O que é o desenvolvimento sustentável na prática?

plantinha representando desenvolvimento sustentável

Foi na Eco-92 (Conferência da ONU no Rio de Janeiro, em 1992) que o termo desenvolvimento sustentável tomou força e é uma das mais importantes temáticas da atualidade. E isso não é por acaso. Com o aumento da população mundial, a maior demanda por alimentos e a globalização do consumo, é necessário repensar os caminhos do uso dos recursos naturais e os impactos disso no meio ambiente. 

Pensando nisso, fizemos este artigo sobre o assunto para que você possa entender mais sobre o desenvolvimento sustentável e como ele pode ser assunto da sua próxima prova do Enem. Preparado? Então, continue a leitura!

O que é desenvolvimento sustentável?

Segundo a ONG WWF-Brasil, a melhor definição para a expressão desenvolvimento sustentável é “o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro”, sendo três pontos responsáveis por sustentá-lo:

  • econômico;
  • social;
  • ambiental.

Ao uni-los é possível priorizar aquelas ações focadas em uma sociedade mais justa, igualitária, mas também consciente, ou seja, focada em trazer vantagens para todos. Da mesma maneira, tal desenvolvimento reconhece que os recursos disponíveis são finitos, por isso, é tão importante o cuidado para com eles.

Além do uso consciente dos recursos naturais, no desenvolvimento sustentável há uma forte preocupação com as mudanças na forma como o consumo pelos seres humanos acontece e com a conscientização da população. Porém, também se exige a criação de políticas que minimizem os impactos do consumo no meio ambiente, sem deixar de lado o crescimento econômico.

Desde a primeira vez que a expressão apareceu, em meados dos anos 1980, o mundo tem colocado um olhar atento sobre a sustentabilidade. Não por acaso, eventos como a Eco-92, ganharam visibilidade.

Quais são os principais pontos vantajosos?

O desenvolvimento sustentável traz vantagens não só para o meio ambiente, mas também para as pessoas e empresas que o adotam. Veja só.

Economia 

A começar pelas empresas e pelos governos que adotam práticas sustentáveis, uma das maiores vantagens obtidas é a economia. A princípio, é preciso se adaptar à nova realidade, o que exige compras de equipamentos mais modernos, por exemplo, o que representa um gasto. No entanto, mais à frente, a realidade inverte, a economia gerada cobre os custos disso.

Isso porque os investimentos em práticas sustentáveis promovem uma cultura na empresa que visa a redução dos desperdícios e permite a utilização consciente dos recursos naturais. Vale lembrar que, muitas vezes, o governo oferece incentivos fiscais para organizações que atuam de maneira ecologicamente correta. Na prática, há um reflexo também para o consumidor, que tem acesso a produtos fabricados de maneira sustentável. 

Redução dos poluentes na atmosfera 

A emissão de gases poluentes pelas indústrias, mas também na utilização de veículos prejudica (e muito) a saúde nas cidades. Quando há uma preocupação com o desenvolvimento sustentável, a realidade pode mudar e se tornar mais favorável aos seres humanos. 

A partir do momento em que o foco está na redução desses poluentes, a qualidade do ar melhora. Mas não é só isso. Além de trazer mais saúde para o ser humano, essa diminuição dos poluentes também ajuda a evitar as mudanças climáticas drásticas, a reverter o aumento do efeito estufa e a preservar os biomas, permitindo a sua regeneração. 

banner calculadora bolsa enem

Preservação ambiental 

Falando sobre preservação, o desenvolvimento sustentável promove uma série de ações que incluem o uso de energias renováveis, o que evita o consumo dos recursos não-renováveis de maneira inconsequente. Além disso, foca em aspectos como a reciclagem de materiais, bem como promove o melhor tratamento do lixo. 

Todas essas ações previnem o desmatamento, que é uma das maiores dificuldades do mundo moderno: unir a preservação do ambiente ao crescimento urbano (atendendo às demandas da população). 

Como o Brasil interage como a ideia?

O Brasil tem um dos biomas mais ricos e diversos do planeta. Inclusive, o país pode ser líder em desenvolvimento sustentável, de acordo com estudiosos. Porém, para isso, é preciso adotar medidas mais adequadas para poder usufruir de todo o seu potencial. 

Apesar da legislação e do capital humano, há muitos profissionais habilitados para atuar diretamente na preservação ambiental, muitas leis não são cumpridas. Prova disso são os desmatamentos que têm crescido fora do controle. Muitos dos focos de queimada, por exemplo, têm origem na ação humana. Ou seja, há uma necessidade urgente por maior fiscalização e aplicação de multas e punições mais severas. 

A mudança da postura na política ambiental brasileira tem gerado preocupação, além de levar o país a perder seu papel de protagonista no setor. Inclusive, países da União Europeia já sinalizaram sanções ao Brasil, caso o país não reveja a adoção de medidas adequadas de desenvolvimento sustentável. Isso interfere nas negociações internacionais, o que pode prejudicar a nação como um todo, principalmente em seu aspecto econômico. 

Outra questão importante é com relação à integração das medidas na produção tanto de energia, quanto de alimentos e transporte. O país ainda precisa avançar e adotar políticas mais robustas de preservação. É fato que o Brasil tem se tornado um expoente no agronegócio, com chances de se tornar o maior produtor mundial, mas para que isso se torne realidade é necessário preservar o ambiente, pois ele interfere diretamente no clima, que por sua vez afeta toda a produção agrícola.

Como o conceito pode ser cobrado no Enem?

O assunto desenvolvimento sustentável no vestibular e no Enem merece atenção. Isso porque além de pertencer a uma discussão atual, também envolve aspectos das Ciências da Natureza. Entender a temática, como os países lidam com a questão, a importância do assunto, os eventos mundiais em torno da sustentabilidade e a própria maneira como a sociedade lida com isso é fundamental.

Também é muito importante conhecer as características dos biomas do Brasil e do mundo, saber sobre a questão climática e compreender os impactos futuros que a não-preservação pode causar, como desastres ambientais. Tanto nas questões de múltipla escolha quanto na redação, o tema poderá ser discutido. Logo, vale a pena se preparar e saber argumentar sobre o desenvolvimento sustentável.

Para isso, vale a pena lembrar do Trilha do Enem, um portal completo em que você pode estudar para a prova. Por lá você encontra videoaulas atualizadas e comentadas por professores que entendem do assunto e podem ajudá-lo a aumentar a eficácia dos seus estudos.

Lembre-se de entender a relação com outros assuntos!

Portanto, esteja atento sobre o desenvolvimento sustentável no Enem e como isso está ligado a outros assuntos. Inclusive, vale lembrar que a temática também estará presente no seu dia a dia no mercado de trabalho, afinal, faz parte das habilidades pedidas para as profissões do futuro.

Você se interessa pelas questões ambientais e tem vontade de trabalhar com isso? Então, saiba quais são as faculdades de Biológicas e como é a área!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.