Sistema nervoso: como esse tópico cai no Enem?

sistema nervoso enem

O sistema nervoso é um dos assuntos que mais caem no Enem. Por isso, saber como o tema é abordado na prova é essencial para se preparar. Dessa forma, você consegue direcionar bem os seus estudos, ficando alguns passos mais perto de entrar na faculdade.

Quer saber como o sistema nervoso cai no Enem? Então, confira este artigo que preparamos para ajudar você a gabaritar as questões. Vamos explicar o que é o sistema nervoso, como ele é abordado na prova e, ainda, dar dicas sobre como estudar o assunto. Veja a seguir!

O que é o sistema nervoso?

O sistema nervoso é um dos assuntos mais importantes dentro das Ciências Biológicas. Ele é uma espécie de rede de comunicação do organismo, responsável, de forma geral, pela compreensão, pela percepção e pela resposta a estímulos voluntários ou involuntários.

No Enem, esse tema está inserido no caderno de Ciências da Natureza e suas Tecnologias — uma das quatro grandes áreas de conhecimento cobradas na prova, além da redação.

Mas, para saber como esse tópico cai no Enem, é preciso entender antes o que é o sistema nervoso. Se você acha o tema espinhoso, não precisa se desesperar. Preparamos um resumo para ajudar você a compreender o assunto. Veja os principais pontos!

1. Fisiologia do sistema nervoso

O sistema nervoso é estudado em uma das subáreas das Ciências Biológicas, chamada fisiologia. O objetivo da disciplina é compreender os componentes, os processos, os órgãos e os sistemas responsáveis pelo funcionamento do organismo.

A fisiologia do sistema nervoso consiste principalmente em:

  • cérebro;
  • cerebelo;
  • bulbo;
  • medula espinhal.

Além disso, o sistema nervoso tem como principais funções:

  • coordenar demais órgãos e sistemas;
  • receber e guardar informações;
  • captar sensações;
  • receber, interpretar e responder a estímulos.

2. Componentes do sistema nervoso

O sistema nervoso é formado por neurônios, por células da glia e por substâncias intracelulares. Sua principal célula, o neurônio, é responsável por receber e conduzir impulsos, sendo formada por:

  • corpo celular;
  • dendritos;
  • axônio;
  • bainha de mielina;
  • telodendros;
  • terminal do axônio.

3. Estrutura do sistema nervoso

O sistema nervoso é dividido em: central e periférico. O sistema nervoso central (SNC) é formado pelas seguintes estruturas:

  • encéfalo, protegido pelo crânio;
  • medula espinhal, envolvida pela coluna vertebral.

Ambas as estruturas apresentam membranas do tecido conjuntivo, que são chamadas de meninges, sendo divididas em:

  • dura-máter;
  • aracnoide;
  • pia-máter.

Entre as meninges, existe o líquido cefalorraquidiano. Ele tem anticorpos e a função de proteger o organismo contra impactos. Certamente, você já deve ter ouvido falar em meningite, não é mesmo? Pois se trata justamente da inflamação de uma dessas meninges.

O sistema nervoso periférico (SNP), por sua vez, é formado por:

  • 12 pares de nervos cranianos, que se ligam ao encéfalo;
  • 31 pares de nervos raquidianos, que saem da medula espinhal;
  • gânglios nervosos.

Os nervos podem ser de dois tipos:

  • sensitivos ou aferentes, que recebem os impulsos;
  • motores ou eferentes, que conduzem os impulsos.

Além disso, o SNP se divide em voluntário e autônomo. A parte do sistema autônomo é subdividido em:

  • parassimpático, que está ligado à calma, à estabilidade emocional e ao controle de atividades não conscientes (como a respiração);
  • simpático, que está ligado a situações de estresse, aumentando as atividades dos órgãos (frequência cardíaca, adrenalina, transpiração etc.).

Como esse tópico cai no Enem?

No Enem, mais especificamente no caderno de provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, você encontrará 45 questões de múltipla escolha de Física, Química e Biologia. É nessa última matéria que você pode se deparar com algumas perguntas sobre o sistema nervoso.

Plano de Estudos para Medicina

O tema — assim como os demais assuntos — é abordado de maneira contextualizada ao dia a dia dos alunos. Por isso, as questões exigem capacidade de interpretação para aplicação do conteúdo a assuntos da vida prática. Veja, a seguir, algumas formas como o assunto pode ser cobrado na prova!

Componentes e funções

Para avaliar a compreensão do aluno sobre o tema, uma das questões mais básicas é aquela que pede a associação entre as partes constitutivas do sistema nervoso e as suas funções.

Por exemplo: o cérebro está ligado à memória, aos sentidos e à cognição. Já o cerebelo é responsável pelo equilíbrio do corpo. E a medula espinhal transporta impulsos nervosos de todo o corpo para o cérebro.

Mecanismo do sistema nervoso

Outro tipo de questão comum é a que aborda o funcionamento do sistema nervoso. Para isso, você precisa saber, por exemplo, o mecanismo de transmissão de impulsos nervosos e o funcionamento da sinapse de um neurônio.

Também é fundamental a relação do sistema nervoso com os demais sistemas e tecidos do organismo (como tecido muscular, tecido conjuntivo e tecidos epiteliais). Fatores como salivação, batimentos cardíacos, ereção e ejaculação estão relacionados com esse tema.

Doenças do sistema nervoso

Doenças que afetam ou têm relação com o sistema nervoso também podem aparecer na prova. Por isso, é importante ter noção de doenças como AVC (Acidente Vascular Cerebral), mal de Alzheimer, epilepsia, esclerose múltipla e depressão.

Associações práticas

Saber trazer o conteúdo teórico para as questões práticas é fundamental. Nesse sentido, o Enem pode cobrar assuntos como:

  • efeitos de anestésicos;
  • efeito de drogas sobre neurotransmissores, como serotonina, dopamina e noradrenalina;
  • causas e funcionamento de um desmaio.

Como estudar sistema nervoso para o Enem?

Com essas informações, você já sabe melhor como se preparar para o Enem, não é mesmo? Mas ainda existem algumas dicas de como estudar o sistema nervoso. Como elas, você pode absorver melhor o conteúdo e melhorar seu aprendizado. Veja!

Faça resumos

O tema do sistema nervoso envolve inúmeras estruturas e funções importantes. Para ter domínio de todos os conceitos e nomes, faça resumos com os termos mais essenciais e crie esquemas e tabelas.

Ao lado de cada componente do sistema nervoso, escreva suas principais funções e características. Isso vai ajudar você a reter as informações e os detalhes mais importantes para a prova.

Crie mapas mentais

Os mapas mentais podem ser muito úteis para estudar o sistema nervoso. No começo, pode parecer que são muitos nomes complicados para memorizar. Mas, com os mapas, você facilita esse processo.

Você pode, por exemplo, desenhar o corpo humano e as partes do sistema nervoso para saber como elas se conectam no nosso organismo. Ou ainda ilustrar estruturas importantes, como os neurônios, para visualizar cada um de seus componentes. No papel, você verá que fica muito mais fácil entender cada parte do complexo sistema nervoso.

Resolva muitos exercícios

Para gabaritar as questões sobre sistema nervoso, saiba que uma das melhores formas de estudar é praticando as provas anteriores. Assim, você descobre os seus pontos fracos e o que precisa estudar mais.

Utilizar o gabarito do Enem das edições passadas também ajuda a entender a estrutura da prova, o estilo das questões, o tipo de pergunta que cai e os conteúdos mais frequentes. Quer outra dica de ouro? Você pode utilizar a Trilha do Enem para fazer diversos simulados e ficar craque no dia da prova.

Como você viu, estudar o sistema nervoso para o Enem não precisa ser nenhum bicho de sete cabeças. Agora que você já sabe como esse tema cai na prova, sente-se mais preparado?

Caso ainda tenha alguma dúvida, deixe seu comentário no post e aproveite para nos contar como estão seus estudos para ingressar na faculdade!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: