Sistema urinário: o que é e como estudar o assunto?

sistema urinario

Quando estudamos o sistema digestivo, entramos em contato com toda a questão da absorção de nutrientes pelo organismo e a formação das fezes, que são eliminadas com aquilo que o corpo não utilizou ao longo da digestão. Mas será que esse é o único processo de eliminação de substâncias feito pelo nosso organismo?

É claro que não! As reações em nosso corpo geram algo conhecido como toxinas, ou seja, compostos que não fazem bem ao organismo e que precisam ser eliminados. O meio encontrado pela natureza para isso foi a produção da urina, processo pelo qual o sistema urinário é responsável.

Então, vem com a gente e descobrir mais sobre esse assunto essencial para mandar bem nas provas de Biologia do Enem e de outros vestibulares. Boa leitura!

O que é o sistema urinário?

Também conhecido como sistema excretor, o sistema urinário é o responsável pela excreção de toxinas acumuladas em nosso organismo. Tais toxinas se originam de reações diversas do organismo, como a degradação de proteínas.

Caso elas não sejam excretadas, se acumulam no organismo e podem gerar problemas bem sérios para a saúde. Por isso, o sistema urinário é o grande filtro do corpo humano, deixando o sangue puro e pronto para circular pelos órgãos e tecidos, levando oxigênio e nutrientes para todas as áreas.

Quais são os órgãos do sistema urinário?

Além de sabermos o que é o sistema urinário, precisamos também conhecer os órgãos e as estruturas que fazem parte desse complexo. Saiba mais sobre cada um deles a seguir.

Rins

São os órgãos responsáveis pela filtração do sangue.

Ureteres

Pequenos canais que ligam os rins à bexiga urinária. É por eles que a urina é transportada.

Bexiga urinária

Órgão com função armazenadora. A bexiga tem a capacidade de se estender para receber urina, mas até um certo ponto.

Uretra

A uretra é o canal que libera a urina do corpo. É, portanto, a conexão da bexiga com o meio externo. Está localizada ou no pênis ou na vagina do animal estudado.

Quais são as toxinas envolvidas nesse processo?

As toxinas envolvidas dependerão da espécie do animal. Elas podem ser, por exemplo:

  • amônia — comum nos invertebrados que habitam a água e entre os peixes ósseos;
  • ácido úrico — excreta presente nos insetos, nos répteis e nas aves;
  • ureia — excretada por anelídeos, anfíbios, peixes cartilaginosos e mamíferos.

A quantidade dessas excretas também varia bastante de acordo com a espécie. É por isso, por exemplo, que o xixi de seu gatinho é tão concentrado (já que felinos têm o sistema adaptado para viver em regiões desérticas), e o nosso costuma ter uma coloração mais suave.

Outra toxina que tem relação com esses processos é a creatinina (importante medidor da função renal e criada a partir da degradação de proteínas musculares). Por isso, fique de olho também nesse nome!

Quais são as funções do sistema urinário?

A função primordial do sistema urinário é a excreção de compostos tóxicos para o nosso organismo. Com isso, ela garante a regulação da homeostase.

Homeostase é o nome científico para um conceito bem simples: equilíbrio! Essa é a palavra-chave quando falamos sobre saúde e é a garantia de que nossas reações fisiológicas estão ocorrendo sem maiores problemas.

Esse equilíbrio é feito por algumas regulações, entre elas:

  • regulação iônica — elimina íons e sais minerais;
  • regulação ácido-base — ajuda a regular o pH, deixando-o no nível ótimo para que as enzimas atuem nas reações;
  • regulação hídrica — regula a quantidade de água no organismo, evitando problemas como a desidratação.

Quais são as doenças frequentes do sistema urinário?

O Sistema Urinário pode ser acometido por uma série de doenças. As mais comuns são:

  • insuficiência renal (crônica ou aguda);
  • cistite (infecção urinária);
  • nefrite;
  • cálculos (nos rins, na uretra, nos ureteres, entre outros);
  • problemas com incontinência.

Como se preparar e estudar sobre o tema?

Agora que você já sabe tudo sobre esse assunto, vamos conferir algumas dicas para mandar bem nos estudos sobre o sistema urinário, conteúdo que cai na prova de Biologia no Enem!

banner calculadora bolsa enem

Entenda o que é o néfron

O néfron é a unidade funcional do sistema urinário. Para entendermos, podemos compará-los com os neurônios, que são as unidades funcionais do sistema nervoso. Estudá-los, portanto, é fundamental para a compreensão do processo de filtração feito pelos rins.

Nos néfrons, ocorre a filtração. Eles estão localizados na medula do rim e são compostos por uma série de áreas diferentes, cada uma delas responsável por uma função. Algumas das mais importantes são a cápsula de Bowman e a alça de Henle.

Uma boa ideia é fazer o esquema em uma folha, com o uso de bastante cores, e deixá-lo sempre à mostra em seu local de estudos. Isso facilitará as revisões e fará com que você não se esqueça desse conteúdo tão facilmente!

Estude o sistema isoladamente e, depois, o mescle com outros assuntos

Entender a matéria de sistema urinário é importantíssimo, mas, e depois? Os vestibulares cobram muito mais do que conhecimentos específicos. Eles buscam, também, que os estudantes compreendam a integração entre as partes do quebra-cabeça.

Pense com a gente: tudo está interligado! O sistema respiratório fornece o oxigênio para que o sistema circulatório possa distribui esse gás pelos tecidos. No sistema digestivo, ocorre a absorção de nutrientes, que também é levada pelo sangue para todo o corpo. O sistema excretor vem para limpar o sangue, que também é componente da circulação, e assim por diante.

Visualizar todo esse caminho e entender como os sistemas dialogam entre si é algo que certamente fará toda a diferença na hora de suas provas.

Capriche no estudo da Fisiologia Comparada

Como vimos, cada espécie animal (ou grupos e famílias) têm suas particularidades em relação à excreção de certas toxinas pela urina. Isso ocorre devido a processos evolutivos e adaptativos.

Entender essas diferenças é algo muito importante para as provas. Há, inclusive, várias questões que lidam exatamente com essa questão e pedem que o aluno identifique diferenças entre os sistemas dos animais.

Por isso, a Fisiologia Comparada não pode ficar de fora de seus planos de estudo. Elabore mapas mentais (falaremos sobre eles a seguir), tabelas e resumos que ressaltem essas diferenças.

Faça mapas mentais

Gravar todas partes dos néfrons e o seu funcionamento pode ser um pouquinho complicado logo de cara. Por isso, que tal investir na realização de um mapa mental para complementar os seus estudos?

Montar esses esquemas é muito divertido e ajuda muito a fazer a associação entre os temas estudados. Por isso, não os deixe de fora do estudo de Biologia e outros assuntos!

Outra dica é deixar seus mapas sempre expostos. A parede de seu quarto é um ótimo mural para dispor todos eles. Assim, você sempre fará revisões da matéria em seu dia a dia!

Resolva muitas questões

Por fim, uma dica importantíssima e que não pode ficar de fora: faça muitas questões. Tanto em simulados para o Enem quanto em simulados para o vestibular, não deixe de treinar, de forma prática, tudo aquilo que cai nas provas.

É interessante criar um plano de estudos que viabilize as revisões periódicas. Por isso, que tal fazer alguns exercícios logo após ver a teoria ou, pelo menos, no dia seguinte?

Você pode fazer mais algumas questões sobre essa matéria 15 dias depois, para revisá-la e fixá-la em sua mente. Veja a periodicidade que mais combina com você e mande bem nos estudos!

Para saber todos os detalhes sobre essa matéria, que tal conferir a videoaula do Trilha do Enem? O professor Kennedy aborda vários temas da Fisiologia. Além do sistema urinário, você também saberá mais sobre os processos de digestão, do metabolismo endócrino e do ciclo menstrual. Olha só!

Que tal se organizar?

E aí, gostou de saber mais sobre o sistema urinário? Agora é hora de pegar firme nos estudos e compreender esse assunto de uma vez por todas! Lembre-se de que contar com bons materiais e fazer muitas questões sobre o tema estão entre as principais dicas para gabaritar as suas provas.

Então, organize os conteúdos com um bom plano de estudos para o vestibular! Com essas dicas, você estará preparadíssimo para o que está por vir.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.