Gênero textual: 5 dicas para estudar esse tópico

gênero textual

O Enem é a porta de entrada para muitas oportunidades no ensino superior, desde o ingresso na faculdade até a possibilidade de financiar os estudos ou conseguir bolsas. Por isso, cada conteúdo cobrado no exame pode ser decisivo na pontuação do candidato, concorda? Os gêneros textuais são um deles!

Entender o que são gêneros, qual é a relação com as tipologias de texto e quais são as principais características de cada um é um grande passo para não errar o Português na redação ou na prova de conhecimentos gerais. Por isso, continue a leitura, tire suas principais dúvidas sobre o assunto e veja como estudar gênero textual!

O que é o gênero textual?

Os gêneros textuais se referem a agrupamentos de textos conforme suas características de estrutura e de função. As produções que se encaixam em um mesmo gênero também têm em comum o tipo de interação que promovem entre o emissor e o receptor (interlocutores) da mensagem.

Por exemplo, todas as receitas de bolo do mundo compõem o gênero textual de receita culinária. A estrutura é sempre dividida entre uma listagem dos ingredientes e um modo de preparo, com a função de ensinar como é feita essa sobremesa. Ou seja, mesmo com conteúdos diferentes, todas as receitas de bolo são semelhantes em sua intenção comunicativa.

Gêneros e tipos textuais

Os gêneros, por sua vez, enquadram-se dentro de diferentes tipologias textuais. Essa é uma categoria mais ampla, que envolve a natureza linguística da produção. Luiz Antônio Marcuschi, um dos maiores nomes da Linguística Textual no Brasil, explica que os gêneros textuais são a materialização comunicativa dos tipos textuais.

Uma narração pode ser materializada na forma de um conto, de um romance ou de uma crônica, por exemplo. Todos esses gêneros, embora tenham estruturas diferentes, trazem recursos linguísticos próprios do tipo narrativo, como a presença de um narrador, de personagens reais ou fictícios e de um enredo.

Qual é a importância de estudar gênero textual?

É importante estudar os gêneros textuais pois eles são parte fundamental da prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias no Enem, além de também serem cobrados nos diversos vestibulares. Conhecer as principais estruturas e funções de cada produção textual é essencial para responder às questões de Português.

No entanto, esse tópico também pode ser útil em outras áreas do conhecimento, além de ser uma das bases para a produção da redação. Ainda, é um aprendizado útil para a vida de modo geral. Afinal, toda a nossa comunicação se dá por meio de diferentes gêneros textuais, escritos ou orais.

Saber identificá-los, reconhecer suas estruturas e finalidades é útil para muitas situações do dia a dia. Por exemplo, se você consegue identificar elementos de uma narração, verá que ela é diferente de uma notícia jornalística e, assim, saberá que o conteúdo pode ser ficcional e repleto de ambiguidades.

Quais são os principais tipos e gêneros textuais?

De acordo com Marcuschi, existem basicamente cinco tipos de tipologias de texto. Conhecer cada uma delas é parte fundamental de como estudar gênero textual. Veja!

Narrativo

A principal marca dos textos narrativos é a existência de acontecimentos, reais ou fictícios, vividos por personagens, também reais ou fictícios, em um determinado tempo e espaço. A trama que envolve os personagens, chamada de enredo, é essencial para a compreensão do conflito.

Em geral, a estrutura narrativa se divide em exposição, complicação, clímax e desfecho. Alguns gêneros textuais desse tipo são:

  • romance;
  • conto;
  • fábula;
  • crônica;
  • novela;
  • história em quadrinho.

Descritivo

Já os textos descritivos servem para relatar como é algo, seja uma pessoa, seja um sentimento, seja um acontecimento. O objetivo principal é estimular os sentidos do receptor para que ele tenha a mesma impressão que o emissor sobre o objeto relatado.

Por isso, são cheios de adjetivos e de apresentações de percepções com recursos imagéticos. Alguns gêneros textuais desse tipo são:

  • texto de diário;
  • relato de viagem;
  • relato histórico;
  • biografia;
  • autobiografia;
  • anúncio classificado.

Dissertativo-argumentativo

É o tipo de texto cobrado na redação do Enem. Sua principal característica é a apresentação de um tema (chamado de tese), sobre o qual o emissor tem um ponto de vista e precisa defendê-lo. Apesar de ser destinada à persuasão do leitor, a dissertação não tem marcas de 2ª pessoa, como vocativos, mas sim uma linguagem impessoal.

Para que a construção da opinião do emissor seja mais clara, esse tipo textual costuma ser dividido em introdução, argumentação, antítese e conclusão. Alguns gêneros textuais desse tipo são:

  • sermão;
  • artigo de opinião;
  • editorial jornalístico;
  • resenha crítica;
  • monografia.

Expositivo

Os textos expositivos, por sua vez, servem para definir ou conceituar algo no mundo, por meio de informações imparciais e mais literais. Esse tipo de texto costuma vir com uma enumeração de características, comparações e contrastes. Alguns gêneros textuais desse tipo são:

  • verbete de dicionário;
  • enciclopédia;
  • resumo;
  • entrevista;
  • seminário.

Injuntivo

Por fim, o tipo de texto injuntivo, também conhecido como instrucional, tem caráter prescritivo. Ou seja, serve para orientar o locutor sobre como determinada ação deve ser feita. Sua característica principal é a presença de verbos no imperativo e de figuras de linguagem. Alguns gêneros textuais desse tipo são:

  • manual de instrução;
  • receita culinária;
  • regulamento;
  • propaganda;
  • bula de remédio.

Para entender melhor sobre os gêneros textuais, não deixe de conferir a aula do Professor Noslen no Trilha do Enem! Ela está supercompleta e traz até resolução de exercícios do Enem sobre o assunto.

Como estudar esse tópico da melhor forma?

Agora que você sabe o que é o gênero textual, aprenda como se preparar para o Enem com cinco dicas para estudar esse tópico!

1. Foque o entendimento dos tipos textuais

Para estudar esse tópico, é fundamental entender primeiro os tipos textuais. Compreendendo as características do tipo de texto, você já será capaz de identificar a função dos principais gêneros. Foque principalmente o uso de recursos linguísticos, como figuras de linguagem, estilo, linguagem literal ou figurada etc.

2. Estude as estruturas dos principais gêneros

Apesar de serem muitos, alguns gêneros textuais são mais recorrentes, como os que colocamos como exemplos neste post. Vale a pena estudar as particularidades deles, como a estrutura padrão e as diferenças em relação a outros gêneros da mesma tipologia. Também é interessante fazer, pelo menos, uma produção de texto para cada um.

3. Leia muito

A melhor forma de se familiarizar com os gêneros textuais é vê-los em prática. Por isso, ler bastante é um ótimo jeito de ampliar o repertório e ter mais facilidade para identificar os diferentes tipos textuais. Quanto mais diversificado for o seu hábito de leitura, melhor.

4. Analise estruturalmente os textos do seu dia a dia

Os gêneros textuais nada mais são do que expressões das situações comunicativas reais. Portanto, uma dica para estudar esse tópico é prestar atenção nos textos do seu dia a dia. E-mails, posts de Facebook, um classificado no jornal, uma notícia etc. Comece a reparar na estrutura e nos recursos utilizados em cada situação.

5. Dê mais atenção ao tipo dissertativo-argumentativo

Por fim, dê mais atenção ao texto dissertativo-argumentativo. Afinal, essa é a tipologia textual cobrada em grande parte dos vestibulares. Produza vários textos, exercite a argumentação, veja dicas sobre esse gênero textual, aprenda a usar recursos para ligar as partes da estrutura com coerência e inspire-se nas redações nota 1.000 do Enem.

Como deu para ver, entender o que são os gêneros textuais e as suas principais características pode ser decisivo para o seu rendimento na prova de Português no Enem. Além disso, esse conhecimento é uma base essencial para fazer uma boa produção de texto no Exame.

E já que comentamos sobre a redação do Enem, leia também nossas dicas para fazer uma conclusão perfeita!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.