Financiamento estudantil: o que avaliar na hora de escolher um curso

avaliarfinanciamentoestudantil

Não conseguiu passar em nenhuma faculdade pública, nem tem bolsa de estudos para faculdade privada? Ficou de fora da seleção do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil)? O financiamento estudantil pode ajudar você a realizar o sonho de fazer uma faculdade.

Para evitar dores de cabeça na hora de pagar seu financiamento, separamos algumas dicas para você escolher um que caiba em seu bolso.

Qual é o melhor financiamento estudantil?

O melhor financiamento é aquele que cabe no seu bolso. Por isso, pesquise as condições dos principais financiamentos estudantis. Não se esqueça de checar o prazo para pagamento e as taxas de juros – eles podem variar bastante de um para outro. Na hora de comparar, use como referência a atual taxa de juros do FIES, que é de 6,5% ao ano e considerada uma das mais baixas do mercado.

Financiamento parcial da faculdade: fique atento!

Nem todos os financiamentos estudantis cobrem 100% do valor da faculdade. Se escolher um financiamento parcial e não tiver uma renda para pagar o restante, você pode precisar de um segundo financiamento. Então, tome cuidado: calcule direitinho seu financiamento para não sobrecarregar seu bolso com prestações de dois planos diferentes.

Preciso de um fiador para financiamento estudantil?

Se você não tiver renda ou ela for muito baixa, você vai precisar de um fiador para conseguir um financiamento estudantil. Esse fiador deve ser uma pessoa de confiança, não estar na lista do SPC e comprovar renda suficiente – geralmente o equivalente a duas ou três vezes o valor da mensalidade. Se não conseguir pagar as prestações do financiamento, o pagamento deve ser feito pelo fiador.

Todas as faculdades aceitam financiamento estudantil?

Nem todas aceitam todos os financiamentos. Procure saber se onde quer cursar possui parceria com alguma instituição financeira que ofereça financiamento estudantil. Como a instituição tem interesse em tê-lo como aluno, esses financiamentos costumam ter prazos e juros mais flexíveis.

Pague a faculdade só depois de formado

Existem financiamentos que permitem começar a pagar a faculdade só depois de formado, como o próprio FIES. É um bom jeito de ter um fôlego para conseguir pagar as prestações ao fim do curso, já que você pode juntar um dinheiro durante a faculdade ou conseguir um salário maior depois de formado.

Organize suas finanças

Com ou sem financiamento, é importante fazer um planejamento financeiro pessoal. Assim você consegue calcular se conseguirá pagar as prestações de um financiamento estudantil. Além disso, economizar um dinheirinho pode te ajudar a fazer uma poupança para emergências ou até mesmo pagar parte da faculdade.

Agora que você já sabe como avaliar um financiamento estudantil, continue acompanhando o blog e saiba como utilizar o saque do FGTS para pagar a sua faculdade!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: