Antropologia: 6 coisas para estudar para o Enem

estudante enem sorrindo

O Homem é um ser complexo. Entender seus aspectos biológicos, sociais e culturais é a tarefa de uma área chamada Antropologia. A temática está presente em vários aspectos do nosso dia a dia e pode nos ajudar a entender a globalização e as relações culturais e, até mesmo, compreender a nossa história mundial.

Não por acaso, saber sobre Antropologia é essencial para conseguir fazer uma boa prova do Enem. Diante da importância que a matéria tem, escrevemos este artigo para explicar um pouco mais sobre essa área do conhecimento e suas principais vertentes. Confira!

A Antropologia

A Antropologia é uma ciência que estuda o ser humano e sua origem, tendo para isso uma visão abrangente. Os estudos dessa área focam nos aspectos físicos dos humanos, mas também na sua cultura, sua linguagem, suas crenças, suas religiões e construções que fazemos. De modo geral, o antropólogo busca as raízes do ser humano a fim de estabelecer uma relação entre a sua origem e o seu modo de vida atual, por exemplo.

A partir de dos aspectos de vida em sociedade, o antropólogo pode compreender melhor sobre a formação de grupos étnicos e religiosos, mas também estabelecer relação entre os hábitos de migração, formação de grupos dentro do ambiente rural ou urbano etc. Sendo assim, existem várias divisões nas quais essa ciência se baseia, vamos conhecer algumas delas a seguir!

6 tópicos para estudar em Antropologia para o Enem

É bem provável que caia Antropologia no Enem e vestibular. O assunto abrange diversas vertentes e está muito ligado à história da humanidade, portanto, é bom estar preparado. A seguir, você entenderá mais sobre alguns tópicos importantes ligados à temática. Confira!

Evolução humana

Essa área da Antropologia foca o estuda da origem da evolução do Homem. Aqui são envolvidas outras ciências, como Arqueologia, Linguística, Genética e também a Primatologia, a fim de entender o processo de desenvolvimento do ser humano de maneira mais ampla.

Um dos principais estudiosos da história da evolução humana foi Charles Darwin. Ele foi responsável por desenvolver a Teoria da Evolução, segundo a qual os organismos mais adaptados ao meio teriam mais chances de sobrevivência em comparação com os outros, fazendo, assim, com que tivessem maior descendência.

Inclusive, foi a partir dessa teoria que se descobriu a relação de parentesco entre os seres humanos e os primatas. Em geral, é muito importante conhecer a área para entender a origem da evolução humana, bem como compreender como o desenvolvimento do ser ao longo dos séculos.

Antropologia Cultural

A Antropologia Cultural é uma vertente da Antropologia e busca estudar a formação dos hábitos culturais de diferentes grupos, baseando-se para isso em costumes, valores, arte, religião, culinária e outros aspectos. Uma das suas principais áreas é o estudo sobre a linguagem, o que contempla os significados de palavras, imagens e artes que estão presentes nas representações culturais de um povo.

Os signos comunicacionais e a própria linguagem são aspectos fundamentais da Antropologia Cultural. Tudo isso é tão importante que a própria descoberta e reprodução desses signos, por exemplo, marca o princípio da capacidade comunicacional, bem como a produção cultural.

Etnocentrismo

O termo etnocentrismo se refere à forma de enxergar outra etnia a partir da sua visão. Ou seja, cultura, religião, idioma e modo de viver do outro tendo como base a sua realidade. De maneira geral, a visão etnocêntrica não permite que o indivíduo reconheça que existem outros modos de viver, sempre usando a sua cultura como referência para qualificar as outras culturas.

Ao estudar o etnocentrismo é possível entender qual é a sua associação a questões como racismo no Brasil e em outras partes do mundo e o que é xenofobia, mas também como se desencadeiam os processos de intolerância religiosa, relativismo cultural e outros.

Para se ter uma ideia, o regime nazista era considerado um exemplo de etnocentrismo, visto que os alemães consideravam a raça ariana superior em relação às demais, o que os levaram a expulsar e a matar diversos povos, o que se conhece por Holocausto.

Questões identitárias

Quando se fala de Antropologia, não podemos nos esquecer também da questão identitária. Um grupo identitário, por exemplo, é reconhecido a partir de um conjunto de elementos distintos que o formam, tendo características que os distinguem dos outros.

É por meio de tais questões que nasce a identidade cultural. Por exemplo, a religiosidade em cada grupo, seja católico, evangélico, judeu ou muçulmano etc., tem elementos únicos e hábitos que distinguem os grupos uns dos outros. O mesmo acontece com a questão da identidade musical, o funk, a MPB, a bossa-nova… Cada um tem seu ritmo e remete a um tipo de cultura específico.

Antropologia Psicológica

Na Antropologia Psicológica são estudados todos os processos e o formato de funcionamento da psique humana. Isso inclui as influências culturais e sociais na psicologia individual e no comportamento da pessoa.

O mais interessante é que tudo isso tem envolvimento com a religião, os rituais e as relações sociais, mas também medicina e eventos do mundo. Em algumas culturas, as convulsões são tidas como manifestações de espíritos que tomaram o corpo das pessoas, enquanto em outras, são explicadas por questões médicas, mais especificamente neurologia, tendo um viés totalmente científico.

Antropologia Filosófica

A Antropologia Filosófica se aproxima de um estudo da estrutura essencial do ser humano. Tudo se traduziria a partir de uma especulação filosófica, sendo que os elementos a serem trabalhados transcendem o entendimento humano, focando características da essência e não puramente humana.

A interpretação do ser humano é feita de maneira ontológica, no significado do ser. Os estudos refletem questões da vida, da religião e da cultura e suas relações com a Filosofia. Nomes como Platão, Sócrates e Max Scheler são bons exemplos para entender melhor sobre essa área da Antropologia.

De modo geral, o tema é uma importante matéria no vestibular e no Enem, sendo, inclusive, uma disciplina básica de muitos cursos das faculdades de Humanas. Portanto, quanto mais entendimento você tiver sobre a questão, melhor se sairá nas provas. Inclusive, no Trilha do Enem, você pode estudar de maneira prática e contextualizada sobre Antropologia para o Enem.

E então, gostou deste conteúdo? Agora, o convidamos a ler mais sobre a faculdade de Psicologia, que tem uma ligação direta com as questões antropológicas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: