Posso perder a bolsa do Prouni por reprovação? Entenda

estudante com medo de perder a bolsa do prouni por reprovação

Desde sua criação em 2005 com a lei nº 11.096, o Programa Universidade para Todos (Prouni) distribuiu milhões de bolsas de estudos para pessoas com renda familiar limitada. Para muitos, foi a chance de mudar completamente a trajetória das suas vidas.

Mas você sabia que não basta atender a todos os requisitos para manter a bolsa de estudos até o fim do curso? Sim, se algumas regras forem quebradas, o benefício pode ser suspenso. Aliás, um dos pontos que mais causa dúvida nos estudantes é se é possível perder a bolsa do Prouni por reprovação.

Acalme-se, sabemos que às vezes uma matéria é muito difícil e acabamos por ter de refazê-la. Então, até para esses casos existe tolerância. Continue a leitura do post e veja essa e outras situações em que a bolsa do Prouni pode ser suspensa. No final, confira algumas alternativas de bolsas de estudo além do programa federal.

Como funciona o Prouni e a quem se destina?

Antes de mais nada, vamos entender qual é o objetivo do Prouni, para quem se destina e seu funcionamento. Como o Brasil é um país com realidades socioeconômicas muito diferentes, o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou, em seu primeiro mandato, o Prouni.

Com o programa, o Governo Federal facilitou o acesso ao ensino superior a pessoas com renda familiar mensal per capita de até três salários mínimos. É possível ter uma bolsa integral do Prouni (100%) ou parcial (50%). Ambas valem até o final do curso.

Além da renda no Prouni, é preciso ter cursado o ensino médio em escolas públicas ou na rede particular como bolsista integral. Também, é obrigatório ter feito a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtido, no mínimo, 450 pontos, sem zerar a redação.

Ainda, professores da rede pública e portadores de deficiência estão autorizados a participar do processo seletivo.

A oferta de bolsas acontece duas vezes por ano. Então, você participar do processo seletivo no início do primeiro semestre ou tentar o Prouni no meio do ano. As datas costumam variar um pouco, portanto é sempre bom ficar de olho nas notícias. As inscrições são gratuitas e acontecem pela internet, no site do Prouni.

Em que situações a bolsa do Prouni pode ser perdida?

Parabéns! Você recebeu a bolsa do Prouni e agora pode começar a fazer a sua graduação. Mas não vacile durante o curso, pois você pode perder o benefício, de acordo com seu desempenho ou outros eventos que aconteçam com você. Então, vamos lá. Começando pela reprovação, veja as situações que podem levar à perda do desconto.

Reprovação em mais de 25% das disciplinas de cada período

Em primeiro lugar, tenha atenção à nota mínima da faculdade, pois o Prouni será cancelado caso você não consiga aprovação em 75% das disciplinas cursadas em um mesmo período letivo.

Em um exemplo prático, se seu curso tem seis disciplinas naquele semestre, é imprescindível que você tenha aprovação em cinco delas. Essa é uma exigência do MEC para que garantir que todo aluno dê a devida dedicação ao curso. Do contrário, o benefício será destinado a outra pessoa, por exemplo, nas chamadas bolsas remanescentes do Prouni.

Por outro lado, sabemos que não só falta de persistência leva a um rendimento baixo no curso. Defasagem de aprendizagem no ensino médio, dificuldade de compreender a matéria e até questões familiares podem afetar a vida acadêmica.

Se você reprovar em mais de 25% das disciplinas, deve procurar a coordenação de curso e apresentar argumentos relevantes para que sua bolsa seja mantida. Então, será feita uma solicitação para a continuidade do benefício. Esse recurso pode ser utilizado por até duas vezes.

Em caso de evasão escolar

Alunos que faltarem a mais de 25% das aulas são enquadrados em “evasão escolar”. Logo, perder o benefício da bolsa do Prouni automaticamente. Além disso, de acordo com um parecer do MEC, do ano de 1997 e ainda vigente, todo aluno que não tiver o mínimo de 75% de presença nas aulas pode ser reprovado por faltas.

Essa regra vale para o Prouni, e o controle da frequência dos estudantes fica a cargo das faculdades.

Matrícula em instituições públicas ou gratuitas

Digamos que você conseguiu uma bolsa de estudos pelo Prouni, mas passou em alguma instituição pública ou gratuita. Esse é um caso em que você perderá o benefício, pois o MEC reconhece que você poderá cursar normalmente a graduação.

Não realização da matrícula no período correto

Tenha atenção aos prazos para a realização da matrícula na faculdade, do contrário, o benefício será automaticamente cancelado. Então, separe com antecedência todos os documentos exigidos pelo Prouni e apresente-os o quanto antes para efetuar sua inscrição.

Não apresentação de documentos pendentes

No final de cada semestre, o estudante precisa atualizar as informações de beneficiário do Prouni. Para isso, deve apresentar novamente uma série de documento à coordenação do curso na faculdade. Um exemplo de documentos é o histórico do ensino médio comprovando que o aluno não concluiu a graduação.

Quais são as alternativas de bolsas de estudo e descontos além do Prouni?

Caso você não tenha superado a nota de corte do Prouni ou ainda esteja na lista de espera do Prouni, é interessante conhecer outras formas de bolsas de estudo ou descontos oferecidos pelas faculdades. Veja como exemplo as oportunidades oferecidas pelas instituições parceiras do Vestibulares.

Bolsa Incentivo

É uma bolsa destinada a estudantes que estejam, principalmente, com dificuldades financeiras para começar a faculdade. Por ter caráter filantrópico, cada caso é analisado individualmente e o desconto estipulado conforme a realidade do candidato.

Bolsa Primeiro Semestre

Desconto de até 20%* para o primeiro semestre da faculdade, tanto na modalidade presencial quanto no ensino a distância (EAD).

Bolsa Familiar

Até 20%* de desconto para membros de uma da mesma família que estudem em uma das instituições participantes do Vestibulares.

Bolsa Transferência

Transferências externas dão direito a 35%* de desconto nas mensalidades de cursos presenciais e a 20%* nos cursos EAD, até o fim da graduação.

Convênio Empresa

As faculdades com Convênio Empresa permitem que funcionários, seus cônjuges e dependentes até 24 anos tenham descontos nas mensalidades. Para isso, é importante entrar em contato com a unidade de interesse participante do Vestibulares.

Parcelamento Estudantil Privado (PEP)

O PEP é destinado a alunos calouros de cursos de graduação presencial e garante financiamento de até 70%* de seu curso, de maneira simples e ágil.

Agora você já tem um bom número de informações para não perder a bolsa do Prouni por reprovação ou qualquer outro tipo de pendência. Além disso, se você acha que não se enquadra no programa do Governo Federal, conheceu algumas alternativas que vão facilitar a sua entrada na graduação.

Bem, agora é com você. Não deixe para mais tarde o sonho de construir sua carreira. Inscreva-se já no vestibular e transforme seu futuro!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: