Quantos anos dura o curso de Fisioterapia?

fisioterapia quantos anos

A faculdade de Fisioterapia tem a duração de 5 anos. Parece muito? Esse é o tempo mínimo necessário para o desenvolvimento de todos os créditos obrigatórios para sua formação completa.

Isso porque há muitas áreas nas quais você pode se especializar e um enorme conhecimento a adquirir, principalmente porque o fisioterapeuta diversas vezes atua em conjunto a outras especialidades da saúde ― demonstrando a alta demanda do mercado de trabalho.

Se você gosta de ajudar o próximo, saiba que essa é uma carreira focada em devolver a qualidade de vida a quem está com problemas de mobilidade. O profissional também atua com o objetivo de promover a saúde, trabalho voltado à orientação individual e coletiva para uma postura mais correta e movimentos mais seguros, por exemplo ― é o caso de pessoas que realizam movimentos repetitivos ou de alto impacto, como músicos ou esportistas etc.

Viu quantos conhecimentos são agregados ao currículo dessa graduação? Para entender melhor o seu funcionamento, continue com a gente nesta leitura, veja quantos anos dura o curso de Fisioterapia e saiba como a carga horária é distribuída! Aproveite e também confira informações sobre a grade curricular, o mercado de trabalho e a faixa salarial.

Quanto tempo dura o curso de Fisioterapia?

Como dissemos, a faculdade de Fisioterapia é um Bacharelado na área da saúde com duração de 5 anos, cursados geralmente em meio período por 10 semestres, e carga horária mínima de 4 mil horas, conforme resolução do Ministério da Educação (MEC).

A carga horária do curso de Fisioterapia é dividida da seguinte forma (total de 4 mil horas):

  • atividades acadêmicas curriculares — 2.970 horas;
  • estágio curricular obrigatório — 800 horas;
  • Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) — 120 horas;
  • atividades complementares — 110 horas.

As faculdades podem ofertar o curso em duas modalidades: presencial e semipresencial. A diferença entre elas é que no curso presencial, tradicionalmente os alunos devem comparecer ao campus para cumprir todas as atividades curriculares ― ainda que o MEC permita até 40% das disciplinas sejam cursadas online.

Já na faculdade semipresencial, a flexibilidade de horário é maior, visto que as disciplinas teóricas são (quase) todas ministradas por meio da plataforma de estudos do aluno. Você só vai comparecer ao campus para realizar atividades práticas. 

No entanto, em nenhuma das modalidades há diferença no tempo de duração do curso de Fisioterapia, tampouco na quantidade de créditos para formatura. A exigência é a mesma para a conquista do diploma da graduação.

O vestibular para o curso de Fisioterapia costuma acontecer ao menos duas vezes por ano, no início de cada semestre, ou de acordo com o cronograma de cada faculdade. Nas instituições participantes do Vestibulares, a prova pode ser feita online.

👉 Dica de leitura: Você sabia que é possível pagar menos pela faculdade? Confira este post que explica as diferentes opções de bolsa de estudos para Fisioterapia

Quais são as principais matérias estudadas no curso?

Após conhecer a duração do curso de Fisioterapia e a estrutura da grade curricular, vamos falar sobre as disciplinas do curso.

Os primeiros semestres são dedicados a disciplinas generalistas, para que o aluno se familiarize com o contexto da área da saúde e aprenda a reconhecer as estruturas do corpo humano, os sistemas etc. Mais tarde, serão introduzidas matérias dedicadas à prática do fisioterapeuta e, por fim, o estudante será direcionado a atendimentos reais na clínica de Fisioterapia da faculdade ou em estágios supervisionados em espaços conveniados com a instituição.

Teste Vocacional Rápido

Confira agora algumas das principais matérias de Fisioterapia, segundo o guia de percurso da Unopar ― faculdade parceira do Vestibulares:

  • Ciências Moleculares e Celulares;
  • Ciências Morfofuncionais do Aparelho Locomotor (Membros Inferiores, Superiores, Coluna Vertebral, Cabeça e Tronco);
  • Ciências Morfofuncionais dos Sistemas Digestório, Endócrino, Renal, Imune, Hematológico, Nervoso, Cardiorrespiratório, Tegumentar e Reprodutor;
  • Cinesioterapia Geral e Aplicada;
  • Diagnóstico Cinético-funcional e Imaginologia;
  • Ética e Deontologia;
  • Fisioterapia Cardiopulmonar na Saúde do Adulto;
  • Fisioterapia Dermatofuncional;
  • Fisioterapia e Inovações
  • Fisioterapia em Unidade Hospitalar;
  • Fisioterapia Musculoesquelética na Saúde do Adulto;
  • Fisioterapia na Atenção Primária, Secundária e Terciária;
  • Fisioterapia na Saúde da Criança e do Adolescente;
  • Fisioterapia na Saúde da Mulher;
  • Fisioterapia na Saúde do Atleta;
  • Fisioterapia na Saúde do Idoso;
  • Fisioterapia na Saúde do Neonato;
  • Fisioterapia na Saúde do Trabalhador;
  • Fisioterapia Neurofuncional;
  • Formação Integral em Saúde;
  • Genética;
  • Práticas Fisioterapêuticas na Atenção Primária, Secundária e Terciária;
  • Prótese e Órtese;
  • Psicologia Aplicada à Saúde;
  • Recursos Terapêuticos Bioelétricos/Térmicos/Mecânicos, Bio-hídricos e Manuais;
  • Saúde Coletiva.

Como é o mercado de trabalho para o segmento de Fisioterapia?

De maneira geral, os fisioterapeutas assumem papéis de liderança na reabilitação, na prevenção, na manutenção da saúde e em programas que promovem a qualidade de vida, o bem-estar e a boa forma das pessoas. Sabia que a Fisioterapia é uma das profissões em alta por conta do coronavírus?

Com uma atuação variada, tanto em relação ao tipo de paciente quanto à especialidade, os fisioterapeutas atendem pessoas em uma variedade de ambientes, incluindo hospitais, consultórios particulares, clínicas ambulatoriais, agências de saúde domiciliar, escolas, instalações esportivas e de condicionamento físico, empresas e casas de repouso

Outra possibilidade é a realização de concursos públicos. As vagas abertas normalmente são para atuação clínica ou em setores administrativos e cargos de confiança. 

Ao atuar no setor público, os fisioterapeutas têm uma função importante no desenvolvimento de padrões e normas para a prática da Fisioterapia, bem como participam da construção de políticas de saúde.

Por isso, depois que você terminar a faculdade, é essencial cursar pós-graduações e cursos de especialização nas áreas de seu interesse. Hoje, o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) reconhece 15 áreas de especialização para o fisioterapeuta. São elas:

  • Fisioterapia em Acupuntura;
  • Fisioterapia Aquática;
  • Fisioterapia Cardiovascular;
  • Fisioterapia Dermatofuncional;
  • Fisioterapia Esportiva;
  • Fisioterapia em Gerontologia;
  • Fisioterapia do Trabalho;
  • Fisioterapia Neurofuncional;
  • Fisioterapia em Oncologia;
  • Fisioterapia Respiratória;
  • Fisioterapia Traumato-Ortopédica;
  • Fisioterapia em Osteopatia;
  • Fisioterapia em Quiropraxia;
  • Fisioterapia em Saúde da Mulher;
  • Fisioterapia em Terapia Intensiva.

Qual é a média salarial para o profissional de Fisioterapia?

Assim como em outras profissões, faixa salarial do fisioterapeuta varia conforme a área de atuação, o tempo de experiência e a especialização. 

De acordo com o site Salario, que pesquisa os ganhos em diversas carreiras, a média salarial de um fisioterapeuta geral está em R$ 2.989,12*. O teto salarial é de R$ 5.734,64* para profissionais com carteira assinada.

Os rendimentos também variam de Estado para Estado. Os Estados com maior média salarial (considerando valores acima de R$ 3 mil) são, em ordem do maior para o menor:

  • São Paulo — R$ 3.698,15*;
  • Distrito Federal — R$ 3.598,11*;
  • Rio de Janeiro — R$ 3.304,57*;
  • Tocantins — R$ 3.206,79*;
  • Amazonas — R$ 3.092,61*.

Já a cidade que apresenta maior teto salarial é São Paulo, com o valor de R$ 5.588,75*.

Aproveite essas oportunidades!

Neste post, abordamos quantos anos dura Fisioterapia e mais uma série de informações úteis sobre a graduação e a carreira. Se você chegou até aqui e acha que essa é a profissão que vai realizar seus sonhos, não vá embora sem dar o próximo passo.

Inscreva-se já para o vestibular online de Fisioterapia em uma das instituições participantes do Vestibulares e aproveite a alta demanda do mercado por esses profissionais!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.