4 passos para conquistar uma bolsa de estudos de Odontologia

estudantes de odontologia

A globalização, o mercado e a própria sociedade passaram por profundas transformações ao longo da história. Com isso, houve um movimento crescente de necessidade de maior instrução por parte das pessoas, elevando o nível educacional.

No entanto, apesar desse crescimento, o Brasil ainda é um país de desigualdades, o que restringe o acesso ao ensino superior para uma parte da população. Diante disso, o Governo e as próprias faculdades têm buscado ampliar o acesso, especialmente em áreas da saúde, que demandam uma série de profissionais.

Se você sonha em cursar Odontologia e conseguir uma bolsa para faculdade veio ao artigo certo. Nos tópicos a seguir, você saberá mais sobre o curso e como conseguir uma bolsa em Odontologia. Fique conosco e saiba mais!

Conheça o curso de Odontologia

Antes de mostrar a você como conquistar a sua bolsa em Odontologia, é importante que você conheça mais sobre esse curso. A graduação pertence à área da saúde e foca não só no estudo dos dentes, mas também em toda saúde bucal e sua ligação com o organismo.

Para se tornar um profissional é preciso fazer uma graduação que dura 5 anos. Durante ela, o estudante verá assuntos que vão da bioética à odontogeriatria. São muitas áreas, o que faz o mercado bastante amplo. No entanto, é preciso lembrar que a competitividade é alta: hoje, o Brasil tem mais de 339 mil cirurgiões-dentistas, segundo o Conselho Federal de Odontologia.

Por isso, é importante se destacar para conquistar as melhores vagas de emprego. De acordo com o portal Salario.com.br, os ganhos de um dentista ficam em média R$ 4.066,38* por 33 horas de trabalho semanais, mas esse valor pode ser bem maior dada a especialidade e os anos de experiência, o que atrai ano após ano milhares de estudantes.

Saiba como conquistar uma bolsa em Odontologia

A faculdade de Odontologia requer um certo investimento dos alunos, que precisam adquirir diversos materiais e instrumentos de trabalho ao longo do curso. Somando com a mensalidade, isso pode ser desanimador para muitos interessados.

Porém, há diversas maneiras de conseguir bolsas de estudo e descontos na faculdade de Odontologia, o que alivia bastante o orçamento familiar. Veja só!

1. Participe do Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) é uma inciativa criada pelo Ministério da Educação com o objetivo de oferecer bolsas de estudos tanto integrais quanto parciais em faculdades particulares. Logo, se é o seu sonho estudar Odontologia, saiba que essa é uma opção.

Para concorrer às bolsas, é preciso atender a alguns pré-requisitos. No casos da modalidade integral, a renda familiar mensal do Prouni por pessoa poderá ser de até 1,5 salário mínimo. Enquanto na modalidade parcial, 50%, a renda familiar mensal por pessoa deve ser no máximo até três salários mínimos por pessoa.

Além desses pré-requisitos, o estudante não pode ter um diploma de curso superior e precisa ter feito o Enem mais recente, tendo para isso obtido uma nota mínima de 450 pontos e a redação do Enem também não pode ter sido zerada.

Um detalhe que vale ressaltar é que, quanto maior a nota de corte da faculdade, maior precisará também sua pontuação, aumentando assim, as suas chances de conseguir a bolsa no Prouni de Odontologia.

2. Encontre bolsas nas faculdades particulares

Uma alternativa para conquistar a sua bolsa em Odontologia é recorrer às próprias faculdades, já que muitas têm bolsa institucional. Muitas delas oferecem a opção do vestibular e, com isso, os estudantes que passarem nas primeiras colocações podem conseguir uma bolsa levando em consideração os aspectos da instituição de ensino.

Algumas faculdades ainda permitem concorrer à oportunidade com a nota do Enem. Portanto, é interessante estar preparado para fazer uma boa prova e assim conseguir uma pontuação elevada, que o colocará nos primeiros lugares.

3. Procure por convênios empresariais

Algumas faculdades têm convênios com empresas, firmados com organizações privadas. Quando uma empresa está conveniada, a instituição oferece descontos aos colaboradores que atuam ali, bem como aos seus dependentes (que podem ter até 24 anos), e cônjuges. E isso vale não só para a graduação, mas também para a pós-graduação.

Para ter acesso ao desconto, o candidato a estudante deve entrar em contato com a faculdade de interesse para saber mais os tipos de desconto nas mensalidades e também quais as modalidades de entrada.

4. Aproveite outros tipos de descontos

As instituições de ensino presentes no portal Vestibulares ainda ofertam outros tipos de descontos para os estudantes. Prouni, crédito estudantil, FIES ou bolsa privada são algumas delas.

Bolsa Incentivo

Para as pessoas que estão com dificuldades de iniciar um curso superior devido a dificuldades financeiras, por exemplo, é possível recorrer à Bolsa Incentivo. Mas qual a diferença dela para as outras já apresentadas aqui? A instituição de ensino que a oferece e, para isso, os ingressantes precisam atender a critérios definidos pela faculdade.

Depois de ter efetuado a inscrição do vestibular, é preciso participar do processo seletivo e ser aprovado nesse entremeio. Seguido disso, ele deve realizar a matrícula e apresentar a documentação solicitada e pagar a matrícula.

Bolsa Primeiro Semestre

Se você sonha com uma bolsa em Odontologia, saiba que tem chances também no Bolsa Primeiro Semestre. O programa funciona da seguinte forma: o estudante regularmente matriculado em uma instituição de ensino que oferece tal modalidade recebe um abatimento no valor da mensalidade no primeiro semestre de curso. O desconto pode chegar até 20%*.

Bolsa servidores públicos e militares

Se os seus pais ou mesmo seu cônjuge forem servidores públicos federais, estaduais ou municipais é possível obter desconto de até 30%* por meio das faculdades que dão desconto para funcionários públicos. O desconto é aplicado a cursos de graduação, tanto presenciais quanto EAD.

Para ter acesso à bolsa em Odontologia ou em qualquer outro curso, o candidato pode ser calouro ou veterano, mas precisa entrar em contato direto com a instituição de ensino desejada para conhecer melhor o regulamento.

Bolsa Transferência

Outra opção é a bolsa transferência. Ela é oferecida quando há transferência externa para cursos presenciais ou cursos EAD. Os descontos variam de até 60%* ou até 30%*, respectivamente.

Enfim, algumas bolsas sem fazer Enem podem ser obtidas, mas, para isso, é preciso saber o processo de seleção particular de cada faculdade. De maneira geral, há opções para estudantes de diferentes realidades econômicas, o que é fundamental para a democratização do ensino superior.

E se você está sonhando com a sua bolsa em Odontologia, precisa se sair bem nas provas, independentemente de quais elas sejam. Então, inscreva-se no vestibular e prepare-se!

*Sujeito a alterações

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.