Dilatação do FIES: entenda o que é e como funciona

estudantes vendo dilatação fies

Você já deve ter ouvido falar do Fundo de Financiamento Estudantil, mais conhecido como FIES, que atende mais de 1 milhão de estudantes de ensino superior, certo? Atualmente, quem vai começar uma faculdade participa das regras do Novo FIES — a reformulação do programa existente desde 2018. Mas, na prática, todos o chamam pelo nome já velho conhecido — simplesmente FIES.

Com ele, o estudante faz um financiamento com o Governo Federal, que paga uma parte da mensalidade, pelo período de tempo do curso desejado. Mas o que acontece se o estudante não consegue terminar o curso no tempo do contrato? É aí que entra a dilatação do FIES!

Continue por aqui e entenda melhor como esse processo funciona!

O que é a dilatação do FIES?

A dilatação do FIES é uma maneira de prolongar o contrato do financiamento estudantil caso o aluno não tenha conseguido finalizar a graduação no tempo acordado. Assim, ele pode pedir até mais quatro semestres consecutivos do programa para conseguir terminar os estudos.

Esse artifício pode ser solicitado independentemente do motivo do atraso — dependências, reprovação, trancamento de matrícula, entre outros. Ou seja, é uma segurança a mais para o aluno.

Por exemplo: um estudante faz o financiamento do FIES para Medicina com duração de 6 anos, mas depois desse tempo, ainda faltam matérias a serem cursadas ou dependências a serem cumpridas.

Ele pode pedir para que o programa aumente o financiamento por mais um semestre para que consiga cumprir o que falta. Depois, se necessário, é possível solicitar a dilatação mais três vezes, mas sempre um pedido por semestre.

Além disso, o valor das dilatações não pode ultrapassar o dobro do valor do último semestre do contrato.

Como funciona a dilatação do FIES?

Se, ao chegar no último semestre do curso, o aluno perceber que ainda não será possível terminar a graduação, é necessário que ele peça a dilatação do FIES para que o contrato seja estendido.

É interessante saber, também, que o aluno precisa realizar o aditamento do FIES em toda troca de semestre. Ou seja, é preciso renovar o contrato para que o governo entenda que ele ainda precisa do auxílio financeiro. A dilatação é apenas uma forma diferente desse processo.

Vale lembrar que o financiamento pode ser solicitado quando um estudante vai começar a faculdade ou quando já está fazendo algum curso, mas precisará do financiamento. Isso porque também há o FIES do segundo semestre, no meio do ano.

Vamos entender melhor as regras da dilatação e como fazer esse pedido?

Quem pode solicitar?

Qualquer estudante que participe do FIES ou do Novo FIES pode solicitar a dilatação, não há outros pré-requisitos, nem é preciso declarar por qual motivo atrasou sua formatura.

É bom salientar que esse artifício não pode ser feito sempre que desejar: o programa só aceita aumentar o financiamento em até quatro semestres consecutivos, ou seja, 2 anos. Assim, o estudante precisa se organizar para finalizar seus estudos dentro desse período.

Como solicitar?

Pedir a dilatação do FIES é simples, rápido e você nem precisa sair de casa. Basta entrar no site do Sistema de Financiamento Estudantil (SIFES) e seguir os passos a seguir:

  • acessar o sistema do SIFES;
  • realizar o acesso com os dados de cadastro solicitados;
  • clicar em “Contrato FIES” e depois em “Manutenção”;
  • escolher a opção “Solicitar dilatação”;
  • na próxima página, estarão todos os dados do aluno, da faculdade e do financiamento. É nessa página, também, que aparecem os dados da dilatação;
  • leia atentamente e, se estiver tudo certo, clique em “Confirmar”;
  • clique em “Confirmar” na janela pop-up que será aberta;
  • após isso, aparecerão os dados da dilatação do contrato, como data de início e final do semestre e o status do pedido. Confira os dados e confirme. Pronto!

Depois disso, o estudante também precisa avisar a faculdade que está pedindo pela dilatação do FIES. Assim, precisa acompanhar os prazos da instituição para acompanhar a validação pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da faculdade e pegar o Documento de Regularidade de Dilatação (DRD).

Durante esse período (e durante toda a graduação, na verdade), é importante sempre consultar o contrato do FIES para acompanhar o aceite e outros detalhes do contrato, como possíveis taxas a serem pagas ainda durante a faculdade.

Quais são os prazos?

Essa é uma das partes mais importantes do processo de dilatação do FIES, pois não há como solicitá-la se o estudante não estiver no prazo certo. Ou seja, caso já tenha acabado a data do processo, o aluno não poderá pedir pelo aditamento.

O prazo para solicitar a dilatação do FIES é:

  • a partir do primeiro dia do último mês do semestre em que o contrato vai acabar;
  • até o último dia do primeiro trimestre do semestre seguinte (que já passou a data final do contrato).

Um exemplo: supondo que o seu contrato do FIES terminará e dezembro de 2020, mas você precisará de mais um semestre para finalizar os estudos, você deve fazer a solicitação de 1 de dezembro de 2020 até 31 de março de 2021.

Entretanto, para 2020, o Novo FIES liberou datas específicas, que não seguiam essa regra, que vale desde o antigo programa. Por isso, é importante se manter informado sobre o cronograma do FIES e entrar em contato com a instituição de ensino para tirar possíveis dúvidas.

Fora desse prazo, não é possível nem pedir pela dilatação, já que a opção não aparece no sistema. Ou seja, mesmo que você já saiba, no meio da faculdade, que precisará aumentar seu prazo do FIES, é necessário esperar pelo último semestre do seu contrato para solicitá-la.

Bom, se você tinha receio de fazer uma graduação utilizando o financiamento e não conseguir terminar a faculdade no tempo do contrato, esperamos que o tenha perdido!

A dilatação do FIES é uma segurança a mais para o estudante que precisa desse programa federal para conquistar um diploma de ensino superior. Dessa forma, é possível se planejar melhor nos estudos e nas finanças!

Então, tomou coragem de ir atrás da carreira dos seus sonhos? Inscreva-se no vestibular online e comece a trilhar o seu sucesso hoje mesmo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: