5 estratégias de interpretação de texto para arrasar no Enem

mulher estudando interpretação de texto para o enem

Pense na seguinte situação: algum amigo seu chega no grupo em uma rede social com uma série de mensagens e, pela correria, você não lê com atenção. Por causa disso, entende a “moral da história” errado — para piorar, ainda se vê diante de uma briga motivada pelas opiniões desencontradas.

Se essa situação já aconteceu com você e, quando toda a confusão foi explicada, ficou com vergonha da própria desatenção, saiba que foi traído pela interpretação de texto. Aliás, esse é um problema muito comum, até mesmo, na redação do Enem ou nas questões de múltipla escolha.

Para ajudar você a fugir desse problema e conquistar uma redação nota mil ou melhores resultados nas provas, preparamos este post com 5 estratégias de interpretação de texto em vestibulares e outras situações:

  • faça a leitura pausadamente;
  • procure o significado das palavras que não entende;
  • resuma as ideias de cada parágrafo;
  • faça paráfrases;
  • elabore perguntas sobre o texto e responda em seguida.

Confira!

1. Faça a leitura pausadamente

Você já conhece a importância da leitura, não é mesmo? Além de aumentar o seu vocabulário, ainda tem ganhos na escrita, na comunicação, no pensamento crítico e, em especial, na interpretação de texto no Enem e em outros vestibulares. Quanto mais se lê, melhor se torna a compreensão da mensagem que está sendo passada.

Porém, nessas provas, o fator tempo desequilibra bastante a capacidade de raciocínio dos candidatos. Na preocupação com tudo o que precisam avançar para finalizar o exame, nem sempre leem cada questão como deveriam. Logo, caem fácil nas pegadinhas, que geralmente estão à espera.

Vale ressaltar que leitura é, também, uma questão de prática. Quando você está “enferrujado” e não a tem como hábito, vai ter maior dificuldade de compreender as questões de primeira. Então, enquanto estuda, invista nela e faça isso pausadamente — enquanto o relógio ainda não está contra a sua mente.

Durante as suas práticas de leitura, inclua textos com diferentes linguagens e assuntos: notícias nos portais digitais, materiais acadêmicos, pesquisas, poesias e, até mesmo, algumas leis. Como elas são mais complicadas de se entender, procure as interpretações de profissionais do Direito e aproxime-se ao máximo desse tipo de escrita. Pode fazer toda a diferença tanto em provas de vestibular quanto em outros concursos.

2. Procure o significado das palavras que não entende

Não é incomum encontrar palavras complicadas enquanto está pesquisando sobre as áreas de conhecimento cobradas em prova e temas da redação do Enem, já reparou? O que muitos estudantes fazem, nessas horas, é deixar que esses termos passem batido e seguir adiante nos estudos.

Porém, aí mora um grande perigo: pode ser que essa mesma palavra ou expressão surja novamente em uma prova de vestibular. Se for imprescindível para a compreensão do enunciado, então, pior ainda! Portanto, melhor não arriscar e ir em busca desse conhecimento.

Aproveite esse momento e procure por sinônimos dessas palavras, além de usos em frases. Assim, você adquire vocabulário e pode usá-lo de maneira correta nas redações e nas questões dissertativas.

3. Resuma as ideias de cada parágrafo

É no momento que você faz um resumo que consegue prestar ainda mais atenção no que está lendo — algo bastante válido para potencializar diversos aprendizados. Por isso, comece agora mesmo! Quer um exercício? Resuma o que é interpretação de texto, para garantir que entendeu mesmo como fazê-la e qual o seu propósito.

Essa prática pode ajudar bastante em seus planos de estudo. Afinal, quando você sintetiza com as próprias palavras o que entendeu de uma disciplina, consegue fixar melhor o conteúdo. Além disso, tem um material completo para contribuir para o seu bom rendimento na hora da revisão.

4. Faça paráfrases

Você pode se perguntar: mas qual é a diferença entre a paráfrase e o resumo? Embora a ideia das duas práticas seja semelhante, a primeira opção é ainda mais completa: ela traz as suas considerações sobre o tema, que vão muito além do que foi compreendido do conteúdo.

Sabe qual é a maior vantagem disso? Quando você faz a paráfrase, estimula o seu cérebro a um entendimento mais amplo do que está estudando, por meio da busca de correlações entre informações. É como se fosse um mapa mental, mas traduzido em formato de texto — o que, além disso, treina a sua escrita.

É bom lembrar que a paráfrase não envolve a cópia de trechos, combinado? Afinal, isso seria um incentivo ao plágio — algo do qual você deve fugir em qualquer situação, em especial nas redações. O que deve ser feito é uma reflexão sobre a leitura e, em seguida, colocar a sua compreensão com suas próprias palavras.

5. Elabore perguntas sobre o texto e responda em seguida

Como vimos até aqui, a prática é mais do que necessária para adquirir até os conhecimentos que envolvem compreensão e interpretação. Então, chegamos a esta última dica para dominar esse quesito nas provas: faça um treinamento com perguntas e respostas, como se fosse um simulado.

Uma maneira de aliar essa prática com as técnicas de escrita de textos dissertativo-argumentativos é fazer propostas de intervenção a partir de reportagens da internet. Pense qual é a sua posição sobre o tema e mãos à obra! Analise as entrelinhas da peça jornalística, junte-as às informações do que você já sabe e escreva. Ao final, faça uma leitura analítica, interpretando o material para conferir se está coeso e se reflete bem seu pensamento.

Para ajudar na sua preparação, conte com a ajuda do Trilha do Enem! Com um roteiro de estudos personalizado, você consegue resultados bem mais positivos, pois o aprendizado é garantido! Se tiver dúvidas dos benefícios, não deixe de conferir as aulas disponíveis na plataforma — tem conteúdo, inclusive, sobre compreensão e interpretação de textos. Veja só!

Se a interpretação de texto é importante para o dia a dia, já sabe o quanto ela tem peso nas provas de vestibular, concorda? Por isso, invista nessa habilidade com leituras, exercícios e, é claro, com as demais estratégias listadas neste post. Com isso, a aprovação estará mais perto do que você imagina!

Gostou das dicas para potencializar a sua interpretação de texto? Então, siga em frente na preparação! Confira como enfrentar o ano de vestibular sem desespero!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: