Passo a passo: saiba como fazer a inscrição no FIES

fies inscrição

A renda pessoal ou familiar não precisa ser um impedimento para ingressar em uma faculdade. Desde que foi criado em 1999, o Fundo de Financiamento do Estudante do Ensino Superior (FIES) ajuda alunos que têm uma renda financeira menor a fazerem uma graduação em instituições particulares de qualidade. Mas como funciona a inscrição no FIES?

Neste artigo, mostramos como se realiza esse processo. Além disso, daremos outros detalhes sobre prazos para a inscrição do FIES, site oficial do FIES e como fazer o preenchimento dos dados cadastrais. Por fim, você vai conhecer também alternativas caso não consiga vaga no FIES. Acompanhe os próximos tópicos!

Quais são os requisitos para a inscrição no FIES?

O FIES é um programa criado e regulado pelo Ministério da Educação (MEC). Sendo assim, é essa instituição federal que elenca as normas para a inscrição.

Os requisitos apontados pelo MEC para se inscrever no FIES 2023 são:

  • ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir do ano de 2010;
  • ter obtido uma nota média na prova igual ou superior a 450 pontos;
  • não pode ter zerado a prova de redação;
  • ter renda familiar mensal de até 5 salários-mínimos por membro.

Quanto a esse último critério, o Governo Federal (que financia o FIES) categoriza o programa em três modalidades:

  1. a graduação é 100% financiada. Encaixam-se aqui os estudantes com renda familiar de até 3 salários-mínimos por membro;
  2. a taxa de juros varia segundo a instituição de ensino superior escolhida. Além disso, essa modalidade é destinada aos estudantes que residem nas regiões nordeste, norte e centro-oeste. No geral, o FIES disponibiliza 150 mil vagas por ano;
  3. se encaixam nessa modalidade os estudantes com renda familiar bruta de até 5 salários-mínimos por membro. A taxa de juros oscila conforme a faculdade escolhida. Estudantes de todas as regiões do país podem ser contemplados.

Como fazer inscrição no FIES 2023?

A primeira ação para se inscrever no FIES 2023 é acessar o Portal Único de Acesso ao Ensino Superior do MEC. Em seguida, é necessário avançar pelas etapas:

  • clicar em “minha inscrição” (você será direcionado para o sistema de seleção do programa);
  • preencher todas as informações solicitadas no cadastro (caso não possua uma conta). Se já tiver uma conta, basta inserir o e-mail e a senha cadastradas;
  • validar os dados apresentados;
  • confirmar o cadastro por meio do seu e-mail ou SMS cadastrado. Ao abrir essas mensagens, siga as orientações descritas;
  • criar uma senha para o acesso ao seu cadastro;
  • retornar ao portal do FIES seleção, inserir o CPF e senha;
  • preencher os dados solicitados (endereço, telefone, RG, nome social e estado civil). Outras informações a serem preenchidas são: histórico de estudo, raça ou cor e deficiência física (se aplicar). Após isso, basta clicar em “gravar”.
  • inserir as informações do grupo familiar (renda mensal bruta por pessoa) e do seu parentesco na família (filho, pai, mãe etc.);
  • coloque os dados do grupo de preferência (escolha o estado e a cidade em que deseja cursar a faculdade). O sistema apresentará as instituições e cursos disponíveis. Você pode escolher até três grupos de preferência;
  • agora é só confirmar a inscrição.

Quando começa inscrição FIES 2023?

Vale ressaltar que a inscrição no FIES não significa que o estudante foi aprovado para receber o empréstimo. Na verdade, essa fase garante a concorrência para uma vaga na etapa de pré-seleção. Sendo assim, é necessário esperar até saírem os resultados com os aptos para o programa.

Quais são as datas desses resultados? Em 2023, o calendário divulgado pelo MEC é:

  • 14 de março — resultado com os pré-selecionados;
  • 15 a 17 de março — confirmação das inscrições do grupo de pré-selecionados;
  • 21 de março a 18 de maio — período do anúncio dos convocados da lista de espera.

Quando essas fases são finalizadas, os candidatos precisam cumprir mais duas etapas:

Tour pela prova do Enem
  • dirigir-se até a instituição de ensino para apresentar a documentação solicitada (prazo de cinco dias após a confirmação pelo FIES);
  • comparecer a um agente financeiro (como a Caixa Econômica Federal – CEF) para formalizar o contrato do financiamento. O prazo é de até 10 dias, contados a partir do terceiro dia útil seguinte à data que o estudante fez a matrícula na instituição de ensino superior.

Qual é o site oficial do FIES?

O Governo Federal e o MEC disponibilizam um portal dedicado ao Programa de Financiamento Estudantil. Nesse site, os estudantes encontram todas as informações necessárias para se inscrever, além de condições de pagamento, simulação de financiamento e dúvidas frequentes.

Como preencher os dados do grupo familiar no FIES?

A etapa de preenchimento das informações relativas ao grupo familiar do candidato gera muitas dúvidas. No entanto, é algo simples. O passo a passo para concluir essa fase é:

  • cada vez que deseje incluir as informações de um membro familiar, basta marcar a opção “desejo adicionar mais membros em meu grupo familiar”;
  • inserir CPF, grau de parentesco e data de nascimento de cada membro do grupo familiar;
  • clicar em “gravar”;
  • ao finalizar o cadastro de todos os componentes do grupo familiar, clique em “gravar” e depois em “prosseguir”.

Quais são as alternativas ao FIES?

Caso você não consiga um financiamento por meio do FIES, existem alternativas para ingressar em uma instituição particular de nível superior.

Entre as possibilidades, elencamos:

  • Sistema de Seleção Unificada (Sisu) — o candidato escolhe dois cursos que deseja estudar entre as faculdades federais ou estaduais. Para conquistar uma das vagas, o candidato precisa atingir uma pontuação mínima — baseada na nota de corte do curso desejado. Geralmente, ela é bem elevada;
  • isenção de vestibular e descontos — há instituições de ensino superior que utilizam a nota do Enem como substituta do vestibular (seja online, seja presencial). Nesse sistema, os descontos são alinhados com as notas obtidas, ou seja, quanto maior a nota, maiores são os descontos na mensalidade, podendo chegar a 100% de desconto. É o caso das faculdades parceiras aqui do Vestibulares;
  • Programa Universidade para Todos (Prouni) — voltado para estudantes de baixa renda. Por meio desse programa, é possível adquirir bolsas de 50% ou 100% em faculdades particulares.

Nesse contexto, vale sempre considerar faculdades que, além de alternativas ao FIES, tenham também diferenciais para ajudar a entrar no mercado de trabalho, como o Canal Conecta.

Por lá, o estudante encontra artigos especializados e vagas em empresas parceiras que desejam contratar profissionais de alto desempenho. Esse canal que é exclusivo para os alunos das faculdades parceiras aqui do Vestibulares: Anhanguera, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar.

Pronto para realizar a inscrição no FIES?

O diploma de ensino superior abre muitas portas no mercado de trabalho, e realizar a inscrição no FIES é o primeiro passo para realizar esse sonho. Porém, como vimos, não é o único. Há outras opções para bancar seus estudos no ensino superior. Assim, fica mais fácil dar esse importante passo na vida pessoal e profissional.

Entendeu como funciona a inscrição no FIES ? Quer ingressar em uma das melhores faculdades particulares do Brasil? Então, acesse agora mesmo o site Vestibulares e participe do processo seletivo 2023!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 24

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.
Artigos relacionados