Saiu o resultado do Enem! E agora, como usá-lo?

saiuoresultadodoenemeagoracomousalo

Embora FIES e Prouni sejam as modalidades mais conhecidas, o resultado do Enem pode ser utilizado de diversas outras formas, a fim de facilitar o acesso às faculdades particulares. Há desde a simples dispensa do vestibular até condições mais favoráveis para pagar o curso ao ser aprovado.

Por isso mesmo, é importante conhecer as vias disponíveis para saber, ao certo, qual delas melhor atende às suas necessidades. Ou seja, com a nota do exame em mãos, você poderá buscar a opção mais adequada, em termos de empregabilidade, custo-benefício e flexibilidade.

Quer entender as utilidades resultado do Enem? Continue a leitura para ver as seis principais formas de aplicar a nota da prova e não perca essas oportunidades de investir na sua carreira profissional!

O que é o resultado do Enem?

O resultado do Enem é um boletim individual com as notas da prova objetiva e da redação obtidas na avaliação nacionalmente unificada. Na prática, o desempenho funciona como um vestibular geral, que pode ser usado para ingressar em faculdades, obter bolsas ou requerer financiamento estudantil.

Inicialmente, o aluno é considerado aprovado com, no mínimo, 450 pontos na prova objetiva, desde que não tenha zerado a redação. Porém, quanto melhor o desempenho, mais fácil será o acesso aos benefícios. E em muitos casos, os cursos podem ter notas de corte.

Vale ressaltar que a nota do Enem não se confunde com o resultado da isenção que é obtido antes mesmo de realizar o exame e tem o objetivo de liberar a pessoa do pagamento da taxa de inscrição, sendo concedido automaticamente aos estudantes do 3º ano e mediante requerimento nos demais casos.

Quando sai o resultado?

Após concluir a prova, os estudantes precisam aguardar alguns meses para que todas as avaliações sejam corrigidas, e as notas, entregues. O dia do resultado do Enem 2019, por exemplo, ainda não foi confirmado, mas a divulgação está prevista para janeiro de 2020. Fique atento e acompanhe o site oficial do Enem.

Para que serve o exame?

Inicialmente, a finalidade do Exame Nacional do Ensino Médio era, tão somente, avaliar a qualidade da educação nos graus anteriores à faculdade. No entanto, desde 2009, a nota também funciona como um boletim para utilizar as formas de ingresso no ensino superior.

Nesse sentido, a prova se tornou um importante instrumento para facilitar o acesso aos cursos, principalmente por organizar e incentivar as oportunidades para pessoas de baixa renda — a seguir, você encontrará as seis que podem surgir da aprovação.

Prouni

O Programa Universidade para Todos oferece bolsas de 100% ou 50% para obter o primeiro diploma de graduação, aplicando-se a instituições particulares — diferentemente do Sisu. Para acessá-lo, é preciso obter 450 pontos na prova de conhecimento e, ao menos, não zerar a redação.

Já os critérios de renda são até 1,5 salário mínimo para a modalidade integral e até 3 salários mínimos para as bolsas parciais.

FIES

O FIES é um programa para conceder financiamentos com juros abaixo do mercado. Logo, diferentemente do caso anterior, é um empréstimo a ser restituído, ainda que em condições mais favoráveis proporcionadas ao estudante. Atualmente, há duas modalidades:

  • FIES via fundo público — que concede juros zero e pode ser acessado por pessoas com renda familiar de até 3 salários-mínimos;
  • p-FIES — que tem juros contratados com bancos e pode ser usado com renda familiar de até 5 salários-mínimos.

Em ambos, o pagamento das prestações ocorre após a conclusão do curso. E, para se inscrever, você deve acompanhar a abertura do processo pelo site do FIES, sendo necessário obter os mesmos 450 pontos e nota acima de zero na redação exigidos pelo Prouni.

Bolsas de estudos e crédito privado

Os benefícios públicos não são a única forma de facilitar o acesso. Além das mensalidades estarem mais baixas, há alternativas concedidas diretamente pela instituição de ensino. No caso das instituições parceiras do Vestibulares, você pode consultar todas as informações na página de bolsas de estudos e crédito.

A nota do Enem pode tanto contribuir para obtenção do benefício como substituir total ou parcialmente as avaliações das instituições de ensino. Assim, como há diferentes formas de conceder a oportunidade, consulte caso a caso.

Vagas remanescentes

Nem sempre as oportunidades abertas do Prouni e do FIES são preenchidas pelos selecionados. Por exemplo, é comum que a pessoa se candidate a diferentes modalidades — e seja obrigado a desistir de algumas — bem como a falta de documentos para comprovar o que foi alegado na inscrição.

Por isso, o Enem também pode ser utilizado em processos seletivos para preencher as vagas remanescentes, ou seja, que sobraram após a seleção regular. No Prouni, abre-se a oportunidade também para os aprovados em edições antigas, desde que posteriores a 2010. Já no FIES, sempre são aceitas notas de edições anteriores a partir do ano mencionado.

Substituição do vestibular

O resultado do Enem também pode ser utilizado para facilitar a matrícula em faculdades privadas. Para isso, você precisa consultar o site da instituição de ensino e verificar quais são as opções de uso do exame nacional. Geralmente, há duas possibilidades.

Acesso direito

Na primeira, a nota substitui o vestibular integralmente. Assim, basta apresentar a pontuação dentro dos requisitos definidos pela instituição de ensino para se matricular no curso escolhido, podendo, até mesmo, buscar as opções de crédito e bolsas da faculdade.

Complementação de nota

Um segundo caso é o Enem contribuir com a nota do vestibular. Aqui, normalmente, o estudante é bonificado com certo número de pontos, saindo na frente ao buscar uma vaga na faculdade escolhida.

É importante destacar que, mesmo sem bolsa ou crédito, o ensino superior está cada vez mais acessível. Com mecanismo de busca do site Vestibulares, você pode consultar o investimento necessário em cursos de instituições bem avaliadas pelo MEC e, assim, ter uma noção das oportunidades e formas de ingresso na sua região.

Sendo assim, agora que você já conhece as aplicações do resultado do Enem, não deixe de fazer a inscrição em todas as oportunidades citadas. Quanto mais opções tiver, maiores serão suas chances de alcançar o máximo custo-benefício para obter o diploma.

E que tal dar mais um passo em direção ao ingresso no ensino superior? Leia nosso texto como escolher um curso de graduação e decida sua faculdade!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: