Conheça os principais biomas brasileiros

biomas brasileiros

Um assunto que aparece bastante na prova de Biologia do Enem e outros vestibulares é a Ecologia. Contudo, por ser um tema amplo, os estudantes costumam ter dificuldade para saberem quais matérias estudar. Se esse for o seu caso, saiba que os biomas brasileiros são um dos tópicos mais cobrados, dada a sua grande relevância.

O conhecimento sobre isso pode auxiliá-lo na resolução de várias questões do Enem, principalmente de Biologia e Geografia. Para entender mais, é necessário conhecer as principais características de cada um, como o clima, a flora e fauna.

Neste post, mostraremos quais são os biomas brasileiros. Confira!

Quais são os principais biomas brasileiros?

Os biomas são conjuntos de ecossistemas (animal e vegetal) com uma diversidade biológica própria. De modo geral, existem seis tipos de biomas continentais, que apresentam flora e fauna local específicas. Eles são definidas pelas condições geográficas, climáticas, físicas e litológicas (das rochas).

A seguir, confira os biomas brasileiros que podem ser cobrados na prova de Biologia do Enem.

Amazônia

O bioma da Amazônia ocupa aproximadamente 40% do território brasileiro. Conhecida como o local de maior biodiversidade do mundo, abrigando a floresta Amazônica, essa área apresenta muitas particularidades, como vegetação densa, flora e fauna diversificada e rios extensos.

A vegetação do local se divide em 3 categorias:

  • mata de igapó — vegetação localizada nas regiões mais baixas do bioma e, por essa razão, a área permanece alagada quase todo o ano;
  • mata de várzea — vegetação localizada na região de altitude intermediária. Essa área se encontra alagada durante um determinado período do ano;
  • mata de terra firme — vegetação localizada nas partes mais altas da região. Por essa razão, a área de terra firme não sofre inundação.

A biodiversidade do bioma é muito grande, e várias espécies que habitam a Amazônia sequer foram estudadas. Em relação à flora, os vegetais se dividem em trepadeiras, arbustos, ervas, árvores e cipós, sendo que boa parte tem potencial medicinal.

O clima na região é muito quente e úmido e isso ocorre por causa das florestas que, por meio da evapotranspiração, perdem água para o ambiente. Os impactos do desmatamento na região afetam a maioria das espécies presentes, influenciando a sua distribuição.

Caatinga

A Caatinga é um bioma que se concentra na região Nordeste e ocupa cerca de 12% do território brasileiro. A vegetação é adaptada à aridez do solo e à escassez de água. Ela se apresenta em três estados:

  • herbáceo — espécies com altura abaixo de 2 metros de altura;
  • arbustivo — espécies entre 2 e 5 metros de altura;
  • arbóreo espécies que podem variar entre 8 e 12 metros.

As características principais da vegetação são troncos tortuosos, árvores baixas e que contêm folhas e espinhos que caem no período da seca. O clima é quente com estações secas prolongadas, e o regime de chuva influencia a vida de vegetais e animais. A fauna é muito rica e diversificada, apresentando anfíbios, aves, répteis, mamíferos e muitos animais invertebrados.

Como ocorre com outros biomas, a Caatinga sofre várias ameaças que comprometem a conservação da biodiversidade. As principais causas da destruição são mudanças no uso do solo, exploração dos recursos, queimadas e desmatamento.

Cerrado

O Cerrado é o segundo maior bioma brasileiro, representando cerca de 25% do território nacional. É reconhecido como a savana com grande biodiversidade. A vegetação é muito diversa, variando de formas campestres, como os campos limpos, à formação de florestas densas, como o cerradão. A variedade da vegetação é distribuída em dois estratos:

  • estrato herbáceo — composto por subarbustos e ervas;
  • estrato lenhoso — composto por arbustos e árvores longas.

O clima predominante é tropical sazonal, sendo caracterizado por um tempo quente com período de seca e chuva. Nesse local, vivem várias espécies da fauna, como jiboia, tamanduá, preá, lontra, queixada, cateto e capivara.

Por ter uma grande biodiversidade, o bioma sofre com o desmatamento, ocasionado principalmente pela agricultura e pecuária. Além disso, boa parte já foi destruída pelo processo de urbanização.

Mata Atlântica

A Mata Atlântica é um bioma muito rico que corresponde cerca de 15% do território nacional. Desde 1500, a região sofre com o desmatamento, a degradação do ambiente e as queimadas. É por essa razão que, atualmente, somente cerca de 7% da mata original está preservada.

Ela é constituída de ecossistemas associados e formações florestais nativas. Entre elas, é possível destacar:

banner calculadora bolsa enem
  • floresta estacional decidual;
  • floresta estacional semidecidual;
  • floresta ombrófita aberta;
  • mata de Araucárias;
  • floresta ombrófila densa.

Como está espalhada por todo o litoral do Brasil, a Mata Atlântica é submetida a diferentes climas, de acordo com a região. Eles variam de úmidos e quentes a moderadamente frios. A flora é rica em espécies endêmicas, como o jequitibá, o pau-brasil e o pinheiro-do-paraná, e a fauna contém várias espécies conhecidas, muitas das quais são animais em extinção, como capivara, anta, quati, arara e mico-leão-dourado.

Pampa

O Pampa é um bioma que ocupa aproximadamente 2% do território brasileiro e é constituído por vegetação campestre (herbáceas, gramíneas e algumas árvores). Ele pode ser dividido em:

  • floresta estacional;
  • formações pioneiras;
  • floresta estacional decidual;
  • floresta estacional semidecídua;
  • savana estépica;
  • estepe.

O clima é temperado, com temperatura média de 18 °C, formado por coxilhas onde se situam os campos de produção pecuária. O bioma é rico em diversidade vegetal, com grandes quantidades de arbustos e gramíneas. A fauna é muito diversificada e algumas das espécies encontradas são ema, joão-de-barro, sapinho-de-barriga-vermelha, furões e veados.

A grande biodiversidade da região é responsável por vários serviços ecossistêmicos, como:

  • controle da erosão do solo;
  • controle de pragas agrícolas;
  • purificação das águas;
  • estocagem de carbono.

Pantanal

O Pantanal é o menor bioma brasileiro e ocupa cerca de 1,76% do território nacional. Considerado pela UNESCO Reserva da Biosfera e Patrimônio Natural Mundial, essa região apresenta grande biodiversidade. O local se caracteriza pelo revezamento entre período de chuva, que ocorre de outubro a março, e de seca, que vai de abril a setembro.

Dessa maneira, o Pantanal fica quase que intransitável por terra no verão e, no inverno, os rios secam e sobra o barro. Logo, o solo formado é usado como área de pastagem para o gado. A vegetação pantaneira envolve arbustos, plantas rasteiras, árvores de médio porte e gramíneas.

Uma das faunas mais ricas do mundo, o bioma é composto por várias espécies de aves, répteis, mamíferos e peixes, como gaviões, tuiuiús, cobras, lagartos, jacarés, capivaras, tatu, piranha e jaú. A flora também é muito diversificada, formada por um mosaico de plantas da Mata Atlântica, Amazônia e Cerrado.

Um tema muito em alta sobre o bioma são as queimadas que afetam a região. Essas práticas que, na maioria das vezes, são ilegais, estão ligadas às atividades econômicas da pecuária e da agricultura, com o objetivo de adubar o solo por meio das cinzas resultantes das queimadas. A origem dessas queimadas são:

  • clima tropical aliado ao tempo seco;
  • ação humana;
  • aumento das atividades agrícolas.

Como os biomas brasileiros podem cair no Enem e no vestibular?

Como foi possível perceber, os biomas brasileiros são muito ricos em biodiversidade e sofrem queimadas e desmatamentos constantes. Por isso, esse tema é bastante cobrado no Enem e no vestibular.

Uma questão da prova de Ciências da Natureza e Suas Tecnologias do Enem de 2013 abordava sobre as adaptações dos órgãos vegetativos das espécies de plantas que habitam a Caatinga e perguntava sobre a característica das raízes.

Nesse caso, o aluno deveria lembrar que esse bioma apresenta chuvas irregulares e tem como característica a seca. Por isso, o sistema radicular precisa ser bem profundo e desenvolvido para conseguir absorver íons e água do solo. Veja só.

A Caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro, ocupando cerca de 7% a 10% do território nacional. Nesse ambiente seco, mesmo quando chove, não há acúmulo de água, pois o solo é raso e pedregoso. Assim, as plantas desse bioma possuem modificações em suas raízes, caules e folhas, que permitem melhor adaptação a esse ambiente, contra a perda de água e de nutrientes. Geralmente, seus caules são suculentos e suas folhas possuem forma de espinhos e cutículas altamente impermeáveis, que apresentam queda na estação seca.

Disponível em: www.ambientebrasil.com.br. Acesso em: 21 maio 2010 (adaptado).

Considerando as adaptações nos órgãos vegetativos, a principal característica das raízes dessas plantas, que atribui sua maior adaptação à Caatinga, é o(a)

a) armazenamento de nutrientes por um sistema radicular aéreo.

b) fixação do vegetal ao solo por um sistema radicular do tipo tuberoso

c) fixação do vegetal ao substrato por um sistema radicular do tipo sugador.

d) absorção de água por um sistema radicular desenvolvido e profundo.

e) armazenamento de água do solo por um sistema radicular do tipo respiratório.

Resposta: letra d.

Para estudar sobre biomas brasileiros para o vestibular, foque as características principais e, claro, os danos causados pelas ações humanas sobre eles. Para o Enem, é importante ler bastante sobre as queimadas que acontecem no Pantanal e na Amazônia, verificando as causas e as consequências do problema para o ecossistema.

Além disso, acesse o Trilha do Enem, uma plataforma que fornece planos de estudos personalizados. Por lá, você reconhece seus pontos fracos e recebe sugestões para aprimorá-los com simulados temáticos.

Atualize-se!

Agora que você já conhece os principais biomas brasileiros, não deixe de estudar sobre esse tema que é muito recorrente no Enem e nos vestibulares. Aliás, estar por dentro do que acontece no Brasil e no mundo é muito importante para os processos seletivos como um todo.

Então, veja, agora, dicas para estudar Atualidades no Enem e ficar por dentro do que acontece!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.