Monte um cronograma de estudos para Medicina em 9 passos

estudante montando cronograma de medicina

Se o seu maior sonho é fazer o curso mais concorrido do país, não existe outra maneira a não ser montar um bom cronograma de estudos para Medicina. Sim, esse é o caminho mais seguro para ter um bom rendimento e conquistar a sua vaga para o início de uma carreira promissora!

A rotina de estudos é intensa, e você já deve saber disso, certo? Portanto, vale a pena seguir o nosso passo a passo para montar um calendário específico para Medicina. Aqui, nós explicamos o que você precisa para não perder mais tempo. Vamos lá?

Comece o cronograma com o máximo de antecedência possível

Não é para perder tempo mesmo! Por isso, a primeira dica é sobre gestão de tempo e definição de prioridades. Se você quer muito cursar Medicina e sabe da concorrência e do grau de dificuldade, não pode desperdiçar as horas do seu dia com bobeira e deve começar a estudar quanto antes.

Você vai ver adiante que não é para ficar 24 horas estudando, porém, um bom planejamento e a determinação de começar hoje mesmo é o que vai fazer com que a sua vaga esteja bem mais perto de se tornar uma realidade. Portanto, nada de procrastinar ou de ficar olhando as redes sociais de dez em dez minutos, combinado?

Dica: se você está se preparando para ingressar em Medicina pelo Enem, confira a nossa planilha de estudos! O download é gratuito e já vem com todas as matérias segundo o edital 🙂

Classifique as matérias em grau de dificuldade

Contudo, por onde começar? A dica nesse momento é definir quais são as matérias que apresentam o maior nível de dificuldade para você. Se suas facilidades são maiores em conteúdos de Humanas, por exemplo, vale a pena priorizar os conteúdos de Exatas.

Essa classificação ajuda na hora de montar o seu cronograma de estudos para Medicina. É claro que você não vai estudar apenas o que é mais difícil e abandonar as disciplinas de grau leve, porém, quando conhecemos nossas fraquezas, estamos mais preparados para superá-las!

Separe um tempo maior para os temas mais complexos

Acompanhando a dica anterior, com esse autoconhecimento, você terá em mãos os temas mais simples e mais complexos e, assim, vai separar no seu dia um tempo maior para aquilo no qual tem mais dificuldade. Vamos a um exemplo bem prático?

Suponhamos que você estipulou uma hora diária de estudos para cada disciplina. No entanto, seu maior medo de fracasso está nas questões de Biologia e de Química — matérias de peso importante para quem deseja fazer Medicina. Então, você vai dedicar-se um pouco mais, adicionando 30 minutos ou até o dobro de tempo para estudar e revisar essas disciplinas.

Programe métodos de estudos complementares ao longo da semana

Outro ponto importante é identificar o que mais funciona na hora dos estudos para você. São leituras e resumos? Mapas mentais? Videoaulas? Sua preferência é estudar sozinho ou estudar em grupo?

Essa percepção também será fundamental para que você diversifique, no seu cronograma de estudos, diferentes métodos. Além de otimizar a aprendizagem e a absorção e a memorização do conhecimento, isso ajuda a deixar a rotina menos maçante!

Separe um tempo para atividades lúdicas

Quando deixamos nosso cronograma de estudos para Medicina menos chato, damos um ânimo a mais na rotina. Entretanto, como alertamos lá no início, não dá para dormir e acordar em cima dos livros, não é mesmo?

Por isso, é importante ter em seu calendário semanal momentos de relaxamento e de diversão, com atividades que sirvam para, literalmente, descansar o cérebro e o corpo. Se você gosta de jogos virtuais, de literatura ou de séries de televisão, vá em frente! Aqui, até mesmo exercícios físicos ou passear com o cachorro conta.

Plano de Estudos para Medicina

Porém, não gaste mais tempo do que deveria nessas atividades. É essencial que elas estejam anotadas no seu cronograma, justamente para que você não extrapole o tempo de lazer e comprometa os seus estudos.

Marque horário para fazer simulados

Além dos métodos de estudo que citamos brevemente agora há pouco, também é crucial reunir tudo o que você aprendeu e, além de revisar, colocar a teoria em prática. Mas como fazer isso? Realizando simulados, é claro!

Quando você resolve questões e desafios de provas anteriores, estará não só testando os seus conhecimentos, mas também familiarizando-se com o estilo do exame e com o tempo para realizá-lo sem correria. Nesse sentido, nossa dica é consultar o site Trilha do Enem, que tem simulados gratuitos, além de inúmeras videoaulas e planos de estudos para ajudar você nessa empreitada.

Inclua oficinas de redação

Se a redação é um bicho de sete cabeças, reserve também um tempo especial a ela, como no caso dos temas complexos que explicamos anteriormente. Por outro lado, por mais que você seja incrível em dissertações, também inclua no seu cronograma de estudos um tempo especial para fazer oficinas e aprimorar cada vez mais a sua escrita e as suas habilidades de argumentação.

A redação tem um peso diferenciado em provas de vestibulares de Medicina e no Enem e, por isso, é a rainha dos olhos de vários estudantes e cursos de pré-vestibular. Se a ideia é conquistar aquela vaga de Medicina tão concorrida, não negligencie esse aspecto e prepare-se intensamente para que a sua nota seja satisfatória o suficiente.

Assista a documentários sobre os temas que precisa estudar

Temos aqui uma dica para deixar o seu plano de estudos de Medicina mais diversificado — assista a filmes e a documentários relacionados aos temas que está revisando no momento. A internet ajuda muito nesse sentido, com as plataformas de streaming e sites que fornecem o acesso a vários materiais, tanto pagos quanto gratuitos.

Temos um post com 7 séries de Medicina para assistir na Netflix 🙂

O ideal é que você estude primeiro o tema e depois assista ao documentário, por exemplo. Essa técnica é boa para ajudar na fixação de informações essenciais sobre a matéria, além de fazer com que você crie mentalmente associações valiosas que podem ser acionadas no momento da prova.

Inclua janelas de descanso

Nem só de estudos e de atividades lúdicas vive o estudante. Portanto, na hora de montar seu calendário de atividades, reserve aqueles horários cruciais para dar um cochilo, fazer suas refeições com calma, entre outros momentos que ajudam a descansar realmente o corpo e a mente.

Aqui, vale ressaltar a importância de uma noite bem dormida, respeitando em média 8 horas de sono. É durante esse tempo que nosso organismo se restaura e se prepara para mais um dia, cheio de estudos para serem vencidos. Aliás, essa é uma coisa que você vai aprender mais a fundo quando for um estudante de Medicina, não é verdade?

Algo extremamente importante, que não podemos deixar de mencionar, é que você deve entender o perfil de quem faz essa faculdade e segue essa profissão. Afinal, a rotina é tão pesada quanto a que você vai começar hoje mesmo — esperamos por isso! — com o seu cronograma de estudos para Medicina. Portanto, não espere vida mansa depois de conquistar sua vaga, ok?

Para ajudar na missão e entender melhor o que espera por você, que tal aproveitar e conferir agora tudo sobre a faculdade de Medicina? Aguardamos você na próxima página!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: