desconto com a nota do enem

Como conseguir desconto por meio da nota do Enem na faculdade?

Talvez não seja novidade para você que o Exame Nacional do Ensino Médio é considerado o maior vestibular do país. O principal motivo é que sua importância foi crescendo tanto desde a primeira edição que, hoje ― mais de 20 anos depois ―, faculdades e universidades públicas e privadas do Brasil inteiro utilizam a nota do Enem para o ingresso de novos alunos.

Mas não para por aí! Você sabia que é possível usar essa nota para entrar na faculdade e conseguir uma bolsa pelo Enem, com redução ou parcelamento das mensalidades do curso?

Pois é, além do desconto com a nota do Enem, é possível participar dos programas de bolsas de estudo e financiamento estudantil, tanto do Governo Federal quanto de instituições privadas. Nesses casos, o conceito obtido no exame é utilizado como critério de classificação entre os candidatos a esses benefícios.

Que tal saber mais sobre esse assunto? Veja, neste post especial, o que você precisa fazer para obter descontos nas mensalidades da faculdade com a nota do Enem e quais são os principais programas de bolsas!

Conquiste uma nota alta no Enem

Embora pareça óbvio, em primeiro lugar é importante que seu desempenho no Enem seja alto. A razão é que, quanto maior for a sua pontuação no exame, mais chances você terá de ser contemplado com uma bolsa de estudos ou com o parcelamento das mensalidades do curso.

Isso porque o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) — os programas de incentivo do Governo Federal à graduação — utilizam a nota do Enem como critério de classificação dos candidatos.

Se você obtiver uma pontuação mínima de 450 pontos e não zerar a redação, poderá participar do processo seletivo desses programas. Mesmo assim, se seu curso for muito concorrido, essa pontuação mínima não basta, e há grandes chances de não conquistar o benefício — e muito menos a vaga.

Nas faculdades particulares, uma pontuação elevada também pode te ajudar muito a conquistar um desconto especial, já que existem bolsas baseadas na nota do Enem.

Aliás, quer descobrir qual desconto você poderá obter e em qual faculdade? Use a calculadora do Enem!

Agora, saiba como mandar bem na prova do Enem e garantir um excelente resultado!

Conheça as boas práticas para se sair bem no Enem

Já que o primeiro passo para sua carreira decolar é a prova do Enem, é preciso se preparar da melhor maneira possível para o dia D. E não estamos falando apenas de saber a matéria, mas também de conhecer o funcionamento do exame e ser capaz — psicológica e emocionalmente — de passar por essa árdua maratona de questões.

Atente às dicas que daremos a seguir.

Tenha foco

Não é hora de abusar de festas, baladas e diversão. É claro que momentos de lazer e descontração são bem-vindos, mas o foco deve ser voltado para os estudos.

Priorize momentos de leitura, resolução de exercícios e revisão da matéria. Sua família e seus amigos vão entender que, neste momento, você está se dedicando ao seu futuro.

Organize-se nos estudos

Fazer um plano de estudos para o Enem é fundamental para garantir que todo o conteúdo seja revisto, inclusive os pontos em que existem mais dificuldades.

É importante, ainda, separar pelo menos uma hora por semana para se dedicar à redação. Como essa prova sozinha vale 1000 pontos, vale a pena investir seu tempo para melhorar a escrita de textos dissertativo-argumentativos, sempre cuidando com a norma-padrão da Língua Portuguesa.

Reconheça seus pontos fracos e fortes

Saber suas forças e fraquezas, isto é, os pontos em que você apresenta mais facilidade e dificuldade, ajuda a monitorar o ritmo de estudo. Muitas vezes, temos uma certa preguiça de encarar assuntos que achamos mais cansativos ou difíceis de serem entendidos — aí que mora o perigo.

Nesse processo inconsciente de adiar as matérias que julgamos mais complicadas, elas podem ficar de fora do cronograma e, consequentemente, nos fazer perder pontos preciosos no Enem.

Por isso, nossa recomendação é buscar alternativas, como recorrer a um filme para esclarecer um ponto da matéria de História, por exemplo, e manter a rotina de estudos, com força de vontade e determinação para cumprir todo o conteúdo, certo?

Entenda os critérios da prova

As provas do Enem, como você já deve saber, são divididas em quatro áreas do conhecimento (Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática). Além dessas provas, que têm 45 questões cada, o candidato precisa fazer uma redação de no mínimo oito e no máximo 30 linhas.

A grande diferença em relação aos vestibulares tradicionais é que o critério de obtenção de nota depende de um sistema chamado de TRI — Teoria de Resposta ao Item. Por meio dele, são registradas questões com maior ou menor grau de dificuldade, de acordo com os erros e os acertos dos candidatos.

O que muda, na prática, é que não adianta acertar uma questão e contabilizar o ponto. Com a TRI, valem mais as questões mais difíceis. Se o estudante acertar uma questão desse tipo e errar uma mais fácil, é penalizado.

Dessa forma, o Enem desencoraja o famoso “chute”. Então, sabendo disso, a solução é se preparar mesmo!

Verifique a existência de Bolsa Enem na faculdade

Agora que você já sabe como botar em prática as dicas de sucesso no Enem, procure se informar sobre as opções de Bolsa Enem nas faculdades que estão na sua lista de preferência.

Esse tipo de bolsa independe dos programas governamentais que citamos há pouco. O valor da bolsa ou do desconto é negociado com a própria instituição de ensino, que se valem da nota do exame como parte do processo seletivo que realizam.

#FicaADica: todas as instituições participantes do Vestibulares possuem a opção da Bolsa Enem 😉

Faça sua inscrição no Prouni

Digamos que você tenha ido bem no Enem. Agora, você precisa ficar de olho no edital do Prouni para não perder as inscrições, especialmente se sua intenção é concorrer a uma bolsa integral do Prouni. Aliás, tanto este quanto o FIES abrem seletivas duas vezes, no início e no meio do ano. Então, é importante que você entre nos sites dos programas e acompanhe as notícias para conferir direitinho o calendário.

Vale lembrar que o Prouni Enem oferece bolsas parciais e integrais. Para conseguir um ou outro benefício, é necessário preencher os seguintes requisitos:

  • para bolsa integral (100%) — ter renda familiar de até 1,5 salário-mínimo por pessoa;
  • para bolsa parcial (50%) — ter renda familiar de até 3 salários-mínimos por pessoa;
  • ter feito o Enem no ano anterior e obtido 450 pontos pelo menos;
  • ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou privada (desde que bolsista);
  • ter cursado parcialmente o ensino médio em escola pública ou privada (desde que bolsista);
  • ser uma pessoa com deficiência (PCD);
  • ser professor da rede pública (apenas para concorrer a bolsas para Licenciatura).

Além disso, aqui vai um lembrete: se você concorrer no processo seletivo do segundo semestre, saiba que é possível usar a nota do Enem no meio do ano, pois a regra do Prouni considera sempre a última edição do exame, ou seja, do ano anterior, como você viu acima.

Pesquise por faculdades que aceitam a nota do Enem para ingresso direto

Algumas das principais faculdades do Brasil aceitam a nota do Enem para ingresso direto na graduação, ou seja, você não precisa fazer novamente o vestibular e esperar. É o caso das seguintes faculdades parceiras do Vestibulares:

Para utilizar sua nota, é muito simples. Depois que você escolher o curso e a instituição, comece o processo de inscrição. Ali, vai aparecer a opção “Quero utilizar meu Enem para a inscrição”. Selecione-a e prossiga inserindo seus dados pessoais. Você não precisa nem apresentar comprovantes. Por meio do seu CPF, a faculdade consegue acessar o sistema do Enem e saber sua nota.

Acha que termina por aí? Essas instituições também oferecem benefícios financeiros de maneira progressiva, conforme a pontuação obtida no Enem pelos calouros. Gostou da ideia? É sobre isso que falaremos no próximo tópico!

banner de preparação para o enem 2021

Verifique todas as opções de bolsas institucionais

Tomando como exemplo as faculdades parceiras do Vestibulares, saiba que é possível conseguir uma bolsa com a nota do Enem logo que você se matricula. Trata-se de uma espécie de prêmio por conta do seu desempenho na prova.

Além disso, existem outras opções de bolsas institucionais que independem do Enem. Vamos falar um pouquinho sobre todas.

Bolsa Enem

Essa modalidade de bolsa é oferecida para alunos calouros que se matriculam em cursos de qualquer modalidade, presencial ou a distância (exceto Medicina). Vale durante o curso todo (desde que não haja desistência), e o desconto é progressivo, de acordo com a pontuação apresentada. Na prática, funciona assim:

  • até 600 pontos — 10% de desconto;
  • de 601 a 750 pontos — 20% de desconto;
  • de 751 a 900 pontos — 80% de desconto;
  • acima de 901 — 100% de desconto.

Outras opções de bolsas institucionais*

Veja as demais alternativas de bolsas de estudos ofertadas por esse grupo de faculdades.

Bolsa incentivo

Essa é uma grande oportunidade para quem deseja começar um curso superior, mas tem dificuldades financeiras. Se esse for seu caso, é possível e participar de um processo seletivo. A solicitação pode ser feita no ato da inscrição para o vestibular.

Bolsa primeiro semestre

Os calouros podem ter até 20% de desconto nas mensalidades da faculdade durante o primeiro semestre da graduação, tanto na modalidade presencial quanto no EAD.

Bolsa servidores públicos e militares

Funcionários públicos federais, estaduais e municipais têm direito a até 30% de desconto nas mensalidades de graduações presenciais e EAD. O benefício é estendido ao cônjuge e/ou filho com até 24 anos. Quem é militar também tem desconto na faculdade!

Bolsa transferência externa

Alunos que fizeram a transferência externa de outras instituições para alguma das faculdades parceiras do Vestibulares podem conseguir até 60% de desconto para cursos presenciais e 30% de desconto nos cursos a distância, válido para o curso todo.

Convênio empresa

Funcionários de empresas que têm convênios com as faculdades parceiras do Vestibulares podem concorrer a descontos de até 20% nas mensalidades dos cursos de graduação nas ênfases Tecnólogo, Bacharelado e Licenciatura. É válido para calouros e veteranos, inclusive cônjuges e dependentes de até 24 anos.

Agora, você já sabe como conseguir desconto ou bolsa em faculdade particular com o Enem e viu quais são as outras opções de bolsas de algumas das principais instituições particulares do país. Então, não perca mais tempo e considere estudar na rede privada!

Embora saibamos da indiscutível competência das faculdades públicas, às vezes, alguns fatores ― como alta concorrência, custos de moradia, deslocamento, possibilidades de greve e infraestrutura ― podem atrasar os seus objetivos.

Nas faculdades particulares, porém, você tem importantes garantias de que seu curso vai funcionar, de fato. Por exemplo:

  • infraestrutura moderna;
  • ensino associado a diferentes tecnologias;
  • corpo docente atualizado e em constante capacitação;
  • parcerias com empresas para estágios e projetos;
  • formatura no tempo previsto.

O melhor de tudo é que, além da nota do Enem, você tem muitas oportunidades de descontos pelo Enem e por outras categorias na mensalidade.

Conheça as opções de financiamento

Se, em último caso, você tiver que recorrer a um financiamento, saiba que isso não é o fim do mundo. Tanto o FIES quanto os financiamentos privados oferecem condições especiais para os estudantes, chegando, até mesmo, a juros zero.

Conheça mais a seguir.

FIES

Para fazer a sua inscrição no FIES, você utiliza a nota do Enem, como já mencionamos. A diferença para o Prouni é que, no caso do financiamento do Governo Federal, as parcelas deverão ser pagas após a formatura.

Há uma série de critérios a serem cumpridos, assim como no Prouni, com um adicional: o estudante precisa apresentar um fiador, ou seja, alguém com renda suficiente para arcar com o financiamento, caso o estudante não tenha condições.

Instituições financeiras

Bancos também disponibilizam sistemas de financiamento para cursos superiores. O problema é que os juros, embora mais baixos do que os de um empréstimo pessoal, são altos.

Na maioria das vezes, também é preciso abrir uma conta na instituição, entre outros requisitos.

Instituições de ensino

  • O parcelamento estudantil é uma forma viável de estudar sem ter que arcar com todas as despesas do curso no momento. Funciona da seguinte forma: a Creditas, que é a maior plataforma de empréstimos do país, em convênio com as faculdades viabiliza a oportunidade de o estudante fazer a graduação (apenas para Medicina, Medicina Veterinária e Odontologia.Inclusive, Medicina, que não é um curso contemplado nas demais modalidades) e começar a pagar apenas depois de formado.

Existe ainda a opção de dar o carro ou o imóvel como garantia. Nesses casos, os juros ficam em 1,49% e 0,75% ao mês, respectivamente. A vantagem desse negócio é que ele pode ser usado durante todo o curso ou apenas em um determinado período. Assim, caso surjam imprevistos, você não fica impedido de estudar.

Após obter o diploma, você tem até 20 anos para fazer a quitação do valor emprestado. Muito bom, não é? Apenas lembre-se de que isso só vale para os cursos de Medicina, Medicina Veterinária e Odontologia, ok?

Escolha a melhor faculdade e inicie sua graduação

Conte com as faculdades parceiras do Vestibulares e comece a realizar seu sonho de cursar uma graduação. Seja com uma bolsa pelo Enem, seja por outros méritos, escolher a instituição de ensino é o primeiro passo que você deve dar!

A equipe Vestibulares pode te auxiliar nessa escolha, veja nossas instituições:

Temos cursos presenciais, semipresenciais e 100% a distância. Basta escolher a melhor forma de estudar!

O que está esperando para trilhar seu caminho rumo à profissionalização? Comece já sua graduação. Acesse o Vestibulares, escolha a sua faculdade e inscreva-se no vestibular online!

*Vale lembrar que, para todas as bolsas e descontos citados acima, é importante consultar o regulamento na unidade de interesse.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.