. Por isso, é bom conhecer um pouquinho mais sobre eles, o que pode ser uma experiência bem divertida.

Quer aprender mais sobre essa matéria? Então, continue com a gente e descubra quais são os planetas do sistema solar e suas características!

Mercúrio

Mercúrio é o menor dos planetas do sistema solar e, também, aquele que está mais perto do Sol. Além disso, a superfície lá é cinza e apresenta crateras que lembram a Lua.

Por ser o mais próximo do nosso astro-rei, Mercúrio é considerado o primeiro na ordem dos planetas. Por falar nisso, existe uma dica interessante para ajudar na rotina de estudos quando precisamos decorar informações.

A ideia é construir uma frase marcante e usar a inicial de cada palavra para recordar a posição de cada um dos planetas. Parece complicado, mas é bem simples. Veja o exemplo:

  • decore a frase: “Minha vó tem muitas joias que só usa à noite”;
  • veja como fazer a associação — Minha (Mercúrio) vó (Vênus) tem (Terra) muitas (Marte) joias (Júpiter) que só usa (Urano) à noite (Netuno).

Se você reparar bem, há apenas uma letra inicial que se repete, o “M”. Como Mercúrio é o primeiro planeta, basta fixar esse dado para não confundir com Marte.

Mais uma característica interessante de Mercúrio é que a temperatura lá é muito quente de um lado e extremamente fria do outro. Assim, o clima lá é de 420 ºC na face voltada para o sol e de 180 ºC negativos na outra.

Mercúrio tem um movimento de rotação (uma volta ao redor de si próprio) de 59 dias, e 87 dias de translação (uma volta em torno do Sol).

Vênus

Vênus é mais um dos corpos celestes que devemos estudar para ir bem na prova de Física do Enem. Uma das peculiaridades mais marcantes é que ele é o planeta mais quente do sistema solar. Essa alta temperatura tem origem no dióxido de carbono presente em grande quantidade na sua atmosfera.

Por causa dessa característica, esse planeta absorve uma quantidade enorme do calor, mas não há uma liberação dessa energia, que acaba contida em sua superfície.

Mais um dado interessante: seu movimento de rotação é único no sistema solar, sendo que ele gira na direção contrária dos demais planetas. Ele conta com uma rotação de 243 dias e uma translação de 225 dias.

Terra

Se tem um planeta que não pode ficar de fora do seu plano de estudos para o vestibular é o nosso, concorda? Bom, a Terra tem uma atmosfera composta por gases expelidos por erupções vulcânicas ao longo dos milhares de anos. Essa condição permitiu a temperatura certa para a concepção da vida no sistema solar.

Assim, a mistura de oxigênio, dióxido de carbono e nitrogênio contribuiu para o surgimento de todos os seres vivos, tal como os conhecemos. Nosso movimento de rotação é de 24 horas, ou 1 dia. Já o de translação é de 365 dias e 6 horas. Nosso planeta conta com a Lua como satélite.

Para ficar por dentro dessa e de todas as matérias que caem nos principais processos seletivos do país, nossa dica é apra você conferir o Trilha do Enem. Nele, você acessa videoaulas, textos e simulados gratuitamente.

banner calculadora bolsa enem

Marte

Questões sobre os planetas do sistema solar no vestibular não são novidades, uma vez que eles são cobrados na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Porém, quando se fala de Marte, é necessária uma atenção especial. Afinal, ele tem condições de abrigar vida, inclusive sendo um grande candidato à moradia humana no futuro.

Isso por dois motivos: sua proximidade com a Terra e as características de sua superfície, bem parecidas com as do nosso planeta. Por isso, ele é alvo de muitas expedições e pesquisas científicas.

Marte também é chamado de planeta vermelho devido ao alto volume de óxido de carbono e ferro, que dão cor ao corpo celeste. Mais um dado que chama a atenção: ele conta com dois satélites naturais e é o segundo menor planeta da estrutura solar. Assim, só é maior que Mercúrio, que por sua vez é o menor de todos, como já explicamos.

Marte é um planeta frio, com temperaturas que variam entre 113 ºC negativos e zero. A rotação dura 24 horas e 37 minutos, e sua translação, 687 dias.

Júpiter

Júpiter é conhecido como o gigante gasoso, porque é o maior dos planetas do conjunto solar. Além disso, ele não tem uma superfície rígida, e a atmosfera contém amônia e metano.

Outra curiosidade sobre esse planeta é que ele soma nada menos do que 79 satélites. Mais outro fato interessante é a translação longa. Ou seja, são necessários 12 anos para esse planeta completar uma volta ao redor do Sol.

Já a rotação é bem mais curta, de 9 horas e 55 minutos. Predominantemente frio, ele tem um clima médio de 150 ºC negativos.

Saturno

Saturno é o planeta dos anéis, que são formados por rocha, gelo e poeira e contam com 1 km de extensão. Trata-se do sexto planeta do sistema solar, sendo que 62 satélites circulam em sua órbita.

Saturno tem uma translação de nada menos que 30 anos e uma rotação de 10 horas e 14 minutos.

Urano

Urano é um planeta composto por hélio, hidrogênio e metano. Como ele está bastante distante do sol, registra clima bem frio, de 185 ºC negativos.

Um ponto interessante é que ele se movimenta em um eixo paralelo à sua órbita, sendo que nenhum outro planeta faz isso. Ele conta com 27 satélites, rotação de 17 horas e uma translação incrivelmente prolongada: 165 anos!

Por esse motivo, quando pensamos sobre o que cai no Enem, essas informações intrigantes são sempre fortes candidatas a aparecer no teste.

Netuno

Como já dissemos, vira e mexe os planetas do sistema solar caem no Enem. Por isso, estudar um pouco sobre Netuno, o mais distante do nosso astro-rei, também é importante. Por ser o último no sistema solar, ele apresenta temperaturas de 200 ºC negativos.

Com 14 satélites, Netuno tem rotação de 16 horas e translação de 164 anos. Além disso, ele é predominantemente constituído por metano, o que contribui para a sua coloração azulada.

Mantenha o foco nos estudos!

E aí? Deu para entender direitinho sobre as principais características dos planetas do sistema solar? Nossa dica para pontuar com destaque é não deixar a preparação para a última hora. Afinal, passar no Enem e nos vestibulares exige disciplina e dedicação. Mas sabia que não é preciso frequentar presencialmente um cursinho preparatório?

Pois é! Com um pouquinho de organização, é possível passar no Enem estudando em casa! Aproveite as nossas dicas e mantenha o foco nos estudos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.