Bolsa Estágio: como funciona e quais as vantagens?

Bolsa Estágio

A Bolsa Estágio é um dos benefícios mais desejados pelos estudantes dos cursos de graduação. Afinal de contas, além de o ato educacional no ambiente de trabalho facilitar o aprendizado, a qualificação profissional e o networking, a pessoa recebe uma compensação financeira pelos serviços prestados ao contratante.

Graças ao interesse dos alunos, as faculdades que participam do Vestibulares oferecem, até mesmo, um benefício exclusivo para aumentar as chances de contratação, que é o Canal Conecta. Logo, é um assunto de grande relevância para quem vai fazer faculdade.

A seguir, tiramos todas as dúvidas sobre a bolsa de estágio. Assim, você entenderá o funcionamento desse benefício e estará ainda mais disposto a participar dos processos seletivos. Não deixe de conferir!

O que é a Bolsa Estágio?

A Bolsa Estágio é a remuneração oferecida ao profissional em caso de ato educacional no ambiente de trabalho. No caso de estágio facultativo, que não é uma exigência para se formar, a compensação é obrigatória.

Atualmente, existem duas formas de estágio para a qualificação profissional: obrigatório e facultativo. A primeira é realizada como parte do curso superior e deve ser concluída para obter o diploma. Já a segunda é complementar, geralmente com a contratação da pessoa por uma empresa ou órgão público.

Não por acaso, a Bolsa Estágio se diferencia da bolsa CAPES e da bolsa residência médica (oferecida depois da graduação). Por vezes, ela é chamada de bolsa-auxílio, tendo em vista o propósito de auxiliar nas despesas com material didático, alimentação, cursos livres, mensalidade da faculdade etc.

Quanto ganha um estagiário?

Vale ressaltar que os valores pagos podem ser interessantes, principalmente pela carga horária mais baixa do estagiário. Veja alguns exemplos retirados da Pesquisa Salarial da Catho:

A carga horária do estagiário é de até 6 horas diárias e 30 horas semanais no caso de alunos matriculados no ensino superior. Além disso, após 12 meses de trabalho, o estudante recebe 30 dias de férias, mantendo a remuneração.

No caso do estágio obrigatório, também é preciso fornecer vale-transporte e realizar um seguro contra acidentes pessoais. Por fim, fecham os direitos do estagiário a possibilidade de ter a carga horária reduzida à metade na época de provas.

Nos contratos com menos de 1 ano de duração, as férias do estagiário são proporcionais ao tempo de serviço. Por exemplo, se a pessoa trabalhar por 6 meses, terá direito a 15 dias.

Como pode ser feito o pagamento?

A composição do benefício depende do tipo de estágio realizado: obrigatório ou facultativo. No facultativo, existe sempre a compensação financeira e o vale-transporte. Há ainda benefícios que podem complementar a Bolsa Estágio.

Já no obrigatório, o mais comum é o uso da infraestrutura da faculdade com a prestação de serviços a comunidade, sem remuneração. No entanto, nada impede o uso de parcerias e a fixação de remuneração, embora não seja um dever previsto na legislação.

A legislação também admite a substituição ou complementação da compensação financeira por outros benefícios, em acordo com o contratante. São exemplos bastante comuns:

  • pagamento parcial ou integral da mensalidade;
  • compra de materiais;
  • custeio de cursos e eventos;
  • assistência médica;
  • auxílio-alimentação.

Também é possível que o estagiário participe dos incentivos oferecidos para os demais trabalhadores. É o caso, por exemplo, quando a empresa oferece bonificações por metas batidas ou insere o estagiário em um plano de carreira, em que ele será efetivado caso cumpra as expectativas.

Por fim, a carga horária costuma ser favorável, ficando até mesmo abaixo das 6 horas semanais previstas na legislação. Assim, é uma experiência que facilita estudar e trabalhar ao mesmo tempo.

Quais são as oportunidades do estágio?

O estágio é regulamentado pela Lei nº 11.788/2008. O objetivo dessa legislação é facilitar o acesso às oportunidades, criando obrigações para as empresas, com menor custo de contratação do que dos trabalhadores efetivos.

A maioria dos estágios é concedida via parceria com as faculdades, como o Canal Conecta que citamos no início do post, empresas intermediadoras ou processos seletivos diretos. Uma minoria de estágio no setor público, como nas promotorias de justiça e na advocacia pública dos estados, exige concurso público.

A duração do ato educacional no ambiente de trabalho está limitada a 2 anos. No período, você terá não apenas a oportunidade de começar a ganhar dinheiro na sua área, como diversos benefícios de carreira.

Experiência Profissional

Os estágios costumam ser oportunidades que não exigem histórico profissional, sendo uma via de acesso para conseguir um emprego dentro de um segmento de mercado. Assim, o aluno consegue adquirir experiência para colocar no currículo e, posteriormente, buscar as vagas com mais competitividade.

Networking

Muitas vezes, os estagiários têm contato com diversas pessoas dentro do segmento de mercado, especialmente com colegas, superiores, fornecedores e clientes da empresa. Logo, é a semente de um networking que gerará oportunidades no futuro.

Desenvolvimento de competências

As oportunidades possibilitam o aprendizado com a prática, em que você aplicará o que foi visto em sala de aula no dia a dia. Além disso, muitas competências comportamentais, como trabalho em equipe, disciplina, liderança e comunicação, podem ser desenvolvidas de maneira mais rápida nas relações que acontecem no ambiente de trabalho.

Identificação 

O momento também permite que o aluno verifique a sua identificação com a área. O contato com as tarefas, pessoas e contexto farão você perceber qual é o segmento da sua faculdade ideal para o seu perfil profissional.

Efetivação no emprego

Muitos estagiários são efetivados após terminar o contrato de estágio. Nesses casos, para a empresa isso é vantajoso por já se conhecer o profissional e o que ele pode entregar na prática; para o contratado, a grande vantagem é conseguir sair da graduação já com um emprego.

Encontre a faculdade ideal para você!

Pelo que você pôde ver, as oportunidades de estágio devem ser consideradas já na hora de escolher a faculdade. Instituições de ensino reconhecidas pelo mercado trazem parcerias relevantes e facilitam o acesso às vagas.

Sendo assim, para ter oportunidades de trabalho e conquistar uma Bolsa Estágio, procure faculdades reconhecidas, que tenham esses diferenciais. Afinal, a educação no ambiente de trabalho trará inúmeros benefícios para alavancar a sua carreira.

Todas as graduações participantes do Vestibulares têm parceria com o Canal Conecta, que liga você às melhores vagas de estágio e emprego. Então, escolha o seu curso e a faculdade que melhor atende as suas necessidades e faça a sua inscrição no vestibular online

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.