Entenda como funciona a nota de corte do Prouni

entendacomofuncionaanotadecortedoprouni

Para quem quer concorrer a algum dos programas do Governo Federal para o ensino superior, saber o que são as notas de corte é fundamental. Afinal, elas representam um elemento muito relevante na seleção dos candidatos aprovados. Mas o que significa esse conceito e como ele interfere nas suas chances?

Um dos programas que utiliza a nota de corte é o Programa Universidade para Todos (Prouni), que concede bolsas integrais (100%) ou parciais (50%) para ingressantes no ensino superior. O Prouni pode ser utilizado por alunos com renda familiar de até 3 salários-mínimos por pessoa e que foram estudantes da escola pública ou bolsistas em escolas particulares.

Neste post, vamos falar justamente das notas no Prouni: o que são, como são calculadas e o que elas tem a ver com a sua aprovação. Quer aumentar suas chances de começar uma faculdade com bolsa de estudo? Então, continue a leitura e tire suas dúvidas!

O que é a nota de corte do Prouni?

A nota de corte do Prouni é o marco que separa os candidatos aprovados dos que serão desclassificados. Ou seja, é a média mais baixa possível para conseguir a bolsa de estudos do programa. Ela serve de referencial para que os candidatos saibam se têm chances de serem aprovados.

Basicamente, a nota de corte varia conforme os seguintes critérios:

Levando em conta esses fatores, o sistema do Inep atualiza a nota de corte parcial durante todos os dias em que as inscrições do Prouni ficam abertas, registrando a média do último candidato aprovado até o momento. As notas de corte oficiais só são informadas ao término das inscrições.

Qual é a diferença entre nota de corte e nota mínima do Prouni?

Independentemente das notas de corte de cada curso, existe uma nota mínima exigida de todos os interessados na inscrição do Enem 2020, que se mantém desde as edições anteriores: 450 pontos. Um candidato com média menor do que isso não pode concorrer a nenhuma vaga, pois todas as notas de corte são obrigatoriamente maiores do que a nota mínima do Prouni.

A nota de corte varia de acordo com o curso?

Sim! Como vimos, o número de vagas abertas, a turma e o desempenho dos inscritos interfere na definição da nota de corte. Então, a tendência é que cursos com menos vagas e candidatos com médias do Enem mais altas tenham, também, notas de corte maiores.

Por exemplo, cursos de prestígio, que têm uma boa empregabilidade e alta remuneração são bastante visados pelos estudantes. Logo, eles tendem a se preparar mais para o ingresso no ensino superior. Com isso, têm melhores notas do Enem e, consequentemente, contribuem para deixar as notas de corte mais altas.

Veja a qual é a nota de corte do Prouni, em média, de alguns dos cursos mais procurados, de acordo com um levantamento do Quero Bolsa:

A nota de corte varia de acordo com a instituição de ensino?

Sim! Afinal, existem concorrentes com médias muito diferentes entre duas faculdades que oferecem o mesmo curso. Sem contar que o número de vagas também influencia o cálculo da nota de corte. Na modalidade de educação a distância, as notas costumam ser mais baixas, visto que o número de vagas é bem maior.

Então, em vez de pensarmos no desempenho dos 10 ou 20 primeiros colocados para conseguir bolsas em uma turma presencial, por exemplo, estamos lidando com dezenas ou centenas de vagas para uma mesma turma na EAD. Essa é uma das grandes vantagens dessa modalidade de ensino.

A nota de corte varia de acordo com a edição do Prouni?

Sim! Um dos critérios que altera a nota de corte é a média geral do Enem. Conforme o nível de dificuldade das questões da edição atual do exame, os concorrentes podem ter um desempenho médio menor ou maior do que nos anos anteriores.

Por esse motivo, não dá para para saber qual é a nota de corte do Prouni antes de começar o período de inscrições. A solução é observar as notas dos anos anteriores para ter uma ideia — elas não costumam mudar tanto assim.

Como funciona a nota de corte parcial do Prouni?

Lembra que comentamos que a nota é atualizada todos os dias durante o período de inscrições? Pois então: o valor registrado diariamente é a chamada nota de corte parcial.

Para ilustrar, vamos a um exemplo: imagine que a turma de Jornalismo da faculdade X vai abrir 10 vagas. Entre os inscritos para esse curso, o 10º colocado, em ordem decrescente de desempenho no Enem, tem uma média de 600 pontos. O que significa que essa é a nota de corte parcial.

No entanto, no dia seguinte, novos concorrentes se inscrevem para esse curso e alguns deles têm notas mais altas do que essa. Agora, o 10º colocado é um candidato com média de 670 pontos — essa é a nova nota de corte parcial.

No final do período de inscrições, a última atualização da nota de corte fica registrada em 680 pontos. Então, somente os 10 candidatos com nota acima disso conseguirão a bolsa.

Acompanhar esse referencial é muito útil porque, se você vê que a sua média no Enem não bate a nota de corte, ainda tem tempo de trocar a inscrição até o final do período em que elas ficam abertas.

Assim, dá para optar por outro curso, turma ou instituição de ensino em que você será potencialmente selecionado. Afinal, se você não tem uma média superior à nota de corte, está automaticamente desclassificado na 1ª lista de convocados.

É claro: existem as listas de espera. Porém, as as chances de conseguir uma vaga caem bastante, já que você precisa contar com a desistência de algum dos selecionados para que abra uma vaga remanescente.

Uma observação importante é que a nota de corte não é atualizada em tempo real e existem muitos candidatos se inscrevendo e mudando suas opções a todo momento no Prouni. Portanto, ela não é uma regra, apenas um referencial para ajudar os concorrentes a tomarem decisões.

Deu para entender que a nota de corte do Prouni é a média do último concorrente selecionado, não é? Portanto, é ela que define quem conseguirá uma bolsa de estudos ou não. Entender esse funcionamento, ficar de olho nas tendências de cada curso e, principalmente, ter um bom desempenho no Enem são medidas importantes para aumentar suas chances.

Então, leia nosso guia completo para conquistar sua aprovação no Enem e garanta uma ótima nota no Exame!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: