Como será a volta das faculdades após a pandemia?

volta das faculdades

A pandemia de Covid-19 pegou a todos de surpresa e paralisou muitas atividades, inclusive as aulas presenciais. Essa pausa foi necessária e importante, mas já é hora de falarmos sobre a volta das faculdades.

Naturalmente, algumas mudanças serão necessárias, uma vez que o cenário ainda não é o ideal e requer muitos cuidados. A verdade é que precisamos nos adaptar e incorporar de vez alguns hábitos e comportamentos.

Quer saber como será a volta às aulas nas faculdades? Continue a leitura!

Educação e pandemia: o que aprendemos até aqui?

O fechamento de escolas e faculdades foi uma das primeiras medidas adotadas no país para controlar a pandemia. Era um claro sinal de que a situação era séria e exigiria ações duras e bem-planejadas.

Mais de um ano depois, ainda não superamos por completo essa crise sanitária, mas já aprendemos muito com ela, não é mesmo?

Seja com erros ou acertos, a educação evoluiu em muitos aspectos e, claro, ainda precisa se adaptar a essa nova realidade em outros. Um exemplo foi o impacto da pandemia no Enem, que gerou dúvidas e inseguranças, mas nos ajudou a pensar melhor sobre o assunto.

Professores se reinventaram em todos os cantos do país, novas tecnologias foram incorporadas ao dia a dia dos estudantes e tendências, como o ensino a distância, foram aceleradas.

A partir de agora, precisamos reunir toda a experiência adquirida para que a volta às aulas depois da pandemia seja o mais segura possível. Esse é um desafio que deve engajar a todos: Governo, faculdades e estudantes.

Como será a volta das faculdades?

O ano de 2020 foi atípico em todos os sentidos. Ninguém esperava que um coronavírus fosse interromper tantas atividades e modificar nosso modo de viver, trabalhar e estudar.

Tudo isso, certamente, terá reflexos no futuro do mercado de trabalho e na volta das faculdades. Afinal, ainda precisamos tomar certos cuidados e nos adaptar para o chamado “novo normal”. Confira como será a volta às aulas nas faculdades presenciais!

Distanciamento social

O distanciamento social é defendido por muitos especialistas e apontado como uma medida eficaz para a redução da curva de contágio do vírus. Por esse motivo, as atividades presenciais nas faculdades devem ser planejadas de modo a evitar aglomerações.

Podemos esperar uma redução de alunos dentro das salas, a necessidade de agendamento para atendimento presencial nas secretariais e medidas que evitem o contato físico entre professores, alunos e funcionários.

Uso de máscaras

As máscaras serão necessárias na volta às aulas nas faculdades, pois também ajudam a evitar a proliferação do vírus. O uso deve ser obrigatório em todos os ambientes e durante todo o tempo.

Por mais desagradável que pareça ser, essa é uma medida de segurança importante. Aliás, você já deve ter visto que o uso correto do acessório pode mantê-lo protegido, permitindo que atividades do nosso cotidiano voltem a ser desempenhadas com menor risco.

Interações de grupos limitadas

Outra medida extremamente necessária no retorno das faculdades é a limitação da interação entre grupos. Nesse caso, alguns eventos acadêmicos, como seminários e palestras presenciais devem ser evitados.

No entanto, isso não significa que o ensino será prejudicado. Pelo contrário, as melhores instituições de ensino já se adaptaram para oferecer boas opções de ensino aos seus alunos no curso EAD — semipresencial e 100% online.

Quais são as principais tendências para as aulas do futuro?

Com as salas de aulas fechadas, foi preciso se reinventar. A solução encontrada foi adaptar os conteúdos que seriam transmitidos em aulas presenciais para plataformas digitais e, assim, garantir o andamento da grade curricular.

E agora: o que esperar para as aulas do futuro? Quais serão as tendências para a área da educação diante do desafio da pandemia? Confira!

Educação 4.0

Já ouviu falar em Educação 4.0? Essa é uma das tendências que foi impulsionada pela pandemia, ou seja, uma evolução que precisou ser adiantada e que deve fazer parte da rotina dos acadêmicos nos próximos anos.

Em geral, ela é marcada pelo uso intenso e estratégico de tecnologia na educação. Sendo assim, podemos esperar um futuro repleto de ferramentas como tablets, mesas interativas, realidade virtual e impressoras 3D.

Ensino híbrido

Mesmo com a volta das aulas presenciais, a demanda pelo ensino a distância deve continuar no país. Afinal, o perfil do estudante mudou muito nesse último ano, e ele conseguiu sentir na prática os benefícios do ensino remoto.

Para se adaptar a essa nova necessidade, as faculdades devem investir de vez na tendência do ensino híbrido: a combinação perfeita entre encontros presenciais com aulas e atividades no ambiente digital.

Livros digitais

Mesmo não sendo uma novidade para muitas pessoas, a verdade é que os livros digitais são uma tendência para os próximos anos e deverão fazer parte do cotidiano da maioria dos acadêmicos.

Os e-books são uma alternativa aos livros físicos com diversas vantagens. Além de serem mais sustentáveis, podem ser levados para qualquer lugar em smartphones e leitores específicos e são mais baratos que as versões impressas, o que gera economia para os alunos e para as instituições de ensino.

Como escolher a melhor faculdade pós-pandemia?

Diante de tudo o que apresentamos, deu para perceber que as coisas jamais serão como antes, não é mesmo? Isso significa que você precisa ficar bem atento na hora de escolher onde fazer um curso superior.

Instituições de ensino que não investem em inovação e insistem em padrões e métodos tradicionais não conseguirão se adaptar à Educação 4.0. É fundamental optar por faculdades preocupadas com a sua segurança e em garantir um ensino de qualidade, dentro dessa nova realidade.

O futuro da educação é digital. Portanto, não faz sentido ficar preso a um ensino ultrapassado e que ignora as tendências tecnológicas. Pandemias e epidemias geram mudanças e um de seus reflexos é a necessidade de adaptação e superação.

As faculdades parceiras do Vestibulares passaram pela transformação digital muito anos antes da pandemia, procurando ampliar o acesso dos estudantes ao ensino superior e oferecendo a flexibilidade das modalidades de ensino. Hoje, as instituições são referência no ensino a distância no país.

Chegou a sua hora!

Agora que você já sabe como será a volta das faculdades após a pandemia, precisa se preparar para essa nova realidade. Depois de escolher seu curso, pesquise as opções disponíveis e escolha uma faculdade que se preocupa com você e está se esforçando para oferecer um ensino de qualidade e inovador.

Pronto para o futuro? Então, faça já a sua inscrição em um dos vestibulares das melhores instituições de ensino do país!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.