Faculdade de Medicina: como funciona e qual é o perfil do estudante?

faculdade de medicina

Se você é do tipo que sempre gostou das aulas de Biologia na escola, não perde um episódio de séries como Grey’s Anatomy e sonha em salvar vidas, pode confessar: fazer faculdade de Medicina é uma ideia que provavelmente já passou pela sua cabeça, certo?

Porém, ao pensar em escolher essa carreira, é comum se deparar com várias dúvidas sobre essa profissão, que vão desde o vestibular até a rotina de estudos ao longo do curso de graduação.

Então, caso você esteja no meio desse mar de questionamentos, não se preocupe: vamos contar o que é preciso saber antes de decidir se você realmente quer ou não se tornar um médico!

Como é a faculdade de Medicina?

Você provavelmente sabe que o vestibular para entrar no curso de Medicina é considerado um dos mais difíceis, afinal, a concorrência costuma ser alta por ser uma das profissões com melhor reconhecimento no país. No entanto, não é apenas para entrar na faculdade que é preciso estudar com dedicação: também é necessário manter o foco depois de conseguir uma vaga no curso.

A verdade é que, por se tratar de umcurso da área de Biológicas e focado no setor da saúde, a faculdade de Medicina exige responsabilidade e comprometimento com os estudos. Afinal, ao longo dos 6 anos de graduação, além das matérias teóricas, terão as práticas. Todas elas servem de base para que os médicos saibam realizar diagnósticos precisos, prescrever tratamentos e realizar cirurgias em seus pacientes.

Por falar nisso, é importante saber que muitas aulas do curso de Medicina são realizadas em laboratórios, onde os estudantes podem desenvolver habilidades técnicas essenciais para sua formação e, também, conseguem entender na prática os conceitos que são ensinados na sala de aula e nos livros teóricos.

De maneira geral, o curso é dividido em três etapas:

  • ciclo básico — se refere aos 2 primeiros anos do curso. As matérias são teóricas, e os estudantes passam muito tempo nos laboratórios e em sala de aula;
  • ciclo prático — os alunos começam a cursar disciplinas práticas, direcionadas para o estudo de doenças, além de terem o contato com pacientes. Em geral, isso ocorre em clínicas-escola e ambulatórios;
  • internato — na última etapa da faculdade, o estudante tem foco na prática. Ele atua em hospitais, realizando plantões, acompanhamento e atendimento a pacientes, sempre supervisionado por uma equipe médica.

Como é o dia a dia de estudos?

Talvez você não saiba, mas o curso de Medicina é uma faculdade integral. Ou seja: os estudantes têm aula em dois períodos do dia, normalmente, de manhã e à tarde. Por esse motivo, quem opta por essa graduação precisa organizar sua rotina de estudos para conseguir conciliar suas atividades e manter um bom desempenho nas provas.

Uma boa maneira de se organizar ao longo do curso é não deixar para revisar as matérias nas semanas de provas. O melhor a se fazer é prestar muita atenção nas aulas e determinar um momento do dia para revisar o conteúdo visto em aula.

Além disso, o descanso é essencial na vida dos futuros médicos. Sendo assim, vale a pena ter uma boa rotina de sono e sempre dedicar uma parte dos finais de semana para colocar o sono em dia.

Quais são os desafios na rotina de um estudante de Medicina?

Algumas dificuldades são enfrentadas por qualquer estudante que esteja em um curso superior. Controlar gastos, otimizar horários e conciliar rotinas são algumas delas, mas existem condições que são específicas de cada graduação.

Os estudantes de Medicina devem se preparar psicologicamente para enfrentar algumas adversidades. Manter a tranquilidade e a segurança necessária para consolar, aliviar e curar aqueles que necessitam de cuidados faz parte do dia a dia do profissional.

Para quem está enfrentando essa jornada na sala de aula, manter-se atualizado é essencial. Também é importante que o aluno participe de seminários e cursos profissionalizantes, além de realizar estágios que possibilitem a vivência com pacientes.

Os principais desafios no dia a dia do estudante de Medicina são:

  • rotina intensa e curso longo;
  • conteúdo variado e profundo;
  • estudo de Anatomia;
  • atualização constante;
  • dedicação exclusiva.

Mas calma, não precisa se desesperar! Ao estudar em uma das melhores faculdades de Medicina e com um corpo docente preparado e atualizado, como as instituições parceiras do Vestibulares, é possível se dar bem no curso e aprender todo o conteúdo, sem estresse.

Quais são os materiais necessários para cursar Medicina?

Como foi possível perceber, essa profissão é muito exigente no nível de comprometimento. Logo, desde o início da graduação é necessário que os alunos dediquem-se diariamente, decorem palavras, façam pesquisas e adquiram senso de responsabilidade. Com isso, os materiais de Medicina e os livros fazem parte do dia a dia do estudante.

Quer saber quais são os principais? Veja a seguir!

Caixa de luvas

As luvas descartáveis são fundamentais para a proteção contra fungos e formol presentes nas peças anatômicas. Esse item é um dos mais utilizados pelos estudantes, então é bom ter um estoque. É possível encontrar luvas de materiais e cores variados, já que os professores não costumam fazer restrições.

Estetoscópio

O estetoscópio é usado em quase todos os atendimentos. Na faculdade, ele é ainda mais importante no estudo de propedêutica. É a partir dele que o aluno examina o abdômen e o tórax, ausculta achados pelo corpo e afere a pressão. No mercado, existem vários modelos, e o preço é um pouco salgado. Contudo, é um item que dura muitos anos.

Oxímetro de pulso

O oxímetro de pulso é responsável por medir a quantidade de oxigênio na circulação. É bastante usado no final do curso ou no estágio, principalmente se o estudante tiver que atender emergências. Por meio dele, o médico decide pela intubação ou internação, e determina o tratamento para os pacientes.

Tour pela prova do Enem

Como é a grade curricular do curso de Medicina?

Assim como muitos cursos da área da saúde, a faculdade de Medicina traz algumas disciplinas gerais e que têm relação com aspectos biológicos do ser humano. No entanto, também existem matérias específicas para a atuação médica, normalmente relacionadas com habilidades que os futuros médicos precisam desenvolver.

Quer saber como é a faculdade de Medicina e quais são os conteúdos estudados para que você possa se formar no curso e ter seu diploma? Nós vamos contar para você! Confira logo abaixo:

  • Lógica Matemática;
  • Funções Biológicas;
  • Habilidades Gerais;
  • Habilidades Médicas;
  • Introdução ao estudo da Medicina;
  • Metabolismo;
  • Práticas Interdisciplinares de Interação Ensino, Serviços e Comunidade;
  • Interpretação de Textos;
  • Abrangência das Ações de Saúde,
  • Doenças resultantes de agressão ao meio ambiente;
  • Mecanismo de Agressão e Defesa;
  • Genética e Qualidade de Vida;
  • Concepção e Formação do Ser Humano;
  • Nascimento, Crescimento e Desenvolvimento;
  • Percepção, Consciência e Emoção;
  • Gramática;
  • Processo de Envelhecimento;
  • Proliferação Celular;
  • Saúde da Mulher, Sexualidade Humana e Planejamento Familiar;
  • Empregabilidade;
  • Dor;
  • Dor Abdominal, Diarreia, Vômito e Icterícia;
  • Febre, Inflamação e Infecção;
  • Educação Ambiental;
  • Fadiga, Perda de peso e Anemias;
  • Perda de Sangue;
  • Problemas Mentais e do Comportamento;
  • Políticas Públicas;
  • Dispneia, Dor Torácica e Edemas;
  • Distúrbios Sensoriais, Motores e da Consciência;
  • Locomoção e Apreensão;
  • Democracia, Ética e Cidadania;
  • Aparecimento e Manifestações Externas das Doenças e Iatrogenia;
  • Desordens Nutricionais e Metabólicas;
  • Emergências.

Além disso, vale lembrar que a faculdade de Medicina também requer estágios obrigatórios, que são supervisionados e devem ser realizados em diversos setores de hospitais e clínicas, permitindo que os estudantes tenham vivência profissional e adquiram experiência para a atuação após se formarem.

AQUI TEM UM LINK PARA E-BOOK: https://dicas.vestibulares.com.br/plano-de-estudos-para-medicina/?utm_medium=rock-convert

Qual o perfil do estudante de Medicina?

É preciso ter o perfil profissional certo para entrar nesse curso! Então, saiba que além de montar um cronograma de estudos de Medicina e se dedicar a ele, o estudante também precisa ter algumas características essenciais para ter sucesso na profissão.

A primeira delas é realmente gostar da profissão escolhida, afinal, optar por uma carreira apenas pelo retorno financeiro é algo que pode causar frustração futuramente. Por isso, certifique-se que você tem afinidade com a área e pesquise sobre o mercado de trabalho para Medicina.

Se possível, converse com profissionais formados para entender como é a rotina deles. A opinião de alguém que atua naquilo que será seu trabalho futuramente pode ajudar você a perceber detalhes sobre o dia a dia nesse setor, como a carga horária de trabalho e as situações cotidianas, entre outros fatores.

Outra dica interessante é fazer testes vocacionaise ver se a Medicina é realmente a carreira ideal para você! Por meio de um teste vocacional, você saberá quais são suas habilidades e preferências para a carreira.

? Que tal fazer nosso teste para analisar o seu perfil e tentar descobrir uma área que combine com a sua personalidade no campo da Medicina?

Isso é importante, pois, assim como é relevante ter interesse real em atuar nesse ramo, também é importante saber se relacionar e se comunicar com quem está ao seu redor. Afinal, ao se tornar médico, você terá que lidar com diversos tipos de pacientes e vai ser preciso interagir com eles em diversos momentos.

É fã de Grey’s Anatomy e quer saber qual o seu perfil de médico? Faça o nosso quiz e descubra qual médico de Grey’s Anatomy é você! ?

Junto a tudo isso, algo que move os estudantes de Medicina é o desejo de ajudar e cuidar das outras pessoas. Então, se você sonha em salvar vidas e promover saúde para a sociedade, já está no caminho certo.

No vídeo abaixo, veja um conteúdo completo sobre a carreira, as oportunidades e os desafios para os profissionais de Medicina. A conversa foi mediada por Jefferson Schroeder com a participação dos acadêmicos Pedro Crotti, Paulo Benigno e Pedro Ferraz.

AQUI TEM UM VÍDEO: https://www.youtube.com/watch?t=278&v=nhKDiD0jIgY&feature=emb_imp_woyt

Quais são as vantagens de escolher essa graduação?

Além da excelente remuneração, que tem uma média de R$ 7.190,90* para uma jornada de trabalho de 24 horas semanais, existem outros benefícios que podem ser ainda melhores. Entre eles, podemos destacar a realização pessoal e a satisfação por fazer um trabalho que tem grande impacto social.

Outro fator muito positivo é que, após se formar — fazendo parte do Conselho Federal de Medicina (CFM) — possibilidade de atuar em diversos ramos da profissão, já que a taxa de empregabilidade é alta. Dessa forma, você pode investir no setor público ou no privado, seja em hospitais, clínicas ou laboratórios, e pode até mesmo atuar como professor universitário.

E, se você pensa em empreender ao sair do curso, pode comemorar: a faculdade de Medicina particular ainda permite isso, pois você pode ter seu próprio consultório e garantir uma rotina mais flexível.

Não perca essa oportunidade!

Agora que você já sabe como é a faculdade de Medicina, lembre-se de que essa profissão é muito prestigiada e conta com um excelente mercado de trabalho. Assim, para dar o primeiro passo, é fundamental estudar em uma faculdade de excelência, que conta com uma infraestrutura completa para a sua formação.

Já tomou a sua decisão e quer cursar Medicina? Não perca mais tempo! Inscreva-se para o vestibular online e mude sua vida!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 47

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.