Psicologia EAD: é possível cursar nessa modalidade?

psicologia ead

O ensino a distância conquistou milhares de brasileiros nos últimos anos –– prova disso é que houve um aumento de 378% de matrículas nessa modalidade de 2009 a 20191. Mas isso não aconteceu à toa: a flexibilidade de estudar em casa e as outras vantagens do EAD são indiscutíveis.

Se você tem vontade de fazer carreira como psicólogo, pode ter dúvida entre fazer o curso na modalidade presencial ou a distância. Já adiantamos que não é possível cursar Psicologia EAD. Mas não desanime, isso acontece por uma boa causa!

Quer saber o motivo e entender como funciona a graduação nessa área? Continue a leitura deste post!

Afinal, existe Psicologia EAD?

Como vimos, não há cursos de Psicologia a distância autorizados pelo MEC, nem mesmo no semipresencial –– da forma que ocorre em outras graduações da área da saúde, a exemplo de Fisioterapia e Nutrição. A razão é simples: para entender a dimensão do comportamento humano, é preciso trabalhar muito a prática da área.

Então, nada melhor que estar conectado 100% a professores altamente qualificados e atuantes no segmento, certo? Assim, além da teoria discutida e estudada em sala de aula, ainda há as visitas a laboratórios e as participações em conferências, entre outras atividades práticas propostas pela instituição de ensino.

Mas se a sua intenção ao buscar a faculdade de Psicologia EAD era relacionada com os custos da graduação, não se preocupe! Existem instituições com excelente custo-benefício e ofertas de descontos na mensalidade. Dá até para conseguir bolsas de 50% a 100% para ter o diploma em mãos. Mais adiante, explicaremos melhor essa oportunidade.

O que se estuda em Psicologia?

O psicólogo é o profissional que ajuda seus pacientes a entenderem suas próprias emoções para lidarem melhor com elas. Em vez de ditar caminhos e receitas para a vida dessas pessoas, direciona-as rumo ao autoconhecimento, para que encontrem as respostas por si próprias. Então, a matriz curricular do curso de Psicologia precisa levar o estudante à excelência nesse sentido.

Durante os 5 anos de graduação, que confere o título de bacharel ao estudante, você verá disciplinas como:

  • Análise Experimental do Comportamento;
  • Desenvolvimento Humano;
  • Neuroanatomofisiologia;
  • Psicologia, Ciência e Profissão;
  • Bases Biológicas do Comportamento;
  • Formação Integral em Saúde;
  • História da Psicologia;
  • Processos Psicológicos Básicos;
  • Matrizes do Pensamento em Psicologia – Psicanálise;
  • Medidas e Avaliação em Psicologia;
  • Metodologia da Pesquisa em Psicologia;
  • Matrizes do Pensamento em Psicologia – Behaviorismo;
  • Matrizes do Pensamento em Psicologia – Existencial Humanista;
  • Psicologia Social;
  • Psicopatologia;
  • Diagnóstico e Intervenção em Psicologia;
  • Matrizes do Pensamento em Psicologia – Cognitiva Comportamental;
  • Psicologia e Políticas Públicas;
  • Teorias e Técnicas De Grupo;
  • Aconselhamento e Orientação em Psicologia;
  • Instrumentos e Técnicas de Coleta de Dados;
  • Psicofarmacologia;
  • Psicologia e Comunidade;
  • Psicologia Escolar e Educacional;
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho;
  • Teorias e Técnicas Psicoterápicas Gerais;
  • Psicologia Hospitalar;
  • Sociedade Brasileira e Cidadania;
  • Terapia Familiar Sistêmica;
  • Psicologia e Educação Especial;
  • Responsabilidade Social e Ambiental.

A remuneração média para um psicólogo é de R$ 2.854,09*, valor que pode se ampliar à medida que você investe em qualificação. Com o conhecimento técnico adquirido durante as aulas, o profissional se torna apto para atuar em áreas da Psicologia como as seguintes:

  • atendimento familiar, em grupo ou individual;
  • Psicologia do Trabalho;
  • acompanhamento em hospitais e clínicas;
  • orientação a atletas na rotina de treinos;
  • auxílio a estudantes em escolas e faculdades;
  • atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

A saúde mental no Brasil já é preocupação de muitas pessoas, mas tende a ser prioridade da população nos próximos anos –– sobretudo diante das consequências de uma pandemia prolongada e do agravamento do desemprego no país. Nesse cenário, o psicólogo será mais requisitado do que nunca, com objetivo de auxiliar os brasileiros.

Quais são as formas de ingresso na graduação?

A maneira mais conhecida é o vestibular de Psicologia. Normalmente, cada instituição de ensino aplica o seu, com diferentes características, materiais de estudos, regras e assim por diante. Os alunos com melhor pontuação têm acesso às vagas para dar início a uma carreira de sucesso.

Também é possível ingressar pela nota do Enem, de forma direta ou como um complemento ao desempenho no vestibular. Inclusive, uma boa pontuação dá direito a bolsas de Psicologia em algumas faculdades, para tornar a graduação mais acessível ao seu orçamento. Veja as possibilidades:

  • Prouni — esse programa do Governo oferece bolsas de 50% e 100% a alunos com baixa renda, desde que tenham estudado em escola pública no ensino médio ou como bolsistas integrais em escola particular e cumpram os demais requisitos;
  • Bolsa Incentivo — também com objetivo de facilitar o acesso de estudantes ao ensino superior, esse benefício é destinado a quem não tem condições de arcar com as mensalidades. O valor do abatimento varia entre cursos, faculdades, turnos etc.;
  • Bolsa Enem — nesse caso, o desempenho no Enem vale uma porcentagem de desconto na mensalidade do curso. A equivalência varia a depender da faculdade, mas é uma estratégia interessante para ficar de olho;
  • FIES — essa não é uma bolsa, mas também ajuda bastante a ingressar no ensino superior sem prejuízos financeiros. É um financiamento que pode até ser usado junto ao Prouni, também destinado a estudantes de baixa renda.

Como escolher o curso de Psicologia ideal?

Você bem sabe que escolher um curso de graduação é um desafio, certo? Entende também a importância de definir uma boa faculdade? Como as aulas serão todas presenciais, é preciso avaliar a infraestrutura, o corpo docente, o suporte físico e virtual aos estudantes, além do conteúdo e da metodologia de ensino.

Os diferenciais da faculdade também contam bastante na hora de escolher o curso ideal. Quer um exemplo? Algumas delas oferecem acesso exclusivo ao Canal Conecta, um portal que ajuda os estudantes a encontrarem empregos e estágios nas melhores empresas do país –– mesmo para graduações mais procuradas, como é o caso da Psicologia.

Por fim, não deixe de analisar a grade de disciplinas do curso. Se você já tem uma ideia de qual vertente da Psicologia deseja seguir após a conclusão da faculdade, observe se a graduação apresenta bons fundamentos para essa área. Veja se existem professores referência nesse mercado, o que é uma ótima estratégia para fortalecer seu networking.

Estude na melhor faculdade!

Mesmo não sendo possível fazer Psicologia EAD, há meios simples de obter um ensino completo sem prejudicar o seu bolso. Para isso, basta encontrar aquela faculdade com excelente infraestrutura, corpo docente qualificado e conteúdo atualizado e com os diferenciais que mencionamos. Sua jornada universitária é bem mais tranquila quando você encontra a parceria ideal.

Se está em busca dessa faculdade parceira, confira as opções que ofertamos para Psicologia e faça a sua inscrição no vestibular online!

1 Censo de Educação Superior

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.