7 dicas para estudar Geometria para o Enem

Um dos cadernos mais importantes da prova do Enem — e, sem dúvidas, um dos mais temidos pelos candidatos — é o de Matemática e Suas Tecnologias. Ele é composto por 45 questões de múltipla escolha sobre os mais variados temas dessa disciplina que costuma ser o terror de muita gente.

Dito isso, precisamos ressaltar uma coisa, caro estudante: a Matemática é uma matéria como qualquer outra. Ela requer uma boa bagagem teórica e muito, muito treino com questões variadas para que possamos pegar o jeito da coisa. Depois, é só aplicar a fórmula para qualquer tipo de exercício!

Sendo assim, neste artigo falaremos sobre uma das matérias que mais caem no Enem: a Geometria. Esse assunto corresponde uma boa parte do caderno e deve ser levado muito a sério. Saiba mais sobre isso a seguir!

O que é Geometria?

De modo simplificado, Geometria é o nome dado à área da Matemática que estuda as figuras geométricas. Ou seja, ela contempla o estudo aprofundado de questões como a área, o volume, o perímetro e outras características de formas diversas, como o triângulo, o círculo, o cilindro, entre outros.

Quais são as suas principais áreas de estudo?

A Geometria é dividida em três grandes áreas de estudo. Veja só.

Geometria Plana

Esse é o campo que estuda questões como a área das figuras planas. Ela utiliza fórmulas como a “base vezes a altura”, velha conhecida de muitos estudantes. Os conceitos, no entanto, são bem mais aprofundados do que isso.

Geometria Analítica

É uma mistura da Álgebra com a Geometria. Aqui, os conceitos se mesclam e utilizamos letras e números para expressarmos o que é visto nas figuras estudadas.

Geometria Espacial

Nessa área, o estudo se torna ainda mais complexo. Agora, é o momento de estudarmos figuras em três dimensões (3D), ou seja, com uma questão de volume e profundidade.

Como estudar Geometria para o Enem?

Agora, veremos algumas dicas práticas para ajudá-lo a estudar esse conteúdo que, muitas vezes, deixa os estudantes completamente perdidos. Veja a seguir.

1. Crie um cronograma de estudos

A nossa primeira dica é: crie um bom cronograma de estudos. Esse tipo de cuidado é fundamental não apenas para organizar a sua matéria, evitando que ela se acumule, mas também para ajudá-lo a implementar o hábito de estudar em casa, no seu dia a dia.

Separe os conteúdos do tema de Geometria e os divida, mesclando-os com assuntos de outras matérias. Assim, você evita a sobrecarga. É importante também não se esquecer de deixar um tempo reservado para a resolução de exercícios.

Dica: quer uma ajudinha para manter a ordem na hora de estudar? Aproveite a nossa planilha gratuita e saiba como organizar os estudos para o Enem!

2. Entenda os conceitos básicos

A Geometria é um tema com muitos conceitos. Alguns deles são bem simples, enquanto outros são um tanto quanto abstratos e demandam um pouco mais de atenção para serem compreendidos. No entanto, uma coisa é certa: é impossível avançar no conteúdo até que tudo isso esteja bem fixado em nossa mente.

Pense no estudo da Geometria como uma escada. Para subir um degrau, é fundamental que o anterior esteja bem firme para que você possa pisar nele com segurança. Não passe para a matéria seguinte sem que a atual tenha sido totalmente compreendida.

3. Relacione conhecimentos

A analogia dos degraus pode ser utilizada novamente quando pensamos que, para ir de um andar ao outro, precisaremos passar por todos os degraus ao descer e subir as escadas. Os conhecimentos de Geometria são utilizados em um “bate e volta” infinito.

Sendo assim, aquilo que foi aprendido lá no começo, na Geometria Plana, não será deixado de lado. Esses conceitos voltarão a ser utilizados na Geometria Analítica e, também, na Espacial. Além disso, questões de outras disciplinas também serão utilizadas aqui e a Geometria costuma dar as caras na Geografia, na Biologia e na Física, por exemplo. Fique de olho!

4. Faça exercícios

Essa dica já foi brevemente mencionada há pouco, mas nunca é demais ressaltar toda a importância da prática de exercícios. Eles são válidos e fundamentais para qualquer disciplina, mas não podem deixar, em hipótese alguma, de serem feitos durante o estudo para Matemática no Enem.

Sendo assim, separe um período dedicado única e exclusivamente para a resolução de questões sobre o assunto. Leve as dúvidas para os seus professores e aprenda com os erros cometidos. Esse é um passo crucial para construção do conhecimento.

5. Aposte em revisões periódicas

Como mencionamos, a Geometria é repleta de pequenos conceitos. Eles são fáceis de serem confundidos e, até mesmo, esquecidos. Além disso, há uma infinidade de fórmulas matemáticas que podem ser “deletadas” da mente caso você não as revisite de vez em quando.

Por isso, aposte em revisões periódicas do conteúdo para mantê-lo sempre fresco em sua cabeça. A nossa dica é fazer a revisão com a ajuda de exercícios. Assim, você revê os conceitos de forma prática e os fixa cada vez mais na memória.

6. Deixe os resumos à mostra

Outra dica bacana é fazer resumos e deixá-los à mostra. Fixá-los na parede do seu quarto ou na mesa de estudos é uma boa pedida. Isso também é válido para as fórmulas que fazem parte da Geometria (e de outras áreas de estudo para o vestibular).

Aposte em cores chamativas e, até mesmo, em desenhos, caso você ache necessário. Qualquer técnica de estudo vale para fixar esses conceitos em sua cabeça e evitar o esquecimento na hora da prova. E, assim, você sempre pode consultá-los na hora de estudar (não tenha medo de fazer isso!).

7. Concentre-se nos conteúdos mais recorrentes no Enem

Por fim, a nossa última dica é que você foque mais nos conteúdos que mais caem na prova do Enem. Ainda que um estudo completo seja necessário, priorize a revisão e a resolução de exercícios dos seguintes assuntos:

  • áreas;
  • volume;
  • circunferência;
  • triângulo retângulo;
  • retas.

No entanto, é preciso ficar de olho: o Enem gosta de cobrar assuntos de forma interdisciplinar. Ou seja, é bem provável que os conceitos de Geometria caiam em sincronia com temas como porcentagem, funções matemáticas e equações de primeiro grau.

Como podemos ver, estudar Geometria requer muita atenção, dedicação e um cronograma de estudos bem-feito. A resolução de vários exercícios também é essencial. Com bastante prática e um bom desenvolvimento do raciocínio lógico, é possível compreender essa disciplina e mandar muito bem no Enem!

O portal Trilha do Enem também é uma ótima maneira de estudar, já que por lá você encontra videoaulas de todas as matérias. Aliás, confira esta aula de Geometria Plana do Professor Procópio:

Para complementar os seus conhecimentos, veja, agora, dicas para estudar o raciocínio lógico e arrasar no Enem!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: