Matérias do Enem: qual priorizar e como se organizar?

estudante vendo matérias do enem

Organização e planejamento são palavras importantíssimas em qualquer projeto. Quando falamos em preparação para o Enem então, cujo objetivo é conquistar uma vaga no ensino superior, elas não podem ficar de fora! Se você vai fazer sua inscrição para o vestibular ou para o Enem, precisa se preparar para estudar da forma mais produtiva possível!

Por isso, as matérias do Enem devem ser organizadas em planos de estudo (semanal e em longo prazo). Assim, você não perde tempo nem acumula conteúdo, além de ter intervalos para descanso e lazer sem prejudicar o aprendizado ao longo do ano.

Então, consulte o cronograma do Enem, veja qual conteúdo deve ser priorizado e continue conosco para aprender a organizar as matérias e mandar bem nas provas. Confira as nossas dicas!

Priorize as que você acha mais difíceis

Matemática e Física são “o calo no seu sapato”? Redação dá pânico? Não consegue memorizar as fórmulas de Química? Em primeiro lugar, saiba que todos temos dificuldades, em maior ou menor grau, em alguma disciplina. Porém, a tendência é deixar por último aquelas com as quais temos menos familiaridade, pois é cômodo. E isso acaba se tornando uma bola de neve!

Imagine sempre começar os estudos pelas matérias de que você gosta e deixar por último aquela em que tem mais dificuldade? Certamente, não haverá chance de romper esse ciclo e, de repente, ela passar a ser sua preferida, não é mesmo? Precisamos nos dar a chance de aprender a gostar da matéria, de entender aquele conteúdo, para superar essa dificuldade.

Portanto, nossa dica é óbvia: inicie os estudos pelos conteúdos considerados mais difíceis (aqueles que causam problemas mesmo)! Mas, antes, é preciso identificá-los!

Como você já deve saber, o Enem distribui as matérias em áreas de conhecimento:

O Enem ainda conta com uma outra prova, considerada bastante difícil por parte de muitos candidatos, que requer uma atenção toda especial: a redação. Sim, é preciso se preparar para ela, estudando sobre as cinco competências usadas para avaliar o texto e aprimorando seu conhecimento de mundo — é isso que vai dar o diferencial na sua argumentação. Não é produtivo contar com a sorte ou com o tema para fazer uma redação de vestibular.

Defina metas de estudo semanais

Comece a organizar seus estudos com uma meta semanal. Liste as matérias que julga mais difíceis e inicie a segunda-feira com elas. Uma possibilidade é dividir o dia em três etapas: duas para estudos e uma para descanso ou para a prática de atividades físicas.

Depois, separe cada período de estudo em duas partes (o que deve dar mais ou menos 2 horas para cada um) e, só então, defina os conteúdos. Nesses períodos, procure contemplar todas as áreas de conhecimento sem, no entanto, misturar todas no mesmo dia para não criar confusão na sua cabeça.

Reserve um desses períodos para fazer simulados de vestibular uma vez por semana, o que ajuda a manter toda a matéria mais fresca na cabeça, e não apenas o que foi priorizado naquele período. Pode ser o primeiro ou o último da semana, a seu critério. Ah, e deixe um dia em branco, todinho reservado para o lazer. Aproveite para ler um livro, assistir a filmes e séries etc.

Para ajudar nesse processo, conte com o Trilha do Enem. Por lá, além de testar seus conhecimentos, você assiste a videoaulas e ainda recebe um plano de estudos elaborado de acordo com o seu perfil.

Tenha uma rotina de estudos fácil de ser seguida

Não é fácil manter uma rotina de estudos, sabemos. Mas montar seu plano de estudos para o Enem pode ser a diferença entre ser aprovado e conseguir a vaga ou adiar a entrada na faculdade.

Por isso, o primeiro passo é pensar em como será o dia a dia. Você tem mais sono pela manhã ou à noite? Como funciona seu relógio biológico? O importante é delimitar os dois períodos para estudo (que mencionamos acima) e um para lazer, descanso ou outras atividades. De que vale passar a madrugada estudando se o sono precisará ser recompensado no dia seguinte?

Na hora de elaborar seu plano de estudos, considere que ele seja fácil de ser seguido, ok? E sempre tenha alguns macetes para diminuir o sono durante os estudos.

Escolha uma ou duas matérias para se dedicar por dia

Para que nosso cérebro consiga absorver todas as informações e reter o que for mais importante em cada conteúdo estudado, é recomendável reduzir o número de matérias que você vai estudar a cada dia. Como falamos acima, na hora de organizar a rotina para se preparar para o Enem, procure mesclar as áreas. Por exemplo: no primeiro período, você estuda um tópico de Ciências da Natureza e, no segundo, um conteúdo de Ciências Humanas.

Assim, a rotina não fica repetitiva e, ainda, você consegue se organizar em subtópicos dentro do mesmo período para não criar aquela bagunça intelectual, passando de fases do capitalismo em Geografia para pilhas eletroquímicas em Física e, depois, razão entre grandezas em Matemática.

Vale a pena iniciar a semana com as matérias mais difíceis, sempre fazendo contraposição com uma mais fácil e de área similar, ok? E não se esqueça de considerar a redação como uma matéria também!

Crie um cronograma de estudos de longo prazo

Além de criar um planejamento semanal, programe seus estudos ao longo do ano, incluindo semanas para revisão de conteúdos, de forma que todas as matérias do Enem sejam contempladas com folga e espaço para exercícios de fixação e simulados.

Procure finalizar os estudos uma semana antes do Enem e aproveite esse tempinho para ver temas da atualidade, revisar uma ou outra matéria e relaxar. Afinal, se você tiver se programado, sua parte já foi feita!

Para auxiliar você nessa missão, preparamos uma planilha especial para o Exame. Acesse o nosso material sobre como organizar os estudos para o Enem e garanta, desde agora, o sucesso na sua carreira!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: