Sistema de bolsa CAPES: entenda como funciona

estudantes com bolsa capes

Em qualquer campo profissional da atualidade, planejar os estudos envolve buscar uma situação com equilíbrio financeiro. Conhecer as opções de auxílio existentes, como bolsas para faculdade, programas de apoio ou FIES é fundamental para alcançar uma condição favorável no desenvolvimento da trajetória.

Esses recursos são um importante estímulo para que os graduandos foquem os estudos e a pesquisa e não abandonem o curso. A depender do contexto, com o recebimento de uma bolsa, uma estratégia possível é pausar a atuação no mercado de trabalho para depois retornar com força total.

O importante, em todo caso, é saber quais são as possibilidades para garantir o diploma de graduação. Neste artigo, falaremos como funciona o sistema de bolsas CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior). Então, continue conosco e fique por dentro de tudo sobre o assunto!

O que é o sistema de bolsa CAPES?

O sistema de bolsas Capes é um dos principais dispositivos de aprimoramento do ensino superior do Brasil. Envolve a concessão de bolsas de estudo, auxílios e outros apoios para estudantes, com foco nos Programas de Pós-Graduação.

No âmbito da graduação ou da iniciação científica, a entidade que tem maior influência é o CNPq. Apesar de ambas fornecerem bolsas para estudantes e pesquisadores, a CAPES tem atuação mais abrangente, contribuindo para a qualidade de todas as áreas do conhecimento em diversos níveis.

Com programas no Brasil e no exterior, a CAPES compõe um sistema indispensável que busca estimular a formação de profissionais qualificados para favorecerem a autonomia do país. A distribuição das bolsas é feita por convênio com cada IES (Instituição de Ensino Superior), no âmbito do ensino público ou particular.

Como funciona?

As bolsas são concedidas a partir de critérios e protocolos definidos com grande seriedade. A ideia é que o aluno receba um tipo de ajuda de custo para comprar materiais, como livros, e para conseguir manter seus estudos com competência.

Para as instituições públicas, no geral, a concessão de bolsas segue o Programa de Demanda Social. O objetivo é que as pessoas contempladas encontrem melhores condições para uma formação de excelência. É uma espécie de investimento que, depois, retorna para o país na forma de tecnologia e conhecimento.

Para instituições particulares, as bolsas seguem o chamado Prosup (Programa de Suporte à Pós-Graduação de Instituições de Ensino Particulares). Ele oferece benefícios importantes a estudantes de mestrado e doutorado.

Quais são as modalidades da bolsa?

As bolsas concedidas pela CAPES seguem programas e ações cuidadosamente elaborados, visando melhorias no conhecimento científico nacional. Incentivam a formação de profissionais qualificados para atuarem no mercado nacional, promovendo também a internacionalização da ciência e da tecnologia do país.

Há várias maneiras de receber as bolsas, que podem estar ligadas a projetos individuais ou grupos de pesquisa, além de convênios universitários. Além disso, as modalidades variam para os estudos dentro e fora do território nacional. No país, as categorias de bolsas podem ser:

  • Mestrado;
  • Doutorado;
  • Pós-Doutorado;
  • Professor Visitante Nacional Sênior.

No exterior, por sua vez, existem as seguintes modalidades:

  • Graduação Plena;
  • Graduação Sanduíche;
  • Capacitação;
  • Mestrado Sanduíche;
  • Mestrado Profissional;
  • Mestrado Pleno;
  • Doutorado Sanduíche;
  • Doutorado Pleno;
  • Estágio Pós Doutoral ou Pós-doutorado;
  • Estágio Sênior;
  • Professor visitante no exterior;
  • Cátedra;
  • Professor visitante do exterior;
  • Escola de Altos Estudos;
  • Programas Especiais DRI.

As modalidades de bolsa também variam em relação ao tipo de auxílio recebido. Sobretudo nas faculdades particulares, existe a opção de se cobrir apenas as mensalidades ou de se receber, ainda, uma quantia mensal.

Além disso, a CAPES oferece apoio para professores da educação básica, a fim de aprimorar todo o tecido educacional do Brasil. Por isso, é importante que a CAPES possa distribuir seus recursos com autonomia e valorização da educação, contribuindo para que o país tenha lugar de destaque na economia mundial.

Quais são os requisitos de concessão?

De modo geral, as bolsas CAPES são fornecidas às faculdades e universidades por meio de convênios. O valor é repassado de acordo com a excelência de cada instituição. Quanto mais avançado um Programa de Pós-Graduação, mais bolsas ele terá para distribuir entre seus alunos.

Por isso, a concessão dos auxílios obedece a regras rigorosas, estabelecidas pela CAPES e adaptadas localmente por faculdade. Trata-se de garantir que os alunos escolhidos ajudarão o programa de pós-graduação a manter um alto nível intelectual, justificando o apoio recebido.

Desse modo, os critérios de como conseguir bolsa CAPES variam de instituição para instituição. Abaixo, há uma lista com parâmetros gerais que aumentam as chances de um estudante ser contemplado:

  • classificação no vestibular;
  • entrevista individual;
  • análise de currículo;
  • ter boas notas;
  • trabalhar em iniciação científica;
  • escrever um bom projeto;
  • gostar de pesquisa;

Também tem sido amplamente aceito na atualidade que as regras para concessão de bolsas sigam critérios de natureza socioeconômica. Trata-se de uma tendência fundamental que, aliada a mecanismos como cotas, busca fortalecer o acesso e a democratização do ensino.

Quais são as regras de manutenção?

As regras de manutenção das bolsas são praticamente as mesmas para a concessão. Elas consideram, basicamente, se o aluno está sendo responsável e dedicado com as suas obrigações de estudo e pesquisa. É um modo de garantir que o recurso público está sendo bem utilizado, por assim dizer.

Cada programa tem certa liberdade para definir suas regras de manutenção. No geral, elas levam em conta o progresso dos estudos (por meio de relatórios), a aprovação em todas as disciplinas, uma boa média de notas, participação em eventos acadêmicos e publicação de artigos.

Qual é a duração e valor da bolsa?

Os valores das bolsas variam bastante de acordo com cada modalidade. Atualmente, considera-se R$ 1.500 para o mestrado, R$ 2.200 para o doutorado e R$ 4.100 para o pós-doutorado. Para saber mais, vale consultar a tabela completa da CAPES.

O tempo de duração das bolsas é de 12 meses, sendo permitida a renovação anual. Deve-se respeitar, porém, o limite máximo de 24 meses para o mestrado e 48 meses para o doutorado, além das condições estabelecidas para manutenção do apoio.

Todas essas informações podem ser úteis para o aluno que está planejando sua inscrição para o vestibular. Vale lembrar que, além do sistema de bolsas CAPES, existem outras opções de estímulo e financiamento estudantil, como a bolsa do Prouni ou a negociação direta com a instituição de ensino.

Como você pôde ver, há diversas formas para ingressar no ensino superior. Para saber mais, veja tudo sobre Bolsas de estudo e Crédito estudantil e comece a preparar o seu futuro profissional!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: