Posso perder minha bolsa do Prouni por aumento de renda?

perder bolsa prouni aumento de renda

Muitos estudantes buscam créditos e descontos como forma de viabilizar a graduação, e os programas governamentais estão entre os mais desejados. Mas o que acontece se, após a faculdade, o aluno passa a ganhar mais dinheiro? Você pode perder bolsa do Prouni por aumento de renda?

A proposta do Programa Universidade para Todos é justamente promover a melhoria de vida e reduzir a desigualdade econômica. Portanto, não é qualquer mudança na condição do estudante que vai gerar a exclusão do benefício.

Se você tem dúvidas sobre quais aumentos de renda podem levar à perda do Prouni, continue a leitura. Explicamos como funciona a renovação da bolsa para você ficar tranquilo, caso conquiste o benefício!

O que é o Prouni?

O Prouni é um programa governamental em parceria com as faculdades privadas, em que são concedidas bolsas de 100% ou 50% para graduação. No processo seletivo, utiliza-se a nota do Enem, além de critérios econômicos e educacionais para conceder o benefício.

A renda máxima per capita permitida é de 1,5 salário mínimo para a bolsa integral e 3 salários mínimos para a bolsa parcial. Além disso, o interessado não pode ter diploma de nível superior e deve ter cursado o ensino médio na escola pública, ou como bolsista na escola particular.

Em relação à nota, o mínimo para se inscrever no programa é 450 pontos na prova de conhecimentos e acima de zero na redação, considerando o exame mais recente. Além desse objetivo, o aluno precisa superar a nota de corte do Prouni para o curso escolhido, que é calculada pela plataforma de seleção conforme a oferta e a demanda das graduações.

Vale ressaltar o sistema de cotas do Prouni é aplicável ao processo seletivo e pode facilitar o acesso ao ensino superior. Na prática, caso você preencha os requisitos, a concorrência será menor — portanto, a nota de corte do curso escolhido — dentro dos percentuais de vagas para pessoas com deficiência (PCD), pretos, pardos e índios.

Uma dica é acessar nosso manual do bolsista do Prouni para tirar todas as suas dúvidas antes de realizar a inscrição. Assim, você saberá o passo a passo para concorrer e comprovar os requisitos do programa, evitando surpresas na hora H.

O aumento da renda pode cancelar a bolsa?

Sim. Após obter o benefício, o aluno precisa cumprir as regras de manutenção da bolsa Prouni todos os semestres, apresentando os documentos necessários para renovar o benefício. A partir da aprovação, é dada a continuidade na bolsa para período seguinte.

Mudança socioeconômica

Um dos motivos para que o benefício não seja renovado é a mudança substancial da condição socioeconômica do aluno. Não se trata de simplesmente adquirir um novo emprego ou aumentar a renda, mas ganhos mensais devem evidenciar as plenas condições de pagar a graduação.

Renda permitida

Inicialmente, a avaliação desse critério tem como base os limites de renda per capita do programa: 1,5 salário mínimo para bolsa integral e 3 salários mínimos para bolsa parcial. Assim, caso ultrapasse o rendimento para o desconto de 100%, o estudante passaria para o de 50% e, ao superar os 3 salários mínimos, teria de pagar as mensalidades.

No entanto, a exclusão não é automática. Aliás, o responsável pela análise do benefício está autorizado a aceitar todos os documentos aptos a justificar a renda do aluno.

Imagine, por exemplo, a situação de um estudante que, após um novo emprego, passa a receber 2 salários mínimos. Fatores como pagamento de pensão alimentícia, custo de vida local, valor da mensalidade do curso superior, necessidade de tratamento médico e diversos outros elementos podem ser apresentados.

Portanto, para perder a bolsa do Prouni por aumento de renda, não se considera apenas o aumento dos ganhos acima dos limites do programa. É preciso ficar demonstrado que, após a análise de todos os documentos, existem recursos disponíveis para pagar o curso superior.

Nossa recomendação é que, se você tiver um ganho substancial na sua renda, avise o Ministério da Educação (MEC), que tomará a decisão sobre o cancelamento ou não da bolsa, caso seja comprovada a mudança de sua condição socioeconômica.

Quais são os cuidados para não perder a bolsa do Prouni?

Pelas informações acima, o principal cuidado do aluno é manter os documentos necessários para realizar a comprovação de ganhos e despesas. Por isso, caso você se torne um beneficiário desse e de outros benefícios com critério de renda, procure formalizar o que você ganhe e gasta todos os meses.

Um cuidado importante é realizar contratos de aluguel por escrito. Essa é uma das principais despesas da maioria das pessoas e tem grande impacto na avaliação da condição socioeconômica durante o processo de renovação da bolsa.

Você também pode manter notas fiscais e outros documentos que mostrem despesas essenciais com a faculdade. É o caso, por exemplo, dos gastos com transporte público e materiais didáticos indispensáveis. Tudo isso será pesado na hora de avaliar a condição socioeconômica.

Caso você não tenha os documentos, converse com o responsável pela renovação do benefício. Existem diversas opções para comprovar as declarações realizadas, e o profissional pode auxiliar, indicando outros registros válidos.

Ah! Em nenhuma situação, dê declarações ou apresente documentos falsos. Tais situações podem levar a exclusão do programa, bem como a penalidades criminais.

Como acessar as regras do programa?

Além de cumprir os critérios de renda, é importante ficar atento ao edital do Prouni. Nesse documento, são fixadas as regras do processo seletivo com os critérios utilizados para se conceder a bolsa de estudos na faculdade.

Após selecionado, acompanhe os comunicados da secretaria do curso sobre o processo de renovação da bolsa, que acontece ao final dos semestres. Isso porque, pode haver mudanças na lista de documentos, prazos e procedimentos, e o planejamento é a melhor medida para cumprir todos os requisitos.

Outro ponto importante é a dedicação aos estudos. O bolsista do Prouni precisa manter uma aprovação mínima em 75% nas disciplinas e ter uma frequência mínima em sala de aula de 75%. Logo, deve ser uma pessoa comprometida com a faculdade.

Além disso, como visto, você não precisa se preocupar caso os seus ganhos mensais aumentem, pois não haverá prejuízo para seguir na faculdade. O cancelamento do benefício só vai acontecer se o crescimento financeiro atingir o montante suficiente para você pagar a faculdade: o propósito do programa é justamente melhorar a sua vida. 

Tudo tranquilo? Então, agora é com você!

Lembre-se de que é importante apostar em diversas formas de ingresso para aumentar as suas chances de obter créditos e descontos. Você pode tentar os programas governamentais mesmo que já esteja realizando um curso superior, optando pelo benefício mais vantajoso quando sair o resultado.

Portanto, agora que você já conhece as regras sobre perder a bolsa do Prouni por aumento de renda e entende o programa mais a fundo, use as informações para maximizar as suas chances, unindo diversas estratégias para entrar para uma faculdade.

Para aproveitar todos os benefícios das faculdades particulares e começar de vez os seus estudos, faça a sua inscrição no vestibular online!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: