Cotas ou ampla concorrência: entenda qual é a diferença

cotasouamplaconcorrenciaentendaqualeadiferenca

O momento de fazer vestibular costuma gerar grande ansiedade em muitos jovens. Além de lidarem com a pressão e precisarem escolher a graduação na qual se formarão e trabalharão por anos, é necessário encarar vários conceitos até então estranhos. Por exemplo, você sabe o que é a ampla concorrência?

De maneira simplificada, ela abrange as vagas não reservadas aos candidatos de cotas. Ou seja, são as comuns, e nelas devem se inscrever todos aqueles que não têm baixa renda, não são de determinada etnia ou não estudaram em escola pública. 

Tais privilégios mencionados são aplicados com base na Lei de Cotas e vêm do pensamento de “tratar desigualmente os desiguais, na medida da sua desigualdade”. 

Mas o que isso significa, de fato? O assunto é importante e precisa ser explicado, para você fazer suas escolhas com mais segurança. Então, que tal conversarmos um pouco sobre isso? É só seguir nas próximas linhas!

O que são cotas?

As cotas raciais e sociais são medidas criadas pelo governo para diminuir as diferenças econômicas, sociais e educacionais. São ações afirmativas baseadas em uma história de desigualdades, injustiças e faltas de oportunidades.

A cota racial beneficia as classes denominadas pretas, pardas e indígenas, segundo a classificação do IBGE. Ela existe pelo fato de o período escravista ter resultado em arbitrariedades, que repercutem até hoje. Menos acesso à faculdade e baixo poder econômico, por exemplo, fazem com que as pessoas tenham dificuldades maiores em construir uma vida digna, com acesso a bons empregos, escolas, saúde de qualidade etc. 

Não é regra geral, mas a tendência é que um pai que tenha sofrido preconceitos e não tenha tido oportunidades de um bom trabalho encontre mais obstáculos para sustentar sua família. Os filhos dele, por sua vez, passarão por necessidades e terão problemas parecidos. A ideia, então, é romper esse ciclo, dando a essas pessoas e às suas gerações futuras oportunidades. Assim, elas conseguem competir, com mais igualdade, em vários outros meios, como no mercado de trabalho.

A cota social tem um sentido parecido, no entanto, se baseia na baixa renda, que, também, dificulta o acesso a, por exemplo, escolas particulares. 

Ambas são normatizadas pela Lei 12.711/2012, a famosa Lei de Cotas, que reserva 50% das vagas em faculdades federais vinculadas ao MEC. As particulares que utilizam o Sisu também fazem uso delas. Fora desse grupo, as demais as utilizam da forma que desejarem.

O que significa a ampla concorrência?

A ampla concorrência, por sua vez, diz respeito às vagas não reservadas aos candidatos de cotas. São para estudantes que podem concorrer às oportunidades sem precisar da assistência de ações afirmativas. Ou seja, fazem parte dela todos os que estudaram em escola particular.

Quem pode se inscrever em cada opção?

Bem, agora que você já sabe a diferença entre ampla concorrência e cotas, vamos ver quem pode se inscrever em cada?

banner calculadora bolsa enem

Para ter direito às cotas sociais, a pessoa precisa ter estudado em escolas públicas, não bastando, apenas, ser de baixa renda. Dessa forma, um aluno que tenha frequentado apenas um tempo na escola particular, mesmo não tendo condições financeiras, não terá mais direito. A regra é que se ele teve acesso a um ensino de mais qualidade, não se encontra mais em tanta defasagem.

Para optar por cotas raciais, é preciso passar por duas condições. Primeiro, ter estudado em escolas públicas. Segundo, identificar-se com uma das seguintes etnias definidas pelo IBGE:

  • pretos;
  • pardos;
  • indígenas.

Essa autodenominação é livre. Ou seja, não existe um guia dizendo o que você e o que não é. Porém, vale ter discernimento, pois, após a aprovação, você pode ser selecionado para passar por uma entrevista. Isso visa evitar fraudes, com pessoas tentando dar aquele “jeitinho” para conseguir uma vaga.

Já na ampla concorrência, poderão se inscrever aqueles que não se encaixarem em alguma dessas opções relatadas. Quem, por lei, tem o direito às cotas, mas não quiser usufruir dessa vantagem, também poderá se incluir aqui.

Onde essa diferenciação é utilizada?

As cotas valerão para as diversas formas de entrada na faculdade, como vestibulares, Sisu, PAS, Prouni e bolsas de estudos. Fica a critério de cada instituição definir o método.

Mas e o Enem? Bem, muitas faculdades o usam para substituir o vestibular e ser mais um facilitador de ingresso de estudantes. Isso faz com que muitos achem que as cotas também tenham sido transferidas ao Enem. Contudo, não é assim, pois ele é apenas uma prova que avalia os conhecimentos do ensino médio. 

O que acontece é que as faculdades que aderem ao Enem transferem suas vagas para o Sisu, com o respectivo sistema de cotas. O sistema, por sua vez, seleciona os candidatos com base nas notas do Exame Nacional.

Como se inscrever utilizando cotas ou ampla concorrência?

No momento da inscrição de um vestibular, você seleciona “ampla concorrência” ou “sistema de cotas”. Se optar por esta última, nesse momento, não precisará comprovar a questão racial. Na condição social, é possível que seja solicitada a demonstração de renda. 

Já no Sisu, ele puxa os dados que você informou no momento da inscrição do Enem. Assim, caso você tenha dito que estudou em escola particular, não concorrerá mais às cotas. Por isso, é importante se certificar de que preencheu direitinho os dados referentes à escolaridade, à etnia e à renda.

É válido dizer, ainda, que o sistema de cotas pode ser usado junto de outros benefícios. Por exemplo, você pode usá-lo no vestibular tradicional e, ao mesmo tempo, pedir a isenção do Enem

Enfim, ao fazer sua opção por ampla concorrência ou cotas, não se esqueça de que é importante declarar suas particularidades de forma honesta, principalmente se escolher a segunda opção. É certo que o sistema é uma grande vantagem, mas, para fazer jus a ele, é preciso merecê-lo. No mais, é só seguir com seus planos de estudos para conseguir fazer uma boa prova no dia.

Gostou do artigo? Já que estamos conversando sobre esses conceitos referentes a vestibular, que tal você entender, na próxima leitura, o que é nota de corte

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 35

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.