Não sei qual faculdade fazer! E agora?

homem confuso pois não sabe que faculdade fazer

“Não sei qual faculdade fazer”: essa sentença já passou pela mente de muitas pessoas — desde jovens que ainda estão concluindo o ensino médio até profissionais que desejam dar novos rumos à carreira. De fato, existem cursos muito interessantes nas mais diversas áreas de atuação, e definir apenas um não é tarefa fácil.

Pensando em ajudar, preparamos uma lista com fatores para considerar nesse momento. Siga a leitura e saiba como escolher um curso superior!

Fale com colegas no mesmo desafio

Possivelmente, aquela mesma frase “não sei qual faculdade fazer” já esteve presente em alguma roda de conversa entre amigos, não é? Isso porque essa é uma dúvida comum entre muitas pessoas — então, em primeiro lugar, pode ficar tranquilo que há mais gente nesse barco.

Se falaram sobre o assunto, estão no caminho certo. Reunindo o conhecimento de cada um, mesmo que não seja muito, vocês podem conquistar bons insights. Além disso, esses diálogos servem como um importante motivador para todos do grupo. Assim, mantêm as pesquisas constantes, vão descobrindo mais sobre suas afinidades, compartilham informações e assim por diante.

Saiba qual área do conhecimento tem mais interesse

Faça o exercício de retornar aos seus anos de ensino fundamental e médio. Naquele período, pense:

  • nas matérias de que você mais gostava e nas quais garantia boas notas com facilidade;
  • nas disciplinas diante das quais sentia dificuldade, mas, ainda assim, as apreciava;
  • nos conteúdos dos quais não gostava e, por isso, sentia-se desmotivado nos estudos.

Só com essas informações em mente, já é possível eliminar algumas alternativas. Se você nunca entendeu muito bem a Fórmula de Bhaskara e não tem muita afinidade com matérias de Exatas, pode descartar carreiras como as Engenharias, Economia, Ciência da Computação, entre outras.

Pense também no que você tem mais interesse em fazer em seus momentos de descanso. Quais são seus hobbies? Ainda que não seja possível torná-los uma carreira, podem ajudar na decisão. Vamos supor que você toque algum instrumento. Isso o leva a pensar em profissões para quem gosta de música, a exemplo de produtor audiovisual, radialista, jornalista etc.

Para ter uma ideia mais clara de como cada carreira funciona, você também pode participar de iniciativas como o Giro de Profissões. É uma excelente maneira de definir a direção da sua vida profissional!

Pense em como você se imagina profissionalmente

Como você se vê daqui a 5 anos? E nos 10 seguintes? Esse é o tipo de pergunta bastante frequente em entrevistas de emprego, não é mesmo? Pois saiba que são questionamentos muito úteis para decidir qual faculdade fazer. Só que, dessa vez, você deve direcionar o raciocínio para questões profissionais.

Veja alguns exemplos a seguir, tendo em mente os próximos anos da sua vida.

  • Você se imagina trabalhando em um escritório?
  • Tem interesse em cuidar do bem-estar das pessoas?
  • Importa-se em atuar em campo?
  • Gostaria de lidar com dados?
  • Qual é a sua relação com tecnologias e suas evoluções?

A partir dessas respostas, faça uma lista das possíveis profissões que se encaixam nessas demandas. Essa primeira definição ainda poderá se alterar bastante, mas já é um bom início para direcionar sua escola.

Leia sobre os cursos na internet

Com essa lista em mãos, que comecem as pesquisas! Veja outras ramificações dessa carreira, quanto tempo dura o curso, o que se aprende durante esse período e assim por diante. Não deixe de verificar, também, como anda o mercado de trabalho para esses profissionais, a média salarial etc.

Além disso, vá atrás das graduações mais procuradas pelos estudantes. Pode ser que a sua carreira ideal não esteja entre elas, porém, você toma contato com as tendências do momento e para os próximos anos. Isso já é um bom indício de que o mercado da área é promissor e que oferece boas oportunidades de trabalho para recém-formados.

Por fim, pesquise sobre as melhores faculdades que oferecem os cursos pelos quais você mais se interessou. Veja aquelas que se preocupam com a formação de excelência de seus alunos, que oferecem uma infraestrutura completa e contam com professores qualificados. Algumas delas permitem, inclusive, facilidades na segunda graduação, caso queira muito investir em um complemento.

Converse com profissionais formados

Sabe quem mais entende de profissões e salários, além de outras particularidades do mercado? Os profissionais que já se formaram e estão em plena atuação. Eles passaram pelos mesmos questionamentos de “não sei qual faculdade fazer” e chegaram a uma conclusão de alguma forma.

Questione-os sobre quais caminhos os levaram à decisão e se estão satisfeitos. De preferência, fale também com quem atua na área de seu interesse. Pergunte sobre os desafios que encontra no dia a dia, o que precisa aprender continuamente para uma melhor atuação e quais conselhos pode dar para você.

Faça um teste vocacional

Por fim, se ainda assim não chegar a uma conclusão sobre qual faculdade fazer a partir das dicas anteriores, considere ir em busca de um teste vocacional. Ele consiste em um questionário sobre toda a sua vida até o momento, a fim de motivá-lo a pensar a respeito de preferências, afinidades, habilidades, fraquezas e assim por diante.

Vale lembrar que essa orientação vocacional funciona apenas com um guia para nortear a sua decisão. O resultado do teste não é uma fórmula mágica ou um mandamento ao qual você precisa seguir para se dar bem no mercado. No fim das contas, é exatamente isso: a escolha é de sua responsabilidade.

Tanto o teste quanto os outros profissionais, seus amigos ou mesmo familiares podem ajudar bastante a clarear as ideias. Mas só você entende se as suas expectativas profissionais caminham ao encontro de determinada profissão sugerida.

Pode ser uma missão complicada, mas viu só como não é impossível? A partir de agora, será possível substituir o pensamento de “não sei qual faculdade fazer” por “já tenho ao menos uma direção a seguir”. Logo mais, com muita pesquisa e uma dedicação extra à autoanálise, você saberá qual é a profissão adequada para suas expectativas.

Com as dicas deste post você conseguiu ter boas ideias de como escolher que faculdade fazer? Saiba que elas não param por aqui. Assine nossa newsletter e receba as novidades por e-mail em primeira mão!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: