5 dicas para conquistar a aprovação no vestibular de Fisioterapia

estudante de fisioterapia

A Fisioterapia é uma carreira de inúmeras oportunidades, com alta demanda profissional. Ao cursar essa graduação você estará preparado para atuar na avaliação e na realização de procedimentos fisioterápicos como terapia complementar ao restabelecimento da saúde de pessoas que sofreram acidentes, foram acometidas de alguma doença grave, ou mesmo que sejam portadoras de deficiência física ou mental.

Se você gosta de ajudar os outros e tem grande sensibilidade nas mãos, prestar a faculdade de Fisioterapia no vestibular é uma excelente oportunidade de unir suas habilidades pessoais e aptidões a uma carreira.

Porém, é preciso saber que a Fisioterapia está entre as graduações mais concorridas do vestibular, assim como as demais áreas da Saúde ― cuja procura resulta da permanente oferta de empregos no mercado.

Então, é preciso traçar algumas estratégias para driblar a concorrência e sair à frente dos demais candidatos para uma aprovação no vestibular de Fisioterapia sem estresse. Para ajudar você nisso, criamos este post com 5 dicas infalíveis. Veja quais são elas:

Fisioterapia e esporte

Considere entrar em uma faculdade de Fisioterapia particular

As áreas da Saúde são muito procuradas nas instituições públicas de ensino, o que eleva a concorrência. Por esse motivo, fique de olho nas vagas para o vestibular de Fisioterapia em faculdades particulares.

Dessa forma, você amplia seu leque de instituições de interesse e foge da enorme fila de candidatos disputando uma vaga para estudar na mesma instituição. Inclusive, um dado importante é que não há faculdades públicas presentes em todas as cidades do Brasil ― algumas são bem distantes, aliás. Muitas vezes, é preciso se deslocar por quilômetros até outra região, o que implica gastos enormes, até mesmo, mudança de cidade.

Sendo assim, pesquise quais são as faculdades particulares de Fisioterapia próximo a você e escolha as mais renomadas ― com melhor conceito na avaliação do MEC (Ministério da Educação), com cursos de grade curricular mais atualizada e com melhor infraestrutura e reputação no mercado.

Verifique a nota de corte dos vestibulares

A nota de corte diz muito sobre a concorrência da graduação em Fisioterapia no vestibular. Principalmente quando a relação candidato/vaga for alta, quanto maior a nota de corte, mais difícil se torna sua aprovação.

Para que você tenha uma ideia de como a nota de corte para Fisioterapia exige atenção, tomando como exemplo o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo afirmou que os cursos ligados à área da Saúde apresentam tendência de alta no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), considerando o período entre 2014 e 2019. No último ano, a nota de corte para Fisioterapia foi de 701,58 pontos.

Esse dado acende mais um sinal de alerta sobre a concorrência para vagas no vestibular de Fisioterapia, principalmente nas instituições públicas, já que o Sisu é um sistema de preenchimento dessas vagas por meio da nota do Enem.

Logo, ao realizar sua inscrição para o vestibular, leve em conta a importância de se sair bem no Enem, pois mesmo nas faculdades particulares sua nota pode fazer a diferença na hora de conquistar uma vaga.

banner calculadora bolsa enem

Encontre faculdades com menor concorrência

Existe um mito na cabeça de quem quer ingressar no ensino superior de que instituições muito concorridas são as melhores opções do mercado educacional. Isso é falso, já que um dos sinais mais evidentes de que um curso superior tem um alto nível é o conceito do MEC.

Então, o fato de você estar de olho em uma faculdade muito concorrida não significa que o curso necessariamente está entre os melhores, tampouco que a taxa de empregabilidade é maior.

Nesse ponto, é interessante ter um olhar clínico para as instituições de menor porte ou com uma concorrência mais discreta, pois ali pode estar uma chance bem grande de você ingressar em uma faculdade de Fisioterapia sem ficar na lista de espera até a aprovação do vestibular.

Pesquise sobre as opções de bolsa e financiamento

A essa altura você pode estar pensando: “Tudo bem, a faculdade particular é uma opção, mas eu não tenho dinheiro”. É fato que as faculdades públicas não têm mensalidade a ser paga, por outro lado, há inúmeros custos agregados que podem superar e muito o valor das faculdades particulares. Um exemplo disso são os gastos com moradia, alimentação e transporte.

A questão das mensalidades também pode ser resolvida de maneira muito mais tranquila. Caso você tenha estudado em escolas públicas, saiba que é possível pleitear uma bolsa de estudos parcial ou integral pelo Prouni (Programa Universidade para Todos). Agora, se você tem uma renda familiar restrita, pode tentar o financiamento do seu curso de graduação por meio do FIES (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior). Ambos os programas são do Governo Federal.

Mas não para por aí. As próprias faculdades oferecem inúmeras opções de bolsas de estudo e financiamento estudantil. Entre elas, destacamos:

  • financiamento estudantil privado;
  • parcerias com estados e municípios para concessão de bolsas de estudo;
  • descontos especiais (por pontualidade, por mérito etc.).

Estruture um cronograma de estudos eficiente

Agora é hora de falarmos sobre a parte mais importante para sua aprovação no vestibular de Fisioterapia: ter um cronograma de estudos eficiente.

Para estruturar seu planejamento, primeiro faça uma pesquisa consciente sobre as faculdades mais adequadas para seu perfil. Em seguida, leia com atenção o edital do vestibular de cada uma delas ― claro, não se esquecendo do Enem, que é a prova mais complexa ―, e veja o que vai cair.

Uma vez compreendidos os conteúdos, observe quais áreas são de maior dificuldade e designe mais tempo para estudá-las. Para organizar melhor os seus estudos, temos uma excelente planilha para você! Então, divida tudo em um cronograma semanal que contemple os seguintes itens:

  • estudar online com videoaulas e outros materiais;
  • revisão de conteúdos;
  • prática de exercícios de fixação;
  • simulados.

Também dedique um tempo especial à redação, com a leitura de temas da atualidade e técnicas de produção e a confecção de textos. Baseie-se nas últimas propostas de redação do Enem e demais vestibulares de seu interesse.

Com estas dicas, você estará mais perto de garantir sua vaga no curso de Fisioterapia em um vestibular que vai tirar de letra! Então, inscreva-se já no vestibular e comece a construir a sua carreira!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.