Curso preparatório para o Enem: vale a pena investir?

Entrar em uma faculdade é o sonho de muitos jovens brasileiros, mas a concorrência é grande. Nesse momento, é preciso estar preparado para conquistar uma vaga usando as melhores habilidades e conhecimentos. Uma forma de aumentar as chances de ingressar em uma instituição é investir em um curso preparatório para o Enem.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é realizado todos os anos pelo Ministério da Educação. Por meio da nota conquistada nessa prova, os candidatos disputam vagas em diversas instituições de ensino superior do país. Portanto, é fundamental estar bem preparado para realizá-la e, assim, aumentar as chances de sucesso.

Neste artigo, vamos explicar como funciona um curso preparatório para Enem e quais são as vantagens e desvantagens desse modelo de estudo. Além disso, entenda como escolher uma boa opção e se aproximar ainda mais dos seus objetivos!

O que é um curso preparatório?

O curso preparatório para o Enem tem como intuito preparar os alunos para atingirem um bom desempenho no exame e proporcionar o ingresso dos candidatos na faculdade. Com professores experientes e capacitados, é o apoio necessário para direcionar os estudos e cobrir todo o edital da prova.

É possível encontrar cursos na modalidade presencial, que contam com salas de aula, locais de estudo e o acompanhamento dos professores durante o aprendizado. Eles costumam acontecer nas manhãs ou noites — o que é um bom sinal, pois você pode escolher o horário que mais se adapte à sua realidade.

O método online é uma excelente opção, em que a principal vantagem é poder assistir às aulas em qualquer horário e de onde estiver. Porém, nem sempre os tutores estão disponíveis para tirar dúvidas no momento em que elas surgem. A disciplina para o estudo também é muito importante nesse cenário, já que você não precisa ir até algum local para estudar.

De modo geral, todos os cursos buscam cumprir o conteúdo programático que costuma cair na prova do Enem. Prepare-se: são várias disciplinas e bastante materiais. Por isso, as aulas são extensas e há muito a se estudar. Os professores dão o incentivo, mas é tarefa dos alunos complementarem o que é ensinado com a sua dedicação extraclasse.

Quais são as vantagens de investir nessa solução?

Depois de conhecermos um pouco mais sobre o funcionamento de um preparatório para o Enem, vamos ver quais são algumas vantagens de investir nessa opção. Confira!

Auxílio de professores especializados

Poder contar com o auxílio de professores especializados para resolver questões complicadas é sempre muito bom. Esses profissionais são capazes de ensinar o estilo da prova e dão dicas valiosas para quem fará o exame. O Enem tem algumas peculiaridades e é importante estar adaptado às perguntas multidisciplinares, que não são comuns em outras provas.

Horário definido para estudar

Quem está matriculado em um curso preparatório tem os horários definidos para assistir às aulas e colocar as matérias em dia. Isso é positivo para aquelas pessoas que não conseguem ser organizados e rigorosos quando estão se preparando sozinhas. A rotina contribui para a formação do hábito de estudar e para dar mais ritmo ao aprendizado.

Conteúdo certeiro

O conteúdo dos cursos é preparado por vários profissionais experientes e que entendem sobre a prova. Isso garante que as disciplinas abordadas serão úteis para melhorar o desempenho dos alunos, que não precisam perder tempo com informações irrelevantes para o exame.

Quais são as desvantagens de estudar dessa forma?

O curso preparatório também tem alguns pontos que não são tão positivos para os candidatos ao Enem. Vamos conhecer as principais desvantagens!

Custo

Um curso de qualidade precisa pagar professores, funcionários, salas de aula e outras despesas. Isso reflete no preço para o aluno e, por muitas vezes, não é barato. Dependendo da fase financeira que você se encontra, o custo pode ser inviável, tornando-se um desafio para conseguir estudar.

Engessamento

A necessidade de estar sempre nas aulas nos horários corretos pode comprometer a sua flexibilidade de estudos. Além disso, é necessário seguir o conteúdo programado pelo curso. Isso não permite escolher o que vai ser estudado, tirando a possibilidade de focar as disciplinas que mais precisam de atenção.

Alguns alunos que têm uma base sólida preferem estudar sozinhos pela internet. Dessa maneira, eles conseguem enfatizar os conteúdos que avaliam como deficitários e otimizar o estudo.

Rotina sobrecarregada

Mesmo que você frequente as aulas, é necessário estudar sozinho em alguns momentos. Quando o horário letivo é muito extenso, o aluno fica com a rotina sobrecarregada, já que sobra pouco tempo para o estudo individual, que é fundamental para o sucesso.

É possível conquistar uma boa nota mesmo sem o curso, porém, é preciso ser disciplinado e procurar conteúdos na internet e em outros locais. Essa é uma tarefa indicada para quem tem um pouco mais de experiência em provas e sabe como encontrar materiais de estudo de qualidade.

Como escolher um bom curso?

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens que o curso preparatório traz, é importante saber como escolher uma opção de qualidade. Existem vários preços e ofertas diferentes, mas o valor não deve ser o único fator considerado.

A reputação do curso é o primeiro aspecto a entrar na sua checklist. Busque conhecer a origem dele, que empresa está conduzindo a contratação de professores e como é definido o material pedagógico. Uma boa forma de verificar isso é conversar com ex-alunos e ver os resultados em provas anteriores.

Os professores são elementos fundamentais de um curso. Procure descobrir se os profissionais dominam o assunto e, principalmente, têm uma didática efetiva. Não adianta reunirem todo o conhecimento e não serem capazes de passar para os outros de forma simples e objetiva.

Outro ponto que deve ser verificado é a qualidade dos materiais de apoio, utilizados para estudar sozinho. Eles precisam ser didáticos e organizados, de modo a facilitar o aprendizado.

Além disso, é interessante entrar em contato com alunos do curso e ter o feedback deles. Eles podem contar as principais virtudes da alternativa escolhida e também pontos que devem ser melhorados, dando uma visão mais aproximada da qualidade dos professores e aulas.

Vimos o que é e como funciona o curso preparatório para o Enem. Ele é uma boa opção para quem precisa de preparo para a prova e quer obter bons resultados. Essa modalidade traz vantagens e desvantagens, sendo importante analisar se o estudo em sala de aula é mais eficiente para você do que aprender sozinho.

Gostou de aprender sobre esse tema? Então, aproveite a visita ao nosso blog e leia outros artigos que contribuirão para o seu preparo para os vestibulares!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: