Aristocracia: como estudar para o Enem e os vestibulares?

aristocracia

Estudar para o vestibular vai muito além de apenas caprichar na leitura da teoria e na resolução de exercícios. Também é importante saber relacionar conceitos e matérias, para aprendê-las de forma eficiente.

Um bom exemplo disso são disciplinas como História, Sociologia e Filosofia, que por vezes se unem no aprendizado de conceitos como a aristocracia. Esse é um tema que confunde muita gente e que costuma cair bastante nos vestibulares e no Enem.

Não sabe o que é a aristocracia? Não se preocupe! Neste post, trouxemos as principais informações para você prosseguir com seus estudos. Vamos lá?

O que é a aristocracia?

A aristocracia representa uma forma de poder coletivo. O grupo que detém esse poder é formado por pessoas privilegiadas, e esses privilégios são, normalmente, passados de pai para filho.

Um dos principais privilégios que podem ser observados é a posse de terras, que por muito tempo foi o que mediu a riqueza de um grupo na sociedade.

Qual é a relação da aristocracia com Aristóteles?

De acordo com Aristóteles, o governo aristocrático era o “governo dos melhores”. Para esse pensador, apenas os melhores cidadãos (intelectualmente falando) deveriam tomar as decisões de um determinado povo.

Para enriquecer o seu conhecimento interdisciplinar entre História e Filosofia, sugerimos a leitura de um artigo da BBC sobre as críticas de Platão à democracia. Ah! Aproveite também para entender melhor o que é a democracia!

Como funciona a aristocracia?

Na aristocracia, o governo é comandado por um grupo privilegiado (que pode ou não ser familiar), normalmente detentores de grandes riquezas ou quantidades de terras.

Onde surgiu a aristocracia?

O berço aristocrático é a Grécia Antiga, no qual apenas os “cidadãos” (os homens livres e ricos) poderiam criar leis, tomar decisões e governar.

Como a aristocracia se relaciona com a oligarquia e a monarquia? 

Esses conceitos podem ser bem confusos. E compreendê-los é fundamental para a hora das provas!

Já vimos que a aristocracia é um governo comandado por um grupo de pessoas com privilégios, certo? Esse sistema é caracterizado pelo poder centralizado nas mãos das pessoas que ocupam o topo da pirâmide em uma sociedade dividida por classes sociais. No caso, os nobres eram os aristocratas.

Agora, vamos entender melhor o que é a oligarquia. Essa também é uma forma de governo comandado por um grupo, mas aqui podemos estar nos referindo a uma família ou a uma classe específica. O exemplo que vimos no Brasil é a Política do Café com Leite, no qual as oligarquias eram as classes mais abastadas dos estados de Minas Gerais e São Paulo.

Já a monarquia representa a centralização do poder na mão de uma única pessoa, o Rei. Ele pode estar acompanhado em outras esferas governamentais pelas oligarquias ou pela aristocracia.

Tour pela prova do Enem

Como estudar esse assunto para as provas?

As melhores dicas para estudar a aristocracia para as provas do Enem e dos vestibulares são:

  • resolva muitas questões para entender bem a diferença entre os termos;
  • veja filmes e documentários sobre o tema;
  • relacione o assunto com acontecimentos marcantes do Brasil e do mundo, obtendo exemplos práticos dos conceitos abordados no texto;
  • invista em leituras variadas e busque materiais em vídeo e áudio para aprender melhor.

Assim, certamente você vai se dar muito bem nos seus exames!

Como esse assunto é cobrado nos vestibulares?

Agora, veja um exemplo de como a aristocracia é cobrada nas provas de vestibular.

(Mackenzie) Foram características econômicas e sociais da Cidade-Estado Esparta, no período Arcaico:

a) a posição do indivíduo na comunidade era definida pelo seu grau de parentesco com o patriarca e sua economia era natural e coletivista;

b) as classes sociais ligadas ao comércio, ao mesmo tempo que adquiriam maior poder econômico, procuravam ampliar seu domínio social;

c) a existência de uma oligarquia aristocrática, que monopolizava o poder militar, político e religioso, culturalmente arcaica, sem atividades mercantis;

d) a proibição da escravidão por dívidas pela oligarquia dominante estimulou a vinda para a cidade de artesãos estrangeiros, a fim de promover o comércio e atividades culturais;

e) cidade marítima dominada por camponeses proprietários de minifúndios, que permitia aos estrangeiros, Metecos, a realização de atividades culturais.

Resposta: letra c.

É hora de mandar ver nos estudos!

Você já sabe o que é aristocracia e como esse conceito se relaciona com uma série de outros assuntos. Agora, é hora de continuar os seus estudos para arrasar nas provas do Enem e dos vestibulares!

Quer uma ajudinha para organizar as matérias? Faça o download gratuito do e-book de preparação para o Enem 2021!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.