Como funciona o vestibular online e quais suas vantagens?

A aplicação de avaliações digitais vem se consolidando em nosso país. Com o acesso facilitado à internet e a diversos dispositivos, muitos estudantes passaram a optar pelos vestibulares online ao realizar provas específicas.

Talvez você mesmo já tenha se questionado o que é o vestibular online ou pensado em prestar esse tipo de avaliação. A boa notícia é que várias instituições adotaram a proposta com o objetivo de ampliar as oportunidades para candidatos que desejam ingressar no ensino superior.

Enem segue a mesma tendência, visto que a previsão é que passe a ser realizado virtualmente do início ao fim do seu processo, até o ano de 2026. Novidades não faltam para facilitar a rotina daqueles que querem se aprimorar e terem boas opções de carreira, e é sabido que os vestibulares e o Ensino a Distância (EAD) não perdem em nada para as modalidades presenciais.

E você, o que acha de conhecer essa nova possibilidade e entender o seu potencial e as suas principais vantagens? Por aqui, você confere:

O que é o vestibular online e como ele funciona?

O vestibular online é uma avaliação feita a distância, de forma totalmente virtual. O método pode variar e envolver desde um kit baixado pelo candidato até a realização das questões presentes no site da faculdade.

Assim como ocorre em um exame tradicional, o estudante tem um prazo limite para resolver todas as questões. A redação do vestibular também é produzida no ambiente digital e, em alguns casos, pode corresponder à maior parte do processo avaliativo.

 

Se bons motivos não faltam para investir na digitalização, cabe a você se informar sobre as oportunidades que essa mudança gera. Na área da educação, ela tem se mostrado bastante positiva para facilitar o ingresso em instituições de ensino superior.

O vestibular online é apenas para cursos EAD?

Não. Mesmo quem pretende estudar nas modalidades presencial ou semipresencial pode optar por fazer a prova remotamente. A ideia é que o vestibular online seja mais uma facilidade promovida pela internet e pelas novas tecnologias digitais que têm surgido por conta dela.

No entanto, alguns cursos presenciais, pela sua própria natureza pedagógica, levam mais tempo para se adaptar a esse tipo de avaliação. As disciplinas EAD total ou parcialmente digitais, por sua vez, têm aderido com rapidez a ela.

Seja como for, trata-se de uma tendência, e não é exagero supor que, dentro de alguns poucos anos, todos os tipos de vestibulares do Brasil vão oferecer aos candidatos opções de provas online. O próprio Enem deve se tornar digital até 2026, segundo dados recentes do Ministério da Educação (MEC) publicados em seu portal.

Quais são as principais instruções para a realização da prova?

Como as tarefas desempenhadas virtualmente estão sujeitas a falhas técnicas, há uma série de instruções e recomendações para que tudo transcorra da melhor maneira possível.

Por exemplo, antes de iniciar a prova, é recomendável que o candidato reserve um tempo mínimo para conferir o seu computador, a conexão com a internet e outros detalhes tecnológicos e digitais que podem comprometer seu desempenho.

Cada pessoa tem direito, em média, a cinco tentativas nos vestibulares digitais. Vamos explicar como isso funciona com mais detalhes logo adiante mas, por enquanto, saiba que isso não significa que você estará face ao mesmo teste sempre que recomeçar. Os temas e questões variam a cada tentativa, de modo que a seleção seja mais eficiente.

Depois de iniciado, o exame tem duração de 60 minutos, e o tempo é controlado por um pequeno cronômetro que encerra a aplicação quando esse limite é atingido. Uma vez iniciada a prova, não há como pausar ou reiniciar o progresso.

As funções de copiar e colar não ficam disponíveis e, se o aluno alternar entre abas do seu navegador durante a avaliação, ela será fechada automaticamente. Para retomar, o estudante deverá começar a avaliação novamente, usando mais uma de suas cinco tentativas.

Por tentativa, entendemos situações em que você inicia o teste e não consegue concluí-lo. Se isso acontece, todas as questões que você respondeu são desconsideradas. Ou seja, não são cinco tentativas de ser aprovado no vestibular online, mas sim de concluí-lo.

Todo o processo pode ser realizado de qualquer dispositivo móvel ou não, desde que tenha acesso à internet, como é o caso de laptops, computadores de mesa (também conhecidos como desktops), tablets, smartphones e outros.

 

Como é feita a correção da prova?

Se a maneira pela qual as provas são aplicadas, depois da explicação acima, parece razoável, algumas perguntas vêm imediatamente à mente: e quanto à correção das provas? Os critérios são os mesmos? O rigor da correção tradicional continua valendo?

Antes de mais nada, é necessário esclarecer que, assim como a realização dos testes online é mais cômodo para os candidatos, a avaliação das respostas é mais simples e rápida para os corretores. Isso acontece, principalmente, porque é mais fácil lidar com o grande volume de correções em computadores e de forma remota.

Segundo a afirmação do Ministro da Educação Abraham Weintraub, publicada pelo jornal O Tempo, é de se esperar que o rigor na análise das questões seja idêntico, já que, atualmente, mesmo com o teste sendo aplicado longe dos computadores e smartphones, a correção já é informatizada.

O ministro se refere especificamente ao Enem digital, mas é razoável supor que isso se aplique também a outras modalidades de provas vestibulares a distância. Ou seja, no que diz respeito às outras etapas de correção das questões abertas e fechadas, o método segue o mesmo padrão que já é utilizado nas versões tradicionais do exame.

Como o candidato deve se preparar para o vestibular online?

Também vale a pena você se perguntar se a preparação para o vestibular online muda a partir do momento em que ele passa a ser digital. Uma série de detalhes passa a fazer parte desse ritual, e a soma deles pode definir sua aprovação ou reprovação.

Para que você antecipe possíveis problemas e se prepare da maneira mais específica possível, separamos algumas dicas que vão desde questões técnicas até pontos na didática e na forma como você estuda. Confira!

 

Consiga um bom equipamento

Bons computadores não são tão baratos. Por outro lado, porém, para que você tenha um equipamento que o permita terminar a prova sem interrupções ocasionadas por falhas técnicas, não precisa investir muito.

E quando falamos de um momento tão importante como esse, não é bom contar com a sorte — lembre-se, afinal, de que você estará diante de uma prova que pode definir seus próximos quatro anos de estudo e sua profissão tão desejada.

Faça uma breve pesquisa sobre os requisitos técnicos mínimos para que a prova seja aberta facilmente no seu equipamento. Se possível, tenha um plano B (como um segundo local ou computador para realizar o teste) para não atrapalhar a sua concentração. Além disso, todos estamos sujeitos a questões como falta de luz ou falhas eletrônicas.

Saiba lidar com o cansaço ocasionado pelas telas

As telas de computadores, smartphones e outros dispositivos provocam cansaço nos olhos quando utilizadas por longos períodos. O resultado disso é o lacrimejamento em excesso e a dificuldade de concentração do foco das vistas. Há algumas formas de lidar com esse problema no dia da prova.

Por exemplo, o ideal é que você evite estudar ou consumir conteúdo na internet no dia da prova. Assim, você combate não apenas o cansaço mental antes do teste, como também o desgaste dos seus olhos.

E já que estamos falando sobre esse assunto, vale a pena você se informar sobre como evitar os problemas causados pela incidência de luz nos estudos: pesquise sobre aplicativos que minimizam esse efeito em computadores, tablets e smartphones e considere, também, caso você use óculos, aplicar um filtro de luz azul nas suas lentes.

Entenda que os prazos continuam valendo

Já são conhecidos os relatos — trágicos ou cômicos, dependendo dos casos — de estudantes que se atrasam para as provas presenciais do Enem. Os motivos são inúmeros: desde problemas no transporte público a dificuldade de acesso às estradas que atrapalham a viagem dos candidatos às cidades onde sua prova será realizada.

Muitos desses motivos deixam de existir quando falamos de uma prova online, e isso é uma grande vantagem. No entanto, a procrastinação, a falta de disciplina e os problemas com horários e prazos continuam sendo grandes inimigos de qualquer candidato.

O fato de a prova poder ser realizada nos melhores horários para os estudantes não significa que você deva relaxar com os preparativos. Continue tão atento a eles quanto antes, policiando-se para não transformar as comodidades em pretexto para novas falhas.

Tente se familiarizar com o teste antes do dia da prova

Se a instituição na qual você pretende se matricular oferece alguma oportunidade de testar antecipadamente o software em que a prova será realizada, não desperdice essa chance! Se não oferecer, lembre-se de que você tem várias chances de terminá-lo.

Assim, vale a pena encarar a primeira tentativa como um teste para viver a experiência do vestibular online. Não se trata de desperdiçar sua primeira chance no exame, claro, mas é interessante estar atento às diferenças entre esse tipo de prova e as do modelo tradicional. Se não for possível terminar da primeira vez, leve essa experiência para a segunda.

Prepare a conexão e o local da prova

A sua região recebe um bom sinal de internet? Se não recebe, é bom considerar fazer a prova em outro local. O mesmo vale para as dependências em que você estará no momento do teste.

É recomendável que você se encontre sozinho em um cômodo, livre de distrações e descansado. O descanso no momento de realizar a avaliação passa também pelas suas acomodações: separe uma cadeira confortável, um espaço que comporte suas pernas esticadas, preferencialmente, e uma mesa com boa altura e espaço para seu material.

A exemplo do que aconteceria se a prova fosse presencial, mantenha um lanche por perto. Ao sair para prepará-lo, você pode interromper uma linha de raciocínio complexa, além de perder tempo e energia para reconstruí-lo.

Regule, também, a altura do seu monitor, de modo que não seja necessário ficar fora de postura para ler ou digitar. O desgaste desnecessário com teclado e mouse pode interferir negativamente no seu resultado também. Eles são ergonômicos? Atente a esses pontos, ok?

O vestibular online é equivalente ao Enem digital?

A diferença entre vestibular online e Enem digital relaciona-se muito à forma de admissão que cada instituição de ensino adota separadamente. Hoje, o Enem digital já pode ser tomado como realidade. O Enem 2020 vai ser aplicado a mais de 100 mil estudantes de 15 capitais brasileiras, e o objetivo do Ministério da Educação é que todos os candidatos se submetam à prova em 2026.

Mas não ele não é a única via de ingresso nas faculdades do país. Outros tipos de vestibulares já têm modalidades online há mais tempo. Fora isso, as diferenças entre o vestibular online e o Enem digital são as mesmas das versões tradicionais offline de ambos.

Quais faculdades oferecem o vestibular online?

Hoje, já são tantas as instituições online que ficaria difícil criar uma lista aqui com todas elas. Seja como for, é fácil descobrir em uma busca no Google algumas das mais conhecidas, ou mesmo buscar pelo nome da instituição.

Mas é bom que você tenha em mente que, ao realizar essa escolha, deve ser criterioso. Examine o histórico das faculdades e leve em consideração a opinião de pessoas que já estudaram lá. Observe, também, como a instituição promove o seu conhecimento desde muito antes de você se matricular.

O que vamos fazer, abaixo, é oferecer uma lista de algumas das faculdades mais confiáveis e seguras que realizam o vestibular online. Todas as instituições mencionadas são credenciadas pelo MEC, tanto para os cursos online quanto para os presenciais ou semipresenciais.

Tivemos o cuidado, ainda, de tentar abranger todas as regiões do Brasil nas sugestões, já que a proximidade também é um critério de escolha, mesmo se o curso for a distância. Vale lembrar que você pode realizar a sua inscrição para o exame virtual de qualquer uma delas aqui pelo site do Vestibulares.

Por que a digitalização das provas tem aumentado?

Comum em outros países, a substituição das avaliações tradicionais pelas versões online vem ocorrendo com frequência no Brasil. Os argumentos para apoiar a ideia são muitos: praticidade, redução de custos, possibilidade de aplicar mais provas simultaneamente, uso de recursos interativos etc.

Mais que a eliminação do papel e dos gastos relacionados a esse material, a digitalização permite otimizar a aplicação dos exames. Afinal, boa parte dos estudantes já está familiarizada com o ambiente virtual, seus recursos e suas inúmeras funcionalidades.

O domínio dos teclados de computadores e smartphones faz com que os candidatos tenham agilidade para digitar textos e responder questões. Assim, não há tanta perda de tempo e os recursos empregados na escrita (letras, pontuações, acentos e outros) passam a ser padronizados, facilitando a compreensão por parte dos avaliadores.

Quais são as principais vantagens do vestibular online?

Toda novidade traz mudanças que precisam ser assimiladas, mas no caso da digitalização de provas o tempo para se acostumar com o processo é bem curto. Quem faz uso constante das redes sociais ou de outras plataformas online pode se identificar muito com o novo formato de vestibular.

Seja para ingressar em uma faculdade específica, seja para garantir a preparação para o Enem, é importante se familiarizar com a digitalização desde já. E, agora que você sabe como funciona o vestibular online, não deixe de conferir os benefícios que esse modelo proporciona.

 

Escolher o local de realização da prova

Um dos pontos mais favoráveis está na possibilidade de fazer a avaliação em qualquer lugar. Como as questões e a redação são online, basta ter acesso a um dispositivo e uma boa conexão com a internet para começar a prova.

Isso significa que você consegue realizar os exercícios no conforto de sua casa, em uma biblioteca, em uma sala de aula ou em qualquer outro ambiente de sua preferência. Além do mais, é possível escolher o horário mais oportuno, de acordo com sua rotina e seu nível de produtividade em cada momento.

Dê especial atenção a isso. Os benefícios do descanso mental e da tranquilidade na hora de fazer uma avaliação não inestimáveis, e podem determinar a sua aprovação ou reprovação no concurso vestibular. Acredite!

Ficar longe das interferências de terceiros

Essa vantagem é resultado da anterior. Afinal de contas, você terá a chance de selecionar um local específico para realizar a prova. Isso permite filtrar apenas espaços tranquilos, silenciosos e livres de distrações — como televisão, conversas de pessoas, barulho de trânsito, entre outras situações.

Pense que as avaliações tradicionais envolvem a reunião de diversos estudantes e monitores em salas. Para muitas pessoas, essa concentração de gente prejudica a atenção. Felizmente, ao fazer vestibular online, você será sua única companhia para acessar o curso de graduação dos seus sonhos.

Além disso, no que diz respeito a assento e carteiras, a acomodação oferecida na versão tradicional do exame não é das melhores. E, acredite, estar sentado de forma confortável, diante de uma mesa ergonômica e um computador potente faz muita diferença na sua produtividade durante o exame.

Ter contato com questões mais interativas

É comum as instituições de ensino fornecerem uma senha para que os candidatos acessem o sistema de avaliação online. Porém, ao entrar no ambiente virtual, o estudante pode se deparar com uma estrutura um pouco diferente da prova tradicional.

Embora o modelo de vestibular varie de uma faculdade para outra, é provável que você encontre conteúdos em forma de vídeos, infográficos e outros recursos interativos. A digitalização permite isso, tornando o processo avaliativo mais diverso e divertido, o que ajuda a lidar com a pressão típica do momento.

Esse processo é também mais inclusivo, já que, do ponto de vista cognitivo, há pessoas que assimilam o conteúdo melhor quando o leem. Outros já têm mais facilidade com recursos visuais ou multimídia, categoria em que os vídeos se enquadram.

Quem nunca teve dificuldades em uma questão e depois descobriu que ela havia sido mal formulada ou não contava com recursos suficientes para ser respondida? Com mais interatividade, as chances de isso acontecer são muito menores.

Evitar ou diminuir diferentes custos

O vestibular online não demanda toda a logística necessária para a aplicação de uma avaliação tradicional. Nesse modelo, são eliminados os custos com equipes de monitores, com a impressão de materiais (cadernos de prova) e outros recursos.

Em alguns casos, essa economia pode refletir na redução do preço da inscrição, o que beneficia diversos candidatos de situações socioeconômicas diversas. Além do mais, se o estudante considerar que não precisará se deslocar até um ponto específico, nem custear sua alimentação no dia da prova, verá que o corte de gastos será muito maior.

Prevenir atrasos

Quem nunca perdeu o horário de uma prova importante ou ouviu falar de um estudante que enfrentou o mesmo problema? Essa situação pode ser muito frustrante, especialmente quando envolve a tentativa de ingresso em um curso de graduação.

Para evitar problemas com atrasos, muitas pessoas apostam no vestibular agendado, priorizando datas nas quais estarão livres de compromissos. Com a modalidade online isso também é possível, já que você seleciona um momento tranquilo para se concentrar nas questões.

Quem tem dificuldade de acesso a um computador — embora incomum nos grandes centros do país, essa situação ainda existe nos interiores do Brasil — também se beneficia da medida, já que se torna possível agendar o uso da máquina de terceiros, como parentes e amigos.

Como fazer a inscrição para essa modalidade?

Como mencionamos, muitas instituições aderiram ao vestibular online e fornecem essa opção para os candidatos de diversas regiões. Logo, uma das maneiras mais simples de acessar esse tipo de prova é por meio do site oficial da faculdade em que você pretende estudar.

Outra maneira de prestar o vestibular digital é pesquisar em portais especializados em conectar estudantes a diversas oportunidades do mercado. Muitas dessas plataformas concentram informações relativas aos processos seletivos de diferentes instituições.

Aqui no Vestibulares, por exemplo, você pode aprender sobre diversos assuntos que envolvem essa importante fase dos estudos. Isso inclui desde conteúdos sobre financiamento estudantil até dicas para escolher a modalidade de ensino ideal para você, por exemplo.

Vale a pena explorar os temas disponíveis para planejar sua carreira e escolher o melhor caminho para a capacitação profissional. Depois, é só conferir quais instituições oferecem o vestibular online, fazer a inscrição e dar o seu melhor em cada resposta. Sem complicações, tudo isso pode ser realizado em poucos minutos.

Gostou da possibilidade de realizar sua avaliação a distância? Então não perca mais tempo e faça a sua prova agora mesmo, sem sair de casa. Para isso, basta acessar o nosso site encontrar o curso desejado e se inscrever!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 15

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?



Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: