Erros de português mais comuns: quais são e como evitar?

erros de português mais comuns

Você estava escrevendo um texto e, de repente, esqueceu completamente como é a grafia de uma determinada palavra? Entregou uma redação, achando que tinha sido a melhor de todas que você já fez, mas recebeu uma nota ruim na avaliação por causa de problemas com ortografia e gramática?

A língua portuguesa é repleta de detalhes que podem acabar confundindo a cabeça na hora de fazer um artigo. Mas se você quer escrever bem, existem algumas dicas especiais para evitar os erros de português mais comuns — e vamos compartilhar com você algumas delas neste post. Continue a leitura!

Por que erros na escrita podem atrapalhar seu futuro?

Dominar o português pode parecer não ser a mais fácil das tarefas. Afinal, são muitas as regras gramaticais que precisam ser seguidas, além de um vocabulário muito extenso, que ainda conta com uma série de neologismos e de regionalismos. Entretanto, para quem deseja seguir a vida acadêmica e, até mesmo, quer conquistar um bom emprego, saber escrever corretamente é fundamental.

Evitar erros de português é um fator importante já no começo da trajetória: o Enem. Além de fazer a prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, que conta com questões relacionadas ao nosso idioma, você também precisa escrever uma redação a partir de um tema pré-determinado.

A cada erro no seu texto, são descontados pontos — e isso prejudica a sua nota final. Caso você não tenha ido muito bem na prova e, além disso, tenha tirado uma nota muito ruim na sua redação, menores serão as chances de conseguir a vaga dos sonhos na faculdade em que gostaria de estudar. Por isso, vale a pena investir nos simulados e nas questões do Trilha do Enem para não ter problemas durante o exame.

A mesma situação vale para o mercado de trabalho: se você apresenta um currículo com erros de grafia, acaba passando menos confiabilidade para os recrutadores. Depois de já empregado, entregar um relatório com problemas de português para o seu líder também pode prejudicar a sua carreira.

Quais são os erros de português mais comuns?

Agora que você já sabe o quanto é precioso saber escrever corretamente, veja uma lista dos erros de português mais comuns, que são cometidos com muita frequência por aí — de certo, até você já caiu em uma dessas “pegadinhas”!

1. Mais ou mas

Um “i” que muda tudo: você sabia que existe diferença entre o “mais” e o “mas”? Por terem sons um pouco parecidos, é comum que as pessoas confundam o uso dessas duas palavras, mas é bem fácil empregá-las do jeito correto.

O “mas” é muito utilizado como conjunção adversativa, ou seja, quer dizer que você trará uma informação que contraria a frase anterior. Quer uma dica? Veja se, no lugar do “mas”, você conseguiria usar um “porém”. Caso positivo, é sinal de que você deve usar “mas” e não “mais”.

Já o “mais” é comumente empregado como pronome ou advérbio de intensidade. O seu oposto é a palavra “menos” e, por isso, ela não pode ser usada com o objetivo de contrariedade.

2. Derrepente

Aqui temos mais um deslize! O correto é escrever “de repente”, tudo separado — e a nova ortografia não mudou isso. Essa é uma locução adverbial de modo ou de tempo, dependendo de como será empregada na frase. A composição é “de”, uma preposição, somada ao “repente”, um substantivo masculino.

3. Mal ou mau

No final das contas, o lobo é mal ou mau? Com certeza, o lobo é mau. Isso porque a palavra é um adjetivo, cujo antônimo é a palavra “bom”. Então, sempre que estamos falando de características de algo ou de alguém, utilizamos essa palavra, com a letra u.

Já o “mal”, com a letra l, é o antônimo de bem. Você deve utilizá-lo como advérbio de modo, ou seja, quando deseja dizer que algo não está correto.

4. Há ou a

Quando você quer indicar um tempo que já passou ou quer dizer que contém algo, no sentido do verbo “haver”, o correto é usar “há”. Se o que você deseja é falar de uma distância, seja temporal, seja espacial, o correto é utilizar a preposição “a”. Então, dizemos que algo ocorreu há alguns anos; e o carro está a duas quadras do prédio.

5. Tem ou têm

Apesar de ser um dos erros de português cometidos com mais frequência, a diferença entre as palavras “tem” e “têm” é básica: enquanto utilizamos o primeiro na terceira pessoa do singular do presente do indicativo, o segundo deve ser usado na terceira pessoa do plural. Assim, “ele tem razão”, mas “eles têm razão”.

6. Este ou esse

Quer retomar uma ideia que já foi escrita, um pouco distante de você? Então, o correto é utilizar o pronome demonstrativo de segunda pessoa, o “esse”. Se o objetivo é escrever sobre algo novo, mais próximo a você, então use o “este”.

7. A gente ou agente

O famoso James Bond, personagem do filme 007, é um agente especial — tudo junto! Já a maneira informal de utilizar a primeira pessoa do plural, nós, é a expressão “a gente”, com a letra “a” separada da palavra “gente”.

8. Viajem ou viagem

A palavra “viajem” não está completamente incorreta: ela existe na língua portuguesa é a conjugação do verbo “viajar” na terceira pessoa do plural do presente do subjuntivo, como em “Desejo muito que eles viajem comigo no próximo Natal”. O problema é que ela não é sempre bem empregada. Se você deseja utilizar um substantivo na sua frase, o correto é usar “viagem”, com a letra “g” mesmo.

9. Meio ou meia

A palavra “meio” pode ser usada tanto como um numeral fracionário quanto como advérbio de intensidade. Porém, ela só passará para o feminino, fazendo concordâncias, quando for utilizada como numeral: “meia hora” ou “meia xícara”, por exemplo.

O que fazer para evitar erros?

Depois de ver a nossa lista, você assustou-se com o tanto de erros que tem cometido em seus textos e dos quais nem mesmo se dava conta? É preciso preocupar-se com isso, mas há maneiras de evitar o problema tanto a curto quanto a longo prazo.

Consultar o dicionário

Sempre que estiver em dúvidas sobre como escrever uma palavra, o dicionário será o seu melhor aliado. Ali, estão reunidas as principais palavras do nosso vocabulário e, atualmente, é possível encontrar a versão física e a online do grande livro da língua portuguesa.

Usar o corretor do dispositivo

Está no computador, celular ou tablet? Muitas vezes, o corretor automático indicará para você a forma correta de escrever algumas palavras. É preciso apenas ficar atento à configuração do seu teclado e do dispositivo, que devem estar para “Português Brasil — (BR)”.

Revisar o texto antes de enviar

Na correria para escrever um texto, nem sempre temos o hábito de ler tudo novamente antes de enviá-lo ou de entregá-lo a alguém. Mas, quando começamos a tornar a etapa de revisão como algo realmente importante, evitamos a maioria dos erros que foram citados neste post.

Cultivar o hábito de leitura e de escrita

Nada melhor do que a prática para tornar você uma pessoa super habilidosa com as palavras! Por isso, cultive o hábito de ler alguns livros e textos, bem como tire um tempo ao longo da semana para escrever alguns textos. Para quem está na fase de vestibulares e Enem, essas são duas práticas fundamentais a fim de ter sucesso na redação.

Já são muitas as nossas tarefas do dia a dia, e incluir mais uma, como estudar português, pode parecer algo complexo. Porém, como essa é a nossa língua materna, precisamos manter a nossa fala, leitura e escrita o mais alinhadas possível, para conseguir boas oportunidades no mercado.

Com este post, você já pode se preparar para não cometer os erros de português mais comuns e, a partir daí, será bem mais fácil aprender a escrever cada vez melhor.

Gostou deste assunto e quer continuar se preparando? Veja também o nosso post com dicas excelentes sobre a prova de português do Enem!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.1 / 5. Número de votos: 9

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: