Bolsa de estudo parcial como funciona

Bolsa de estudos parcial: o que é e como funciona?

Como funciona a bolsa de estudo parcial? É o que milhares de alunos com dificuldades financeiras se perguntam. Afinal de contas, passar em uma faculdade pública é complicado. Por outro lado, nem sempre temos dinheiro suficiente para bancar uma formação privada.

Na realidade, para entender como funciona a bolsa de estudo parcial é muito simples. Afinal de contas, ela nada mais é do que uma fração de uma bolsa completa. Mas por que você deveria pensar sobre o assunto?

Entre outras razões, porque há menos concorrência para esse tipo de benefício educativo. Ou seja, quem faz essa escolha consegue uma facilidade mais rápido e com menos esforços.

Quer saber mais? Então, continue com a gente, pois vamos explicar direitinho como entrar para o ensino superior, sem desespero!

O que são as bolsas de estudos parciais?

Há pouco, explicamos que a bolsa de estudo parcial é uma parte de uma bolsa integral. Então, mesmo que você não consiga ficar isento totalmente das mensalidades, você recebe um apoio financeiro. Agora, surge a dúvida: mas quanto é o apoio financeiro?

A resposta é depende! No caso das bolsas concedidas pelo Governo, o aluno tem 50% das mensalidades custeadas. Já nas faculdades privadas, cada instituição estabelece as suas regras.

No entanto, podemos adiantar que estão disponíveis bolsas de vários volumes. Desse modo, tem bolsa de 25%, bolsa de 50%, bolsa de 70%, e mais!

Como funciona a bolsa de estudo parcial?

Nas faculdades particulares, normalmente a nota do Enem e do vestibular vai definir o tamanho da bolsa parcial. Por esse motivo, quanto melhor for o seu desempenho nas provas, maiores serão as suas chances de obter facilidades para pagar seu curso.

Nas faculdades parceiras do Vestibulares, o desconto funciona assim, de acordo com a sua nota no Enem:

  • até 600 pontos  10%;
  • de 601 a 750 pontos  20%;
  • de 751 a 900 pontos  80%;
  • acima de 901  100%.

Reparou que é possível receber uma bolsa integral, se você arrasar no exame?

Quais são as formas de conseguir esse desconto? 

Cada projeto educacional de bolsa de estudos conta com suas normas exclusivas, como explicamos agora há pouco. Apesar disso, certas regras aparecem em quase todas as iniciativas de ajuda ao aluno.

Veja alguns desses requisitos:

  • pessoas de baixa renda familiar;
  • estudantes com elevada pontuação no Enem e nos vestibulares;
  • familiares de matriculados de determinada faculdade.

A seguir, fizemos um resumo das principais bolsas parciais disponíveis atualmente.

Prouni

Um dos auxílios estudantis mais concorridos é a bolsa parcial do Prouni e a sua versão integral, na qual o aluno não precisa pagar nada. Desse modo, esse importante programa do MEC tem como objetivo ampliar o acesso à graduação por pessoas com restrições econômicas.

Um benefício do Prouni é que ele permite a transferência de bolsa para outro curso. Assim, caso você se arrependa da primeira escolha, terá como garantir o auxílio financeiro para a sua nova opção.

Acontece que é preciso se adequar a alguns critérios para concorrer ao Prouni, além do que o programa é superconcorrido. Por isso, quando o assunto é bolsa parcial, vale a pena demais dar uma conferida nas oportunidades que as faculdades oferecem por conta. Olha só o nosso próximo tópico.

Bolsas institucionais

Procurar pelo programa de bolsas institucionais das faculdades particulares é uma ótima ideia, pois a quantidade de vagas é maior, e o número de interessados é menor do que no Prouni.

Sem ligação com o Governo, essa ajuda é oferecida em diversas modalidades. Veja a seguir exemplos de como funciona a bolsa de estudo parcial nas faculdades parceiras do Vestibulares.

Bolsa Transferência

Os estudantes que fazem uma transferência externa conseguem bolsas parciais. Nessa circunstância, é possível obter até 60% de isenção na mensalidade de cursos presenciais.

Mas também existe cobertura do benefício para a categoria de ensino EAD, na qual os alunos recebem bolsa parcial de até 30%.

Bolsa para militares e demais servidores públicos

Militar tem direito a desconto na faculdade por meio de bolsas parciais que podem chegar a 30%. Além dessa vantagem, eles também ganham desconto para os familiares — filhos de até 24 anos e cônjuges. 

Bolsa Primeiro Semestre

Os calouros, aqueles alunos que estão chegando na faculdade, também contam com bolsas parciais. Desse modo, não é difícil conquistar até 20% da ajuda financeira.

Bolsa Incentivo

Quem está com alguma dificuldade socioeconômica para iniciar o ensino superior também pode ganhar desconto em faculdade particular. Desse modo, durante a inscrição para o processo seletivo, você escolhe concorrer a uma vaga pelo programa Bolsa Incentivo.

Como conseguir uma boa nota no Enem e nos vestibulares?

Qual é o grande desafio para conquistar uma bolsa de estudos parcial ou até mesmo total? Se você respondeu nota alta no Enem e demais vestibulares, acertou!

Sim, para aumentar suas chances é indispensável ter um bom desempenho nas provas. Isso significa que você vai precisar se dedicar aos estudos.

Quer arrasar no Enem? Então, confira nossas dicas!

Planeje-se

Comece fazendo um bom plano de estudos. Você deve fazer provas de vestibular anteriores para treinar, reler seus livros e se atualizar sobre os acontecimentos do ano. 

Gerencie seu tempo

Reserve um tempo diário para os estudos, ainda que seja apenas 1 hora por dia no começo da jornada. Assim, aos poucos, vá aumentando esse período até chegar a 4 ou 5 horas por dia de preparação.

O ideal é estabelecer um cronograma bem eficiente e organizar as matérias dedicando um tempo específico para cada uma. Lembrando que é para se dedicar mais àquelas que você tem mais dificuldades, hein?

Prepare-se para a redação

Leia livros e notícias e faça uma redação por para melhorar a sua escrita. Nesse treino, use como tema assuntos de destaque nos noticiários. Lembre-se de que as redações do Enem sempre envolvem assuntos polêmicos, então, aprenda a usar o tema da redação a seu favor!

Depois, peça ajuda de um professor para a correção. Assim, você vai ganhando experiência e perdendo o medo de escrever.

Acompanhe sites especializados gratuitos

Existem sites especialmente desenvolvidos para ajudar o aluno a passar no Enem. Um exemplo é o Trilha do Enem. Por lá, é possível encontrar aulas sobre todas as matérias e dicas sobre atualidades, fazer simulados e montar um plano de estudos personalizado. Ou seja, é uma ótima oportunidade de estudar para o Enem em casa!

Agora é sua vez!

E aí? Deu para entender direitinho como funciona a bolsa de estudo parcial? Essa modalidade dispõe de mais formas de acesso, é menos concorrida e, ainda por cima, proporciona um leque maior de cursos para você escolher. O melhor de tudo é que dá para conseguir ótimos descontos com variadas pontuações no Enem!

Que tal então aproveitar essa chance e construir um futuro melhor? É simples: inscreva-se no vestibular online agora mesmo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.