Faculdade depois dos 30 anos: vale a pena?

faculdade-depois-dos-30-anos-vale-a-pena

Muita gente se questiona se vale a pena fazer uma faculdade depois dos 30 anos e esse é um fato que vem se tornando cada vez mais comum no país, onde a faixa etária representa quase um terço das matrículas no ensino superior.

As razões dessa estatística são variadas, assim como os benefícios usufruídos por quem faz parte dela. Portanto, se você está pensando em cursar uma faculdade depois dos 30 anos, confira alguns bons motivos para colocar essa ideia em prática! Por aqui, você verá:

  • por que fazer faculdade depois dos 30;
  • como conciliar os estudos com a rotina de quem já passou dos 30.

Vamos lá?

Por que fazer faculdade depois dos 30?

Nunca é tarde para correr atrás dos objetivos, concorda? Cada pessoa tem suas próprias razões para fazer uma faculdade depois dos 30 — exigência do trabalho atual, busca por melhores oportunidades, vontade de seguir novos caminhos etc. A seguir, veja alguns dos benefícios dessa decisão.

Ascensão na carreira

Seja porque faltou dinheiro, porque os filhos chegaram cedo ou outro motivo qualquer, muita gente não conseguiu entrar no ensino superior logo depois de terminar o ensino médio e entrou no mercado de trabalho mesmo sem ter um diploma de graduação.

Se esse é o seu caso, uma graduação é muito bem-vinda! Ela não só agregará um maior conhecimento sobre sua área, como também poderá proporcionar uma maior estabilidade no trabalho e aumentar as suas chances de subir na carreira e ganhar um salário melhor.

Recolocação no mercado

Porém, se você está fora do mercado de trabalho, uma graduação poderá proporcionar maiores e melhores oportunidades. Fazer uma faculdade depois dos 30 anos é uma forma de se atualizar, montar ou ampliar seu networking e se preparar para enfrentar a forte concorrência no mercado — além de tornar seu currículo mais atrativo, claro!

Mudança de profissão

Fazer uma faculdade depois dos 30 anos também pode ser uma boa alternativa se você deseja mudar de profissão, mesmo que já tenha um diploma do ensino superior. Cursando uma nova graduação, você não apenas terá uma boa bagagem de conhecimento para traçar seu rumo na nova carreira, como também uma visão mais atualizada do mercado e uma oportunidade para começar a formar sua nova rede de contatos.

Conquista do curso dos sonhos

Antes tarde do que nunca, já diz o ditado. E isso vale, também, para o projeto de fazer a faculdade dos seus sonhos. Por questões financeiras, muita gente opta por fazer uma graduação que ofereça um melhor salário e maior estabilidade no mercado de trabalho, deixando de lado o desejo de fazer aquele curso com o qual mais se identificava. Depois dos 30, com uma situação financeira mais estabilizada, pode ser uma boa hora para resgatar esse sonho.

Mais foco e maturidade

Um dos principais benefícios de fazer uma faculdade depois dos 30 — se não o principal — é maior foco e mais maturidade nos estudos. Nessa idade, normalmente, já se tem uma maior bagagem profissional e de vida, o que ajuda bastante a tirar melhor proveito da graduação — diferentemente de quando se acabou de sair do ensino médio.

Facilidades para cursar uma graduação

Fazer uma faculdade depois dos 30 anos também ficou menos complicado, seja o problema dinheiro, tempo ou flexibilidade. Atualmente, há opções de bolsas de estudo para graduação,ou mesmo financiamento estudantil, para quem necessita de algum auxílio financeiro.

Também há possibilidade de se formar na faculdade em menos tempo, fazendo um curso Tecnólogo (com duração de 2 a 3 anos) ou, ainda, fazer uma graduação a distância, na qual você conta com mais flexibilidade.

Como conciliar os estudos com a rotina de quem já passou dos 30?

Certo, agora que você já sabe que vale a pena fazer uma faculdade depois dos 30, fique de olho nas nossas dicas para passar por esse desafio com bom aproveitamento. Afinal, nessa idade é comum que as pessoas já estejam inseridas no mercado e tenham uma rotina atribulada. Mas a boa notícia é que existem formas de tornar esse caminho mais fácil. Veja como!

Opte por um curso EAD

Os cursos a distância estão conquistando cada vez mais adeptos, e não é sem razão. A modalidade EAD permite mais flexibilidade,e o aluno pode estudar no horário e no local que preferir, de acordo com os espaços de sua rotina. Portanto, uma opção favorável para quem vai iniciar a faculdade depois dos 30 e já tem que lidar com múltiplos compromissos da vida adulta — trabalho, cuidados com a casa, filhos etc.

Considere uma graduação tecnológica

A graduação tecnológica abrange cursos de menor duração (2 ou 3 anos) e com conteúdo mais focado nas demandas do mercado — diferentemente do Bacharelado, que conta com uma carga teórica ampla. Se você está se preparando para entrar na faculdade depois dos 30, pesquise as opções de cursos Tecnólogos, algum deles pode chamar sua atenção.

Crie um cronograma de estudos eficiente

Mesmo que você faça uma graduação EAD, saiba que a flexibilidade vem junto com uma boa dose de responsabilidade. Isso porque é você quem cria suas técnicas de estudo, o que significa que quanto maior a dedicação, melhor o aprendizado. Para isso, elabore um cronograma para se dedicar às atividades acadêmicas de acordo com sua disponibilidade e respeite os horários reservados para estudar.

Selecione um curso que complementará sua profissão atual

Uma dica interessante para quem já atua no mercado de trabalho é escolher um curso que complemente o que você faz. O fato de já estar inserido em determinada área profissional é um facilitador para aliar a experiência prática ao conhecimento teórico e conseguir melhores oportunidades — uma das vantagens de quem decide entrar na faculdade depois dos 30.

Converse com seu chefe e explique a situação

Assim que decidir iniciar o curso superior, fale com seu gestor e explique quais são os seus objetivos profissionais. Talvez a sua chance de ascensão na carreira esteja na própria empresa em que você já trabalha.

Caso as possibilidades não sejam muito promissoras, vale a pena ampliar seus horizontes, ficar de olho em portais que oferecem vagas de emprego e estágios, como o Canal Conecta, e tentar abrir outras portas.

Conte com o apoio dos familiares

Por último, temos outra dica importante para quem vai se aventurar na faculdade depois dos 30 anos: peça o apoio da família e dos amigos próximos, principalmente para conseguir dar conta de todas as suas demandas diárias. Nessas horas, qualquer ajuda é bem-vinda, seja para compartilhar os afazeres da casa, cuidar dos filhos ou, até mesmo, para dar suporte em alguma sessão de estudos. Aproveite o apoio de quem está por perto!

Pronto para começar sua faculdade depois dos 30? Então, não perca mais tempo e inscreva-se no vestibular do curso dos seus sonhos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: