Vestibular de inverno: o que é e quais são as vantagens?

estudante fazendo vestibular de inverno

Se, por algum motivo, você não ingressou no ensino superior pelo vestibular que acontece no final de ano, também chamado de vestibular de verão, não se preocupe. Essa não foi a sua única chance, porque as faculdades agora disponibilizam também o vestibular de inverno.

Ele acontece no meio do ano, sendo que o candidato pode começar a sua graduação a partir do segundo semestre. É uma boa alternativa, caso você precise de um tempo a mais para estudar, não tenha definido o curso quando saiu do ensino médio, ou se não conseguiu passar na primeira vez.

Fazer essa prova é uma boa opção em diferentes casos. Isso porque é um processo seletivo que costuma ser mais vantajoso para o candidato. Quer saber mais? Então, continue conosco, pois por aqui, você verá:

  • O que é o vestibular de inverno?
  • Quais sãos as vantagens desse vestibular?
  • Quando abrem as inscrições para o vestibular de inverno?

Ao final do texto, você entenderá melhor como funciona o vestibular no meio do ano e as vantagens que ele oferece!

O que é o vestibular de inverno?

O vestibular de inverno é aquele que acontece na metade do ano. Esse processo seletivo ocorre da mesma forma que a edição de verão (tradicional), com a diferença de que os aprovados ingressarão na faculdade no segundo semestre do ano.

Essa não é a opção mais conhecida, principalmente entre aqueles que estão saindo do ensino médio. Afinal, durante muito tempo, o vestibular aconteceu apenas no final do ano letivo; por isso, é uma alternativa que ainda é pouco divulgada. De toda forma, se mostra uma excelente chance de ingressar na faculdade.

Esse processo seletivo recebe o nome de vestibular de inverno em função da estação do ano em que ele acontece. Geralmente, as provas ocorrem no mês de junho, justamente quando o inverno está começando. Contudo, no que se refere à sua dinâmica, ela é igual à da prova tradicional.

Não existe nenhum segredo em como funciona o vestibular de inverno, porque os candidatos precisam seguir as mesmas regras do vestibular de verão. A única diferença está nas datas e, em alguns casos, na oferta de vagas e concorrência — fatores que costumam, na verdade, trazer vantagens para quem decide fazer o processo seletivo.

Quais sãos as vantagens desse vestibular?

A maioria dos candidatos sente muita pressão para passar no vestibular e, muitas vezes, cultivam o pensamento de que têm apenas uma oportunidade para entrar na faculdade. Por isso, se preocupam demais quando não são aprovados no processo seletivo de verão, nem mesmo ocupando uma das vagas remanescentes.

No entanto, agora que explicamos para você o que é vestibular de inverno, pode ficar um pouco mais tranquilo. Se não conseguir participar ou ser aprovado no começo do ano, tem mais essa oportunidade no segundo semestre. Aliás, você pode, espontaneamente, preferir realizar a prova no meio do ano.

Sabe por que estamos falando isso? É que o vestibular de inverno costuma trazer algumas vantagens bem atrativas para quem quer ingressar na faculdade. Veja só!

Você tem uma pausa para respirar

Principalmente quem está saindo do ensino médio, pode se sentir mais cansado, ansioso, estressado e pressionado ao prestar o vestibular de verão. Isso porque é preciso conciliar a rotina da escola com os estudos para passar no processo seletivo, o que pode afetar o desempenho do candidato.

Optando por fazer o vestibular de inverno você tem uma pausa para respirar, ganhando alguns meses que permitirão refletir melhor sobre o curso desejado, rever algumas matérias e focar o estudo. Assim, toda aquela pressão é minimizada, porque você não ficará sobrecarregado, e o risco de errar na escolha da graduação é menor.

A concorrência e a nota de corte são menores

Ao fazer o vestibular do final do ano você concorrerá com os estudantes que estão deixando o ensino médio agora. Isso não acontece no vestibular de inverno, pois eles ainda estão no meio do ano letivo.

Sendo assim, a concorrência para as vagas fica bem reduzida, o que aumenta as suas chances de aprovação, tanto nas primeiras chamadas quanto na lista de espera, que tende a ser menor. Além disso, como há menos candidatos, as notas de corte costumam ser mais baixas.

É possível usar a nota do Enem

Se você prestou o Enem no ano anterior, em muitas instituições de ensino continuará podendo utilizar a nota do exame para ingressar na metade do ano. Ou seja, nem sempre é necessário fazer o vestibular de fato.

Além disso, programas como o Prouni, FIES e Sisu também funcionam no segundo semestre. Portanto, você pode conquistar a sua bolsa de estudos, estudar de graça ou fazer um financiamento estudantil na metade do ano, e tudo isso, geralmente, com uma concorrência menor.

Existem boas oportunidades no meio do ano

Como o vestibular de inverno costuma ser menos concorrido, em função da menor procura em relação ao de verão, você também pode encontrar boas oportunidades. Isso acontece porque as faculdades têm muitas vagas disponíveis e trabalham para atrair interessados.

Então, você pode encontrar descontos atrativos ofertados pelas instituições particulares, facilidades na hora do pagamento, melhores condições para fazer seus financiamentos, entre outros benefícios. Sem falar que, muitas vezes, é possível fazer o agendamento da prova para quando for melhor para você.

Os treineiros podem fazer o seu simulado

Fazer um simulado do vestibular ajuda o candidato a se familiarizar com a prova e o ambiente. Por isso, quem está pretendendo passar pelo processo seletivo oficialmente no final do ano tem a oportunidade de realizar avaliação do segundo semestre como treineiro, já que o grau de dificuldade é o mesmo.

Assim, não precisará chegar de surpresa na tentativa oficial, pode avaliar os seus próprios conhecimentos, sentir como é a pressão do processo seletivo e corrigir aspectos que podem afetar o seu desempenho.

Quando abrem as inscrições para o vestibular de inverno?

Se você gostou da ideia de fazer o vestibular no meio do ano, é importante ficar atento às datas para não perder o prazo de inscrição. Portanto, desde já faça as suas pesquisas para escolher o curso de graduação da sua preferência e a instituição de ensino onde deseja estudar.

Geralmente, as inscrições para esse processo seletivo costumam estar disponíveis a partir do mês de abril, seguindo até maio. As provas ocorrem no mês de junho e as aulas têm início em agosto. De toda forma, isso pode variar de uma faculdade para outra, daí a importância de definir onde você fará a sua graduação.

É válido reforçar que o vestibular de inverno funciona da mesma maneira como aquele que acontece no final do ano. Então, tenha atenção aos prazos da primeira e segunda chamadas, bem como da lista de espera, para que você não deixe passar a sua chance de ingressar na faculdade e se profissionalizar.

Não perca o prazo do vestibular de inverno. Faça sua inscrição no vestibular e ingresse na faculdade ainda este ano!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: