Como a questão da saúde pública no Brasil pode cair na redação do Enem?

estudante fazendo redação

Em tempos de pandemia, a saúde está presente nos noticiários e nas conversas cotidianas. Discutem-se temas relacionados às formas de contágio do coronavírus, à prevenção da COVID-19 e aos efeitos e estragos causados para a economia de países de todos os continentes.

Além disso, emerge um assunto ainda mais grave, que é a questão da saúde pública no Brasil, que, mesmo sem pandemia, já é caótica. O que se percebe é que o surto do novo coronavírus tem evidenciado grandes lacunas existentes na saúde pública brasileira — e esse tema pode cair na redação do Enem.

Vamos ver como essa temática pode ser abordada na redação no Enem?

Quais são os temas recorrentes na redação do Enem?

Como você bem sabe, a prova de redação do Enem é a elaboração de um texto dissertativo-argumentativo. É preciso montar uma introdução, em que você apresenta o tema e a tese que será defendida — seu ponto de vista. Depois, elabora os parágrafos de desenvolvimento, em que cada argumento será bem explicado. Lembre-se de que é preciso manter a coesão entre os parágrafos.

Para finalizar, a conclusão pode trazer uma retomada do que foi discutido, e deve constar, obrigatoriamente, uma proposta de intervenção, ou seja, uma solução específica para o problema. Portanto, nesse tipo textual, o candidato precisa defender uma tese, e para isso deve usar argumentação consistente.

O formato atual do Enem existe desde 2009. Desse ano até hoje, os temas que mais foram discutidos na prova de Redação têm a ver com questões relevantes para a sociedade brasileira. Veja quais foram:

  • 2009 — O indivíduo frente à ética nacional;
  • 2010 — O trabalho na construção da dignidade humana;
  • 2011 — Viver em rede no século 21: os limites entre o público e o privado;
  • 2012 — Movimento imigratório para o Brasil no século XXI;
  • 2013 — Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil;
  • 2014 — Publicidade infantil em questão no Brasil;
  • 2015 — A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira;
  • 2016 — Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil;
  • 2017 — Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil;
  • 2018 — Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet;
  • 2019 — Democratização do acesso ao cinema no Brasil.

Tirando o último exame, que tratava da cultura, os demais se relacionavam a desafios sociais: educação inclusiva, intolerância religiosa e imigração, por exemplo. Note que, em nenhuma edição, foi cobrado um tema relativo à saúde.

Isso aumenta as chances de que ele venha a aparecer na prova futuramente. Ainda mais em um ano que teve pandemia decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), distanciamento social, lockdown e medidas preventivas adotadas pela população, como uso de máscaras.

Como a questão da saúde pública pode ser abordada?

Possíveis temas de redação do Enem são, ano após ano, um desafio para estudantes e professores. Porém, o mais importante não é descobrir qual será o tema, mas entender de quais pontos de vista ele pode ser tratado.

Uma das competências do Enem na sua Matriz de Referência (base para avaliar a prova) é justamente a adequação ao tema:

Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites do texto dissertativo-argumentativo em prosa.

A partir da frase temática indicada na proposta, você precisa levar em consideração todos os pontos que ela aborda, certo? Caso contrário, a redação pode ser avaliada como fuga ao tema ou tangência.

É possível usar em sua argumentação:

  • conceitos;
  • citações;
  • fatos ou períodos da História.

Você pode enriquecer seu texto, trazendo referências a:

  • poetas e filósofos;
  • estudos e pesquisas;
  • celebridades e personagens;
  • meios de comunicação.

Lembre-se de que é proibido transcrever informações da proposta ou dos textos-base! Você pode recorrer às informações ali presentes, mas nunca copiá-las, combinado?

Plano de Estudos para Medicina

Os desafios da saúde pública no Brasil

O candidato poderia tratar, nesse tema, do que é necessário para que a saúde pública deixe de ser uma preocupação nacional. Note que é utilizada a palavra “desafios”, no plural. Isso já dá um indício de que é preciso falar sobre mais de um, concorda?

Redação sobre saúde

Em uma redação com esse tema, fale sobre:

  • avanços na cobertura da atenção básica;
  • desigualdade na saúde pública e privada;
  • papel do Estado;
  • sistemas de saúde que poderiam ser modelo para o Brasil.

A relação direta com a pandemia

Sim, o tema pode ser cobrado de forma direta! Falar sobre o assunto que interferiu na vida da população mundial, suspendeu as aulas de milhões de estudantes e levou o home office para grande parte dos trabalhadores é algo bem provável.

Nesse caso, é preciso verificar a abordagem solicitada: pandemia em relação à escola, ao trabalho remoto, às lives, à forma como consumimos produtos e por aí vai.

Redação sobre pandemia ou redação sobre coronavírus

É muito óbvio que o tema da redação contemple especificamente a pandemia causada pelo novo coronavírus. O mais provável é que ele abarque a questão da saúde e, nesse caso, você pode e deve mostrar seus conhecimentos sobre o assunto.

A importância dos investimentos em saúde

Essa seria uma abordagem mais relacionada à área econômica do que à de saúde propriamente dita. Falar sobre investimentos é mostrar quanto é destinado a essa área, por que não é dado mais valor a ela e as terríveis consequências do pouco empenho dos governos (Federal, estaduais e municipais).

A reivindicação como força propulsora para um sistema de qualidade

As manifestações são uma grande força social. A população cobra, seja por redes sociais, em passeatas ou articulando movimentos para pressionar o governo, sempre em prol de um bem comum.

A pauta das manifestações no que se refere à saúde passa por:

  • melhores condições de trabalho para médicos, enfermeiros e pessoal administrativo;
  • suspensão das atividades eletivas nas unidades de saúde;
  • envio de carta aberta à população;
  • elaboração de proposta de reajuste salarial.

Uma ótima estratégia para ficar craque na redação é treinar! Como em qualquer coisa na vida, a prática leva à perfeição. Quanto mais redações você puder fazer, de temas diferentes e, se possível, corrigidas por um professor, mais bem-preparado você estará para o dia da prova!

Ah, e esse tipo de preparação ajuda tanto a melhorar a escrita e diminuir problemas como acentuação gráfica quanto a exercitar técnicas de argumentação.

Portanto, a dica é: inclua esse tipo de exercício em seu plano de estudos se quiser garantir uma redação nota mil! Há também o Trilha do Enem para você obter uma organização no caminho do sucesso.

E, se você ainda não tem um cronograma, baixe gratuitamente a nossa planilha e saiba como organizar seus estudos para o Enem de forma supereficaz! Aproveite!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: