Qual é a diferença entre Fisioterapia e Terapia Ocupacional?

diferença entre fisioterapia e terapia ocupacional

Se você gosta de cuidar das pessoas e tem o sonho de ajudar pacientes a restaurarem suas habilidades e funções motoras, já deve ter se perguntado qual a diferença entre Fisioterapia e Terapia Ocupacional, não é mesmo? Atrelados à área da saúde, os dois cursos proporcionam uma visão ampla sobre intervenções, com fins terapêuticos e reabilitações em várias situações.

Quem se interessa em estudar o corpo humano e gostaria de ter vivência prática na faculdade, merece saber mais detalhes sobre as duas profissões. Por isso, nós, do Vestibulares, preparamos um post para esclarecer todas as suas dúvidas sobre a diferença entre Fisioterapia e Terapia Ocupacional. Boa leitura!

Qual é o objetivo do curso de Fisioterapia?

Tem dúvidas sobre o que é Fisioterapia? O objetivo dessa graduação é formar pessoas aptas a atuar na prevenção, promoção, reabilitação e recuperação da saúde do paciente e da comunidade. Os profissionais lidam com vários tipos de demandas, como:

  • nichos específicos, como idosos, atletas e gestantes;
  • paciente com deficiência mental e/ou física;
  • paciente portador de distúrbio neurológico, cardíaco e respiratório;
  • paciente com disfunção orgânica causada por problemas de saúde ou acidentes.

Por meio de matérias práticas e teóricas, o fisioterapeuta consegue oferecer o melhor tratamento para cada pessoa. Ele realiza desde a escolha da condução dos procedimentos até o diagnóstico físico. Tudo isso tendo como alvo um atendimento personalizado e humanitário.

O objetivo principal da atuação dos fisioterapeutas é conquistar a reabilitação dos pacientes, trabalhando para garantir uma boa qualidade de vida, o que permite que eles tenham conforto e independência em atividades como respirar, andar e conduzir movimentos.

Como é o curso superior de Fisioterapia?

A faculdade de Fisioterapia prepara os alunos a entrarem em contato com diferentes desafios do dia a da profissão. No decorrer da faculdade, você desenvolve habilidades técnicas e visão humana em relação ao trabalho, com criticidade, empatia e ética.

Nesse caso, se prepara para diferentes níveis de atenção à saúde, sempre visando o bem-estar das pessoas. Se você já se perguntou quantos anos leva para se formar em Fisioterapia, saiba que a graduação dura aproximadamente 5 anos (10 semestres).

Com aulas práticas e teóricas, é possível unir os conceitos e os conhecimentos às aplicações no dia a dia, com possibilidade de participar de atividades de extensão e pesquisas. O aluno também deve fazer estágio supervisionado, que é uma excelente oportunidade de vivenciar a rotina do profissional.

Por ser um dos cursos da área da saúde, o aluno entra em contato com disciplinas das Ciências Biológicas, além de práticas e conceitos vindos das Ciências Humanas e Sociais. A grade curricular contempla disciplinas como:

  • Genética;
  • Saúde Coletiva;
  • Ciências Moleculares e Celulares;
  • Cinesioterapia Geral;
  • Recursos Terapêuticos Manuais;
  • Prótese e Órtese;
  • Fisioterapia na Saúde do Trabalhador.

Como se organiza a rotina de um profissional de Fisioterapia?

Quando se trata da Fisioterapia, todo expediente é novo. Isso porque, para cada pessoa, existe um tratamento único e personalizado, que atende às necessidades e às demandas. As principais atribuições do profissional são:

  • promover a reabilitação em vários contextos;
  • acompanhar a execução de movimentos;
  • prescrever exercícios e fisioterapias.

Se você pensa em prestar vestibular de Fisioterapia e conquistar uma carreira de sucesso, saiba que está no caminho certo: os salários da área são atrativos e promissores, com uma média de R$ 2.870,36 *. Mas lembre-se que é possível aumentar os ganhos ao se especializar em alguma das áreas da Fisioterapia.

Qual é o objetivo da faculdade de Terapia Ocupacional?

O objetivo do curso de Terapia Ocupacional é formar profissionais aptos a atuar com a reabilitação humana, tendo como foco principal a recuperação psicomotora dos pacientes. Além disso, se dedica ao tratamento, à prevenção e aos estudos de pessoas portadoras de alterações cognitivas e perceptivas.

Teste Vocacional Rápido

Para isso, esse ramo usa e sistematiza as atividades humanas como base para criar projetos terapêuticos específicos.

Como é o curso de Terapia Ocupacional?

Se você pensa em seguir carreira na área e ainda está em dúvida sobre o que é Terapia Ocupacional, saiba que o curso tem como foco principal a promoção da qualidade de vida dos pacientes, levando em conta as particularidades de cada situação. A graduação é do tipo Bacharelado e dura cerca de 4 anos.

Nos primeiros períodos da faculdade, os alunos estudam conteúdos gerais e mais abrangentes e, ao longo dos anos, as matérias se tornam específicas e complexas. As principais disciplinas estudadas durante o curso são:

  • Terapia Ocupacional na Saúde do Adulto e do Idoso;
  • Métodos e Técnicas de Intervenção em Terapia Ocupacional;
  • Promoção de Saúde e Prevenção de Doenças;
  • Ergonomia;
  • Fisiologia Humana;
  • Antropologia Cultural.

A formação também conta com matérias práticas e estágio obrigatório. De modo geral, ele é feito em centros de reabilitação e saúde, asilos, comunidades ou hospitais. O TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) deve ser feito ao final da faculdade.

Como é a rotina de trabalho de um terapeuta ocupacional?

O profissional é responsável por auxiliar o paciente a fazer suas atividades cotidianas, como alimentação, higiene e atividades sociais em geral quando há doenças dificultam esse processo.

Assim como o fisioterapeuta, o terapeuta ocupacional pode trabalhar em diferentes locais, como lar de idosos, ambulatórios, clínicas, hospitais, empresas, escolas, casas de família etc. A remuneração média da profissão é de R$ 2.758,90* para uma jornada de trabalho de 29 horas semanais.

Se você deseja seguir carreira na Fisioterapia ou na Terapia Ocupacional, saiba que o primeiro passo é estudar em uma instituição de ensino completa. Para isso, escolha aquela que tenha um corpo docente atualizado, infraestrutura de qualidade e laboratórios de ponta para a realização das aulas práticas.

Tudo isso pode ser encontrado nas faculdades parceiras do Vestibulares, que contam com outro diferencial: o Canal Conecta, portal gratuito de empregabilidade que conecta você às melhores empresas da região!

Conheça mais os cursos!

E aí, entendeu qual é a diferença entre Fisioterapia e Terapia Ocupacional? Se ainda tem dúvidas, converse com pessoas do ramo e pesquise sobre o mercado de trabalho e as áreas de atuação de cada uma delas para fazer uma escolha certeira!

Gostou de conhecer as diferenças entre os dois cursos e quer estudar em uma faculdade de qualidade e bem-conceituada? Então, inscreva-se no vestibular online e saia na frente!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3.8 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.