É possível estudar para o vestibular sozinho? 

epossivelestudarparaovestibularsozinho

Seja para aqueles que estão saindo do ensino médio, seja para quem já concluiu os estudos e quer aumentar sua empregabilidade por meio de uma graduação: passar em uma faculdade requer bastante foco e dedicação. É fato que existem diversos cursinhos preparatórios — mas nem todo mundo tem condições financeiras, tempo ou flexibilidade para investir e equilibrar a rotina atribulada com esse compromisso. É aqui que surge a dúvida: afinal, será que consigo estudar para o vestibular sozinho?

A resposta é uma só: sim! Com planejamento, disciplina e organização, é possível até estudar para o vestibular de Medicina sozinho e ainda passar com uma excelente nota. Foi pensando nisso que, neste post, reunimos algumas dicas essenciais que vão auxiliá-lo nessa missão. Continue conosco e boa leitura!

Afinal, é possível estudar para o vestibular sozinho?

Como dissemos, estudar para o vestibular sozinho é possível, mas nem sempre é uma tarefa simples. Afinal, nos dias de hoje, a maioria das pessoas vive em meio à correria: trabalho, cursos de idiomas, afazeres domésticos, compromissos com a família. Para equilibrar tudo isso, muitos precisam se desdobrar e fazer uma boa gestão de tempo.

A gestão de tempo, inclusive, é um dos fatores-chave para obter sucesso ao estudar para o vestibular sozinho. Como você montará seus próprios horários de estudo de acordo com os horários que tem disponíveis, precisará administrar sua rotina com maestria, montando um cronograma e, é claro, seguindo-o à risca.

Como garantir eficiência e produtividade?

Se você quer ou precisa estudar para o vestibular sozinho, deve manter a produtividade e a eficiência a fim de obter bons resultados no grande dia. Para garantir que o nervosismo e a ansiedade não atrapalhem o rendimento no exame, é necessário começar sua trajetória com a elaboração de uma rotina de estudos.

Assim, a fixação do conteúdo acontecerá de forma eficaz, já que você estará sempre em contato com as disciplinas cobradas ao longo da preparação para o vestibular. Mas essa não é a única sugestão para assegurar eficiência e produtividade. A seguir, reunimos algumas dicas infalíveis para conduzir a sua rotina de estudos rumo à aprovação. Vamos ver?

Como planejar a rotina de estudos?

Não sabe como estudar para o Enem e vestibular sozinho? É crucial ter um norteamento durante a preparação, afinal, ficar perdido nesse momento só acabará deixando-o confuso em relação ao que precisa ser estudado. Justamente por isso a rotina é tão importante.

Aplique o passo a passo abaixo em seu dia a dia e potencialize os rendimentos!

Crie um plano de estudos

Lembra-se de que falamos sobre montar um cronograma de estudos? Trata-se de um tópico que merece atenção redobrada, já que é por meio dele que você definirá as matérias que precisa estudar e separará dias e horários específicos para dedicar-se a elas.

Sendo assim, leia o edital do vestibular da faculdade em que pretende ingressar e veja o que será cobrado, inclusive, atenção à redação. Com essas informações em mãos, distribua as matérias e horários por ordem de prioridade, dando mais enfoque àquelas disciplinas em que apresenta mais dificuldade. Finalizado o cronograma, integre-o à sua rotina.

banner calculadora bolsa enem

Mantenha hábitos saudáveis

Quando nos preparamos para uma etapa tão importante de nossas vidas como o vestibular, todo o cuidado com a saúde física e mental é pouco. Mantenha hábitos saudáveis, afinal, eles estão diretamente ligados à sua capacidade de foco, concentração, absorção de conteúdos etc. Portanto:

  • alimente-se de forma saudável e equilibrada;
  • busque praticar alguma atividade física;
  • faça pausas durante as sessões de estudo.

Além disso, preze por noites bem-dormidas. A qualidade do sono é muito importante — e virar a noite com a cara nas apostilas, ao contrário do que muitos imaginam, não é uma prática saudável, viu? Isso só gera uma sobrecarga no seu cérebro e corpo, o que definitivamente se refletirá no seu rendimento nos estudos.

Estipule metas

Traçar metas é uma ótima forma de “competir” saudavelmente consigo mesmo, sem falar que se trata de um estímulo e tanto para continuar na busca de bons resultados. Você já tem um objetivo principal, que é passar no vestibular. Agora, é hora de pensar em caminhos que o ajudarão a chegar até ele, e nada melhor do que estipular alvos para isso.

Ao fazer simulados, por exemplo, tente definir uma meta de erros e acertos, aumentando-a conforme o seu progresso. No entanto, nada de estipular metas inalcançáveis, como ler uma apostila toda em uma tarde ou algo do tipo. Isso só trará frustrações, pois, você dificilmente conseguirá cumprir com esse propósito, não concorda? As metas devem servir como estímulo e não o contrário.

Fuja das distrações

Televisão ligada naquela série interessante, smartphone apitando a cada momento, notificações das redes sociais saltando no notebook: sabemos que esses são convites quase irrecusáveis. Contudo, conforme falamos, estudar para o vestibular sozinho requer muito foco, portanto, fuja de qualquer distração que possa interferir em seus estudos.

Escolha um canto mais silencioso da casa para estudar. Se o barulho ou o movimento forem inevitáveis, vale a pena utilizar protetores auriculares para não perder a concentração. Por fim, deixe para dar aquela olhada básica no telefone somente em seus momentos de pausa.

Invista em boas fontes de pesquisa

Os livros e apostilas serão seus melhores amigos ao estudar para o vestibular sozinho. Mas, saber escolher aqueles mais adequados é fundamental para não acabar investindo dinheiro em materiais que serão de pouco uso. Uma boa ideia é entrar em fóruns para vestibulandos e descobrir essas informações com pessoas que já têm experiência.

Além disso, é inegável citar a internet como uma das principais fontes de pesquisa e conteúdo para os vestibulandos. Entretanto, é preciso ter bom senso. Nem tudo que você lê em um site deve ser encarado como verdade. Faça pesquisas em páginas confiáveis e de credibilidade, confirmando a veracidade das informações em vários locais.

Por fim, sabemos que ainda existem muitas dúvidas e incertezas sobre como estudar para o vestibular sozinho. Além das dicas acima, você precisará de:

  • disciplina para cumprir com os horários;
  • responsabilidade para não se desviar do foco;
  • proatividade para começar os estudos e ir além;
  • paciência, afinal, é normal não conseguir absorver um conteúdo do dia para a noite.

Viu só como é possível estudar para o vestibular sozinho? Seguindo as dicas que reunimos, tenha a certeza de que o seu nome estará na tão sonhada lista de aprovados. É claro que a jornada até o ingresso em uma faculdade não é simples: é preciso tempo e esforço para se dedicar aos estudos — mas ter em mente que em alguns anos você estará com o seu diploma de nível superior em mãos faz tudo valer a pena!

Se gostou das nossas dicas, aproveite e compartilhe o artigo com seus amigos nas redes sociais. Assim, mais pessoas podem descobrir como estudar para o vestibular sozinho!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.