Vestibular de verão: como funciona a prova?

estudantes no verão

Quem deseja entrar na faculdade no primeiro semestre precisa prestar o vestibular de verão. Esse é o processo seletivo para os candidatos que desejam iniciar o curso no começo do ano, coincidindo com a época da estação mais quente. Daí veio o seu nome.

Todas as instituições de ensino superior oferecem essa edição da prova. Mesmo assim, ela costuma ser bastante concorrida em diferentes áreas de atuação. Por isso, a competição por uma vaga é maior em comparação com o vestibular do meio do ano (de inverno).

De toda forma, você tem chances de ser aprovado. Apenas precisa ficar atento ao modo como funciona esse vestibular, ao prazo de inscrição, às regras para participar e como funciona a segunda chamada e a lista de espera. Neste artigo explicamos tudo isso para você! Por aqui, você verá:

  • Quando acontece o vestibular de verão?
  • Por que é uma época tão concorrida?
  • Como são as provas do vestibular de verão?
  • Como funciona a segunda chamada e a lista de espera?

Quer saber mais? Então, continue lendo!

Quando acontece o vestibular de verão?

Embora receba o nome de vestibular de verão, as etapas desse processo seletivo se iniciam muito antes da estação mais quente do ano começar. Em algumas faculdades as inscrições podem ser realizadas a partir de setembro, se estendendo até dezembro, A realização das provas também varia bastante, podendo ocorrer entre outubro e dezembro.

A divulgação dos resultados acontece alguns dias ou semanas depois de finalizada a última fase do processo seletivo. Dependendo da instituição de ensino, os candidatos podem ser convocados para a primeira chamada somente no mês de janeiro.

Por isso, é muito importante que você fique de olho no cronograma estabelecido pela instituição onde pretende estudar, pois os prazos variam muito de uma para outra. Sendo assim, quando iniciar o segundo semestre do ano letivo, já comece a buscar informações para que você não perca o prazo da inscrição.

Uma boa alternativa é procurar saber quando aconteceram as edições dos vestibulares anteriores naquela faculdade. Isso porque o período costuma ser o mesmo; assim, fica mais fácil para você controlar as datas, em especial se pretende fazer o processo seletivo de mais de uma instituição.

Por que é uma época tão concorrida?

O vestibular é o primeiro passo da carreira de qualquer pessoa. Afinal, para atuar em uma determinada área é preciso, antes, se profissionalizar e se especializar, a fim de ter as competências e os conhecimentos necessários.

Quem já está no mercado de trabalho sente essa necessidade, e aqueles que estão saindo do ensino médio são instruídos sobre a importância de procurar uma faculdade. Costumam fazer isso no terceiro período, ao final do ano letivo, o que coincide, justamente, com a época do vestibular de verão.

Por isso, esse processo seletivo costuma ter uma concorrência muito acirrada. Ele envolve todos esses jovens que estão deixando o ensino médio de escolas públicas e particulares, vão escolher a profissão e já querem começar o ano seguinte estudando e se preparando para o mercado. Assim, a disputa pelas vagas é maior e isso aumenta, também, a nota de corte.

Quem deseja uma bolsa de estudos pelo Prouni ou pretende fazer um financiamento estudantil também encontra essa concorrência maior. Mesmo assim, é possível alcançar a aprovação nessa edição do vestibular. Você só precisa se preparar com antecedência e ter atenção às matérias mais exigidas e aos prazos.

Como são as provas do vestibular de verão?

Assim como os prazos do vestibular de verão variam de uma faculdade para outra, o modo como as provas são aplicadas também é diferente. Além disso, elas mudam de acordo com o curso, sendo que as matérias exigidas são diferentes em cada caso. Portanto, você precisa considerar todas essas variáveis para se preparar adequadamente.

Em algumas instituições, o vestibular de início de ano é feito em apenas uma fase, em outras, é composto por duas, sendo que a primeira pode ser de questões objetivas, a segunda com questões dissertativas e redação. Dependendo da faculdade, a seleção pode acontecer em forma de avaliação ou de redação, considerando o curso.

É válido lembrar que a dinâmica dos vestibulares que acontecem em duas fases não é igual à do Enem. Isso porque, para que o candidato possa passar para a segunda etapa do processo seletivo, ele precisa ser aprovado na primeira.

Além das diferenças na estrutura das provas, os candidatos podem fazer o vestibular presencial (aquele em que existe um local pré-definido e uma data específica para todos realizarem o processo seletivo), podem optar pela prova agendada ou vestibular online.

No caso do vestibular agendado, a faculdade disponibiliza opções de data e horário para que o candidato escolha quando é melhor para ele fazer o vestibular. Também pode acontecer de o próprio indivíduo definir para a instituição quando ele deseja realizar o processo seletivo.

Como funciona a segunda chamada e a lista de espera?

Ficou claro como funciona o vestibular de verão? Agora, vamos tratar do que acontece depois que você já realizou as provas. Chegou a hora de aguardar os resultados para saber se você conseguiu a aprovação logo na primeira chamada.

Cada faculdade disponibiliza uma quantidade específica de vagas em seus cursos. Elas são preenchidas pelos candidatos que conseguiram uma pontuação mais alta. Eles são convocados para fazer a matrícula e iniciar a graduação.

No entanto, pode acontecer de alguns desistirem da sua vaga ou não comparecerem para realizar a matrícula. Quando a faculdade não consegue fechar a turma, ela realiza uma segunda chamada, convocando os candidatos que ficaram em seguida dos primeiros colocados.

O processo de matrícula é igual para eles, e também pode acontecer de alguns não comparecerem à instituição de ensino. Com isso, restam algumas vagas remanescentes, uma vez que a faculdade não fechou a turma nessas duas primeiras chamadas.

Sendo assim, se você ficou em uma posição mais abaixo, pode manifestar o desejo de participar da lista de espera. O seu nome será incluso no sistema como suplente, e você poderá ganhar uma dessas vagas remanescentes. Mas saiba que esse processo não é automático e cada faculdade tem as suas regras. Portanto, é preciso se informar.

Agora que você já descobriu como funciona o vestibular de verão, fique atento ao cronograma da faculdade onde você deseja estudar. Caso não consiga a aprovação, não se preocupe, porque ainda pode realizar o vestibular de inverno e iniciar a sua faculdade ainda este ano.

Não perca mais tempo! Faça a sua inscrição para o vestibular e comece a se preparar desde já para conquistar a aprovação!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: