Chuva ácida: o que é e como cai no Enem?

chuva ácida

banner de preparação para o enem 2021

Nosso planeta passa constantemente por uma série de processos físicos, químicos e biológicos. Por muitas eras geológicas, eles ocorreram exclusivamente devido às mudanças da própria Terra. No entanto, com o passar do tempo, essa realidade mudou.

Hoje, as mudanças acontecem também por conta de ações antrópicas, ou seja, causadas pelo homem. E, infelizmente, nem sempre elas são benéficas. Um bom exemplo disso é a chuva ácida, tema que pode cair no Enem e que você deve saber também para a sua vida!

Esse é um tema interdisciplinar, que pode aparecer tanto em sua prova de Química, quanto de Biologia e Geografia. Por isso, nada de dar mole! Vamos descobrir de uma vez por todas o que é a chuva ácida e por que ela é tão importante. Boa leitura!

O que é a chuva ácida?

De maneira resumida e objetiva, a chuva ácida é uma consequência da poluição ambiental que é observada a partir da acidificação da água das chuvas.

O que provoca esse fenômeno?

As chuvas ácidas são principalmente causadas pela poluição do meio ambiente. Seu foco está na emissão de gases que contêm óxidos nocivos à atmosfera, como o NO2 (dióxido de nitrogênio), SO2 (dióxido de enxofre) e SO3 (trióxido de enxofre).

Esses compostos passam por transformações ao entrarem em contato com o oxigênio do ar e a água, formando os ácidos nítrico, sulforoso e sulfúrico. Estes dois últimos são extremamente nocivos, fazendo com que a precipitação seja também prejudicial para o meio ambiente.

A poluição que emite esses gases para a atmosfera é, normalmente, originada de automóveis e de indústrias. Os grandes vilões são os combustíveis fósseis que, ao serem queimados, se transformam em compostos poluentes.

Lembrando que a ação do homem não é a única a liberar esse tipo de composto na atmosfera, ok? Erupções vulcânicas e descargas elétricas são outro exemplo de fenômeno que tem o mesmo efeito. A diferença está na frequência e na intensidade das emissões, que é muito maior na poluição humana.

Quais são as consequências da chuva ácida?

Agora, veja alguns dos impactos gerados pela ocorrência da chuva ácida.

Alterações no solo

Com a precipitação desse tipo de chuva, o solo pode sofrer alterações. Uma das principais é a acidificação, que acontece graças aos compostos presentes na água (que são, como o próprio nome já diz, ácidos).

Prejuízos à vegetação

As chuvas ácidas causam não só problemas físicos nas plantas, danificando suas estruturas ao caírem sobre elas, mas também ao crescimento dos vegetais, graças às mudanças ocasionadas no solo.

Contaminação de recursos

A chuva ácida também pode gerar a contaminação da água e do solo, fazendo com que eles fiquem inutilizáveis pelos seres humanos e, evidentemente, pelos outros animais.

Problemas para a biodiversidade

Com tudo isso, ocorre uma consequência grave: a perda progressiva da biodiversidade. Problemas em uma só espécie podem gerar uma reação em cadeia preocupante para os ecossistemas.

Danos às obras públicas

As chuvas ácidas também têm a capacidade de causar danos em estruturas como monumentos, pontes e edifícios. Isso acontece devido à presença de compostos originados do enxofre e do nitrogênio, que reagem com o cálcio e outros elementos.

Como estudar esse assunto para as provas?

Estudar a chuva ácida para o vestibular e o Enem pode ser algo bem complexo, devido à interdisciplinaridade do conceito. Por isso, a nossa dica é: estude o tema como um todo.

Apesar de ser cobrado em várias matérias, o assunto deve ser compreendido de maneira completa. Sendo assim, não se apegue tanto às divisões de disciplinas, mas sim na compreensão do que realmente está acontecendo.

As dicas para atingir essa compreensão são:

Outras dicas para aprender mais sobre isso é investir em assistir videoaulas ou documentários sobre o assunto. No YouTube você pode encontrar vários materiais gratuitos para isso!

Como a chuva ácida é cobrada na prova de Geografia?

Esse tema é clássico nas provas de Geografia no Enem. Confira um exemplo de questão:

(Enem 2011) Em 1872, Robert Angus Smith criou o termo “chuva ácida”, descrevendo precipitações ácidas em Manchester após a Revolução Industrial. Trata-se do acúmulo demasiado de dióxido de carbono e enxofre na atmosfera que, ao reagirem com compostos dessa camada, formam gotículas de chuva ácida e partículas de aerossóis. A chuva ácida não necessariamente ocorre no local poluidor, pois tais poluentes, ao serem lançados na atmosfera, são levados pelos ventos, podendo provocar a reação em regiões distantes. A água de forma pura apresenta pH 7, e, ao contatar agentes poluidores, reage modificando seu pH para 5,6 e até menos que isso, o que provoca reações, deixando consequências.

Disponível em: http://www.brasilescola.com. Acesso em: 18 maio 2010 (adaptado).

O texto aponta para um fenômeno atmosférico causador de graves problemas ao meio ambiente: a chuva ácida (pluviosidade com pH baixo). Esse fenômeno tem como consequência:

a) a corrosão de metais, pinturas, monumentos históricos, destruição da cobertura vegetal e acidificação dos lagos;

b) a diminuição do aquecimento global, já que esse tipo de chuva retira poluentes da atmosfera;

c) a destruição da fauna e da flora, e redução dos recursos hídricos, com o assoreamento dos rios;

Teste Vocacional Rápido

d) as enchentes, que atrapalham a vida do cidadão urbano, corroendo, em curto prazo, automóveis e fios de cobre da rede elétrica;

e) a degradação da terra nas regiões semiáridas, localizadas, em sua maioria, no Nordeste do nosso país.

Resposta: letra a.

Como a chuva ácida é cobrada na prova de Química?

Como esse assunto cai na prova de Química no Enem e em outros vestibulares? Confira um exemplo de exercício:

(UDESC 2009) Quando os derivados de petróleo e o carvão mineral são utilizados como combustíveis, a queima do enxofre produz dióxido de enxofre. As reações de dióxido de enxofre na atmosfera podem originar a chuva ácida.

Sobre a chuva ácida, escolha a alternativa incorreta.

a) o trióxido de enxofre reage com a água presente na atmosfera produzindo o ácido sulfúrico, que é um ácido forte;

b) SO2 reage com o oxigênio e se transforma lentamente em trióxido de enxofre. Essa reação é acelerada pela presença de poeira na atmosfera;

c) a chuva ácida é responsável pela corrosão do mármore, do ferro e de outros materiais utilizados em monumentos e construções;

d) tanto o dióxido quanto o trióxido de enxofre são óxidos básicos;

e) na atmosfera, o SO2 reage com o oxigênio e se transforma lentamente em trióxido de enxofre (SO3).

Resposta: letra d.

Como a chuva ácida é cobrada na prova de Biologia?

Agora, veja como o tema é cobrado na prova de Biologia do Enem!

(Enem 2013)

No esquema, o problema atmosférico relacionado ao ciclo da água acentuou-se após as revoluções industriais. Uma consequência direta desse problema está na:

a) redução da flora;

b) elevação das marés;

c) erosão das encostas;

d) laterização dos solos;

e) fragmentação das rochas.

Resposta: letra a.

Organize seus estudos!

Agora que você já viu exemplos clássicos de como a chuva ácida é cobrada nos vestibulares e no Enem e entendeu melhor esse conceito, é hora de organizar os estudos para mandar bem nas provas. Não deixe isso para depois, ok?

Precisa de uma ajudinha? Baixe o nosso e-book gratuito de preparação para o Enem!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.