Quem foi Juscelino Kubitschek e qual é sua importância para o Brasil?

Juscelino Kubitschek

Juscelino Kubitschek foi presidente do Brasil entre 1956 e 1961. Nessa época, o país vivia um instante político turbulento depois do suicídio do ex-presidente Getúlio Vargas em 1954.

Depois da morte de Vargas, seu substituto João Café Filho sofreu muita pressão da sociedade. Assim, a eleição de 1955, marcada pela vitória de Kubitschek, aconteceu em um momento tenso.

Porém, a política desenvolvimentista de JK convenceu a maioria dos eleitores. Dessa forma, JK seria empossado em 1956, ao lado de seu vice, João Goulart (o Jango), ex-ministro do Trabalho de Vargas.

Para se ter uma ideia do clima acirrado, logo depois do resultado das urnas, membros da derrotada UDN (União Democrática Nacional) articularam um golpe para tirar Juscelino do poder. Contudo, o comandante militar Henrique Teixeira Lott conteve a revolta.

Quer saber mais sobre Juscelino Kubitschek, essa importante figura da história brasileira? Então, embarque com a gente nesta aventura!

Quem foi Juscelino Kubitschek?

Mineiro da cidade de Diamantina, Juscelino Kubitschek foi médico e político. Dessa forma, sua gestão como presidente ficou famosa pelo enorme estímulo ao desenvolvimento industrial. Por outro lado, ele também entrou para a história como um relevante causador do endividamento público brasileiro.

Assim, suas ações tiveram impactos negativos e positivos na economia brasileira. Antes de se tornar presidente, ele foi prefeito de Belo Horizonte, onde realizou grandes obras, como a pavimentação da área central da capital mineira.

Como se deu a sua carreira política?

Juscelino Kubitschek foi um dos poucos presidentes que conseguiu ter suporte da maioria do Congresso Nacional em tempos de plena democracia. Assim, com o amplo apoio de senadores e deputados, ele conseguiu implementar seu tão conhecido Programa de Metas.

Para obter alianças políticas, ele distribuiu ministérios a aliados do PSD, legenda à qual JK era afiliado. Além disso, ele coaptou a colaboração de varguistas, já que entregou ao PTB o Ministério do Trabalho e a Previdência Social.

Naquela época, o PTB era representado pelo vice-presidente de JK, João Goulart, um dos maiores herdeiros políticos da Era Vargas.

JK passou por duas revoltas promovidas pela Aeronáutica, mas conseguiu impedir que elas avançassem agradando aos militares de várias maneiras. Assim, ele reforçou o orçamento do Ministério da Defesa, concedeu perdão aos revoltosos e distribuiu muitas promoções aos integrantes das Forças Armadas.

Além disso, ele persuadiu os militares com a nomeação de muitos deles para cargos civis, como a presidência da Petrobras, por exemplo.

Como era o Programa de Metas do governo JK?

Prepare-se: pode aparecer Juscelino Kubitschek no Enem por causa do seu famoso Programa de Metas. Esse projeto tinha como propósito acelerar o crescimento e levar a capital federal do Rio de Janeiro para Brasília. Para isso, ele idealizou a construção desta última cidade, no coração do Planalto Central.

50 anos em 5

Slogan de sua campanha eleitoral e a principal diretriz do Programa de Metas, a frase “50 anos em 5” popularizou o nome de JK por todo o país. Segundo esse pacote, 31 medidas foram escolhidas em diferentes setores.

Nesse contexto, seu mandato foi fortemente marcado pela intervenção estatal na economia. Afinal de contas, Juscelino queria “dar as cartas na questão dos investimentos”, tanto privados como públicos. Assim, a ideia mais importante do Programa de Metas era criar um ritmo acelerado para o desenvolvimento.

Quais foram os seus principais feitos para o Brasil?

Quando pensamos sobre quem foi Juscelino Kubitschek e qual o seu real legado, imediatamente lembramos de Brasília e do Programa de Metas. Esses feitos trouxeram avanços significativos para o país.

Afinal, o Programa permitiu alargar a fabricação de máquinas e matérias-primas. Assim, o parque industrial se fortaleceu, mas a área rural também foi contemplada com a mecanização de várias tarefas no campo.

banner calculadora bolsa enem

Além disso, JK construiu hidrelétricas, refinarias de petróleo, rodovias e ferrovias. Mais um aspecto de sua gestão foi o início da produção de bens de consumo em território brasileiro. Assim, podemos citar a indústria automotiva e a de eletrodomésticos.

Com a expansão das indústrias, JK pôde ampliar os salários dos operários. Dessa forma, por um tempo, ele inflou sua popularidade. Por sua vez, a classe média se sentia mais protegida e confortável com a facilidade de crédito e empregos bem-remunerados nas indústrias.

Por tudo isso, JK tem grandes chances de cair em História no Enem, além de outras disciplinas como Sociologia e Geografia.

Por que a morte de JK causa polêmica até hoje?

Em 1976, JK morreu em um acidente de carro na Rodovia Presidente Dutra. Porém, desde aquela época até hoje, circulam versões de que o óbito não teria sido por acaso.

Segundo algumas correntes de pensamento, representantes da Ditadura Militar teriam matado o ex-presidente. Mais tarde, em 2013, a Comissão Municipal da Verdade de São Paulo confirmou em seu relatório final que essa seria a verdadeira história.

No entanto, um ano depois, em 2014, a Comissão Nacional da Verdade negou essa ideia, reiterando a teoria de que a causa da morte foi um acidente automobilístico.

Outras mortes suspeitas em 1976 e 1977

Mais ou menos no mesmo período, outros dois políticos morreram de repente, supostamente por causa de ataques cardíacos. Em 1976, ainda no mesmo ano da morte de JK, morreu Jango, que foi seu vice na presidência (1956-1961).

Pouco tempo depois, em 1977, Carlos Lacerda, jornalista e político, também faleceu por problemas no coração. Por causa dessas duas outras mortes, a polêmica sobre o que aconteceu com JK, durante muito tempo, foi alimentada. Na realidade, até hoje não se sabe ao certo o que ocorreu com Juscelino.

Como a vida desse político pode cair no Enem?

As provas do Enem exigem do estudante uma noção ampla e criteriosa sobre os fatos. Por essa razão, dificilmente vai cair uma pergunta muito simples, como “quem foi Juscelino Kubitschek?”.

Nesse sentido, você precisa interpretar os episódios históricos em vários ângulos. Mas o que JK tem a ver com isso? É o seguinte: embora tenha trazido muito progresso e seja hoje lembrado como um grande desenvolvimentista, os planos dele também trouxeram danos à economia.

Impopularidade

Em meados de seu mandato, Juscelino enfrentou greves e revoltas estudantis. Apesar do nome de seu projeto (Nacionalismo Desenvolvimentista), foi necessário abrir o mercado brasileiro para investidores externos.

Excesso de gastos

Para concretizar suas grandes obras, Juscelino gastou muito dinheiro. Desse modo, ele aumentou salários, criou mais linhas de crédito pelo Banco do Brasil e fez um empréstimo de 300 milhões de dólares junto ao FMI (Fundo Monetário Internacional).

Inflação

Como resultado, a elevada despesa pública fez explodir a inflação. Em outras palavras, pode aparecer Juscelino Kubitschek no vestibular ou no Enem também pelos aspectos negativos de seu governo.

Visão panorâmica

Você deve absorver conhecimento de várias fontes para formar uma visão panorâmica sobre os temas. Porém, pode bater um certo cansaço ao ficar muito tempo na mesma matéria, não é?.

Por isso, uma maneira de tornar os estudos mais dinâmicos é variar os meios que você usa para acessar o conteúdo. Se você pensar bem, não faltam videoaulas e podcasts para o Enem que podem tornar um mesmo assunto mais interessante.

Continue sua preparação para as provas!

Como você viu, Juscelino Kubitschek foi um presidente que marcou a história brasileira. Afinal de contas, ele construiu Brasília, que é a nossa capital até os dias de hoje. No entanto, seu governo teve despesas públicas e inflação nas alturas! Então, estude esse ex-presidente sob aspectos positivos e negativos.

E aí, gostou de saber um pouquinho mais sobre JK? Viu como estudar não é tão difícil nem tão chato? Que tal mais uma inspiração para te animar com as matérias? É simples: baixe gratuitamente o e-book: Preparação para o Enem 2021 e arrase em suas provas!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.