Dá fazer transferência da bolsa do Prouni para outro curso?

estudante com bolsa do prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) surgiu em 2004 com o objetivo de facilitar o acesso de pessoas que têm a renda restrita ao ensino superior. Desde sua criação, já ajudou mais de 1,5 milhão de estudantes a começarem uma faculdade, por meio da oferta de bolsas integrais (100%) e parciais (50%) a quem ainda não tem diploma de graduação.

Se você está entre as pessoas que teriam dificuldade de começar uma graduação, saiba que essa pode ser a solução. Basta que você se enquadre nas regras do Prouni. Aliás, como são muitas, dedicamos vários posts sobre o assunto em nosso blog para tirar suas dúvidas! 

Então, neste artigo vamos falar sobre a transferência de bolsa do Prouni para outro curso. Afinal, isso é possível? Descubra nas próximas linhas!

É possível trocar de curso com o Prouni?

A resposta para essa pergunta é sim! Isso porque o Ministério da Educação entende que nem todo estudante se dá bem com o curso e/ou a instituição em que se matriculou, além de, eventualmente, enfrentar alguma situação adversa que o leve a precisar remanejar a bolsa do Prouni

Porém, é preciso ter atenção a uma série de questões, muitas das quais estão previstas no próprio manual do bolsista Prouni. Por isso, leia-o direitinho, está bem? Mas para ficar mais fácil, confira nos tópicos a seguir quando é possível a transferência da sua bolsa Prouni e quais cuidados tomar para a solicitação ser aceita.

Dica! Veja aqui como funciona o Prouni e saiba se você pode participar!

Transferência para outro curso da mesma área

A transferência da bolsa Prouni só pode ser realizada para outra graduação da mesma área do conhecimento, não importa de você vai mudar de ênfase, turno ou instituição. Isso significa que se você estiver cursando Direito, não poderá mudar para Medicina, por exemplo.

Nesse caso, o ideal é entrar em contato com a coordenação do Prouni da sua faculdade para que ela informe a você quais são as áreas correlatas, a fim de não ter sua transferência negada.

Instituições de origem e destino precisam estar de acordo

No caso de uma transferência de faculdade, é preciso que haja concordância mútua entre as instituições de origem e destino para remanejar a bolsa da Prouni. Isso envolve algumas questões, como a época do ano, as vagas para bolsistas, a habilitação do curso dentro do programa e até a situação pessoal do aluno na faculdade de origem. Logo, existe um diálogo entre as instituições até serem realizados os trâmites finais. 

Faculdades públicas

Se sua ideia é mudar para uma faculdade pública, precisará observar quais são os critérios para transferência de alunos, o que, entre outras coisas, pode incluir uma prova de nivelamento. 

Além disso, como cita o edital do Prouni, lembre-se de que não é permitido cursar uma faculdade pública e manter o benefício da bolsa do Prouni. Portanto, ela deverá ser cancelada, mas cabe a você fazer todo o trâmite para evitar problemas com o programa, está claro?

Vínculo da instituição com o Prouni

Obrigatoriamente, a instituição de destino precisa estar cadastrada no Prouni e em dia com todas as exigências para recebimento de alunos por meio do programa. Então, vale a pena você fazer uma pesquisa, antes de solicitar a transferência do curso.

Para isso, você pode entrar em contato com a faculdade de interesse ou fazer uma busca na página de consulta pública do Prouni.

Se a faculdade desejada estiver entre as participantes do programa, você acessará as seguintes informações:

Documentação para análise

A coordenação do Prouni da faculdade de destino exige uma série de documentos, além de, eventualmente, uma entrevista com o candidato. Ainda, é preciso ter atenção aos prazos, pois, dependendo da época do ano, torna-se inviável aceitar pedidos de transferência.

Para não haver engano, informe-se sobre os procedimentos com o departamento responsável. Em geral, são pedidos os seguintes documentos:

  • documento de identificação (RG, carteira de motorista ou certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF);
  • termo de concessão da bolsa da instituição de origem;
  • certificado de conclusão do ensino médio e histórico escolar;
  • comprovante de bolsa de estudos integral (se estudou em escola particular);
  • comprovação de rendimento pessoal e do grupo familiar;
  • comprovante de moradia e despesas, entre outros documentos.

Uma vez terminado o trâmite, a faculdade de destino emitirá um Termo de Transferência do Usufruto de Bolsa

Prazo de utilização da bolsa

Ao optar pela transferência da bolsa do Prouni para outro curso, é importante que você observe bem o prazo de utilização da bolsa. Ao ser feito o remanejamento do seu benefício, saiba que este passa a valer de acordo com a duração do novo curso, deduzido o tempo utilizado antes

Sendo assim, há grandes chances de você ter de pagar as últimas parcelas da mensalidade, dependendo da quantidade de semestres de duração da nova graduação.

Em que casos não é possível fazer a transferência da bolsa do Prouni?

Existem algumas situações em que você não poderá pedir a transferência da bolsa do Prouni para outro curso. São elas:

  • para trocar de categoria de bolsa (de parcial para integral ou integral para parcial);
  • se o curso de destino tiver um desempenho insuficiente por duas vezes consecutivas no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES);
  • se o número de semestres já cursados na graduação de origem for igual ou superior à duração do curso de destino;
  • se a bolsa foi concedida por decisão judicial;
  • se a faculdade de destino notar incompatibilidade com sua nota do Enem.

Transferências excepcionais

Estes casos são considerados transferências excepcionais. Veja:

  • quando o curso é extinto por conta de fusões na instituição de ensino;
  • quando a faculdade encerra suas atividades;
  • no caso de um servidor público federal civil ou militar mudar de endereço por conta do posto de trabalho (vale tanto para o estudante quanto para o responsável).

Aproveite esta oportunidade!

Viu como é possível fazer a transferência da bolsa do Prouni para outro curso sem sair no prejuízo? Para isso, siga direitinho as regras do Prouni e informe-se bem sobre todos os trâmites. Também, vale lembrar que o MEC não interfere de maneira alguma nesse processo. Ele acontece por meio do Sisprouni, sendo um trâmite entre a faculdade de origem e a de destino.

E aí, já sabe qual será sua graduação? Então, chega de esperar. Aproveite que está aqui e estude em uma das faculdades participantes do Vestibulares. Inscreva-se já e mude seu futuro!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.