Sociologia no Enem? Veja como estudar a matéria

computador e caneta estudante revisando sociologia para o enem

Estudar Sociologia para o Enem pode ser um desafio para muitos estudantes. Afinal, essa disciplina envolve a vida em sociedade — que, apesar de ter algumas leis imutáveis, sofre constantes alterações com os estímulos externos. Se você pensou nos avanços da tecnologia e nas disputas por poder, acertou em cheio!

Mas com as dicas deste post, você vai estudar com mais foco e aprender ainda mais o que cai no Enem no caderno de Sociologia. Acompanhe conosco e chegue ainda mais próximo de uma boa nota na prova de Sociologia no Enem!

Dê foco no contexto histórico

Assim como na História e na Literatura, o contexto histórico é muito importante para entender além das teorias. É por meio deles que os estudantes podem aprender sobre os eventos que originaram certos pensamentos, como:

  • as relações entre Poder e Estado;
  • a formação da democracia;
  • os entendimentos sobre contrastes sociais e as lutas de classe;
  • as influências da diversidade cultural.

Muitos estudantes acreditam que basta decorar uma série de datas e que isso será suficiente para se dar bem na prova de Sociologia no Enem e no vestibular. No entanto, nem sempre é produtivo — além da frustração causada quando não se consegue memorizá-las, essa prática não significa que você aprendeu o contexto.

Nessa jornada em busca da assimilação dos conteúdos, nada melhor que fazer resumos! Quando você lê e reformula o que entendeu com suas próprias palavras, tem mais chances de guardar aquela informação com maior facilidade. Se a sua memória visual for boa, vai lembrar até mesmo em que posição da folha as escreveu!

Vá a fundo nas biografias das personalidades citadas

Além do contexto histórico, há algumas personalidades que aparecem bastante nos materiais da área. Direcione o seu foco para os sociólogos mais famosos:

  • Karl Marx;
  • Max Weber;
  • Émile Durkheim.

Esses três nomes são considerados os pilares da Sociologia, pois criaram teorias que ajudaram bastante na compreensão de como funciona a sociedade — tanto em termos de educação e de trabalho quanto de condutas impulsionadas pelos relacionamentos interpessoais.

Além de conhecer as principais linhas de pensamento dessas personalidades, aproveite para estudar sobre o momento histórico em que viveram, quais fatores influenciaram suas ideologias e como deram seus primeiros passos em busca do conhecimento. Novamente, decorar datas nem sempre é produtivo, mas tenha, pelo menos, uma noção do período estudado.

Estude movimentos contemporâneos

Os movimentos sociais são uma base importante da Sociologia. Os principais pensadores dedicaram seus estudos a essas manifestações de caráter cultural e político, pois entenderam que elas estiveram presente na vida dos seres humanos desde os primeiros registros de civilização.

Muitas dessas manifestações clássicas geraram transformações profundas na forma de viver em sociedade — inclusive, ainda podem ser vistas nos movimentos contemporâneos, cujo início se dá a partir da década de 1960. Os direitos dos cidadãos e a diversidades cultural passaram a pautar discussões.

É importante considerar as características dos movimentos sociais, como a necessidade de um opositor, a existência de uma identidade, a mobilização como forma de manifestação e assim por diante.

Faça a ponte entre a Sociologia e a Filosofia

Se tem um exame que cobra bastante a interdisciplinaridade em suas questões, esse exame é o Enem. A linha entre um conteúdo e outro é bastante tênue e, por isso, estudar Sociologia e Filosofia junto pode colocar você em vantagem competitiva. Isso porque são matérias complementares e dialogam entre si em muitos pontos.

Então, já sabe: nos seus planos de estudo para o Enem, separe algumas horas da semana para compreender as Ciências Humanas e suas Tecnologias como um todo. Além dessas duas disciplinas, veja também como a História e a Geografia influenciam a sociedade e os movimentos sociais e como mexem com o posicionamento das pessoas.

Aprimore sua capacidade de interpretar textos

O Enem é reconhecido pelas questões cheias dos textos e cadernos a perder de vista. Muitas vezes, a resposta está nas entrelinhas e basta ler com atenção para entender. A interpretação é o segredo de sucesso para conquistar boas notas, como você pode ter percebido.

A melhor forma de treinar essa habilidade é por meio da leitura. Adquira o hábito de ler materiais das disciplinas, livros para seu entretenimento e, principalmente, reportagens e outros conteúdos jornalísticos. Assim, além de aprimorar sua escrita, consegue passar longe dos preconceitos linguísticos e identificar questões sociológicas na vida real.

As charges e tirinhas também costumam aparecer bastante nas provas de Sociologia dos vestibulares. Afinal, elas têm o poder de esconder mensagens por meio das falas e dos posicionamentos de seus personagens. Ou seja, interpretação pura! Se, em um primeiro momento, entendê-las parecer difícil, busque explicações. Mais tarde, e com estudos aprofundados, terá maior repertório para decifrá-las nos exames.

Pratique o aprendizado com exercícios

Investir na leitura dos conteúdos é, de fato, uma maneira eficaz de adquirir conhecimento. Porém, quando você entende como tudo funciona na prática, consegue assimilar ainda mais o que aquilo significa. Esse benefício não vale apenas para os problemas da Matemática ou da Geometria. Com a Sociologia, você pode sim fazer e refazer exercícios — sejam eles de escolher uma alternativa, sejam de discorrer sobre o assunto.

Para isso, experimente pegar os cadernos e os gabaritos de edições anteriores do Enem e, até mesmo, de outros vestibulares. Com esse hábito, você ainda consegue ter uma noção maior de quais são os tópicos mais cobrados e a forma como eles caem na prova.

Você sabia que dá para estudar online para o Enem? Para Sociologia e todas as outras disciplinas, inclusive. Várias dessas questões estão disponíveis na internet — é só encontrar uma plataforma de confiança. Nesse sentido, o Trilha do Enem é ideal: você consegue praticar com simulados e ainda monta seu próprio roteiro de forma gratuita e por qualquer dispositivo!

Agora que você já sabe como estudar para Sociologia no Enem, coloque as dicas deste post em seu cronograma! Aproveite a interdisciplinaridade do exame para aprender as matérias com uma visão ampla e analítica. Dessa forma, mesmo se algum tema for cobrado na redação, você terá mais chances de obter sucesso.

Gostou do conteúdo? Então, continue no blog e entenda como será o cronograma do Enem em 2020!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: