Agronomia: o que faz o profissional da área?

Agronomia o que faz

Agronomia é a área de estudos que forma os engenheiros agrônomos, mais conhecidos apenas por agrônomos. É um setor profissional amplo e relacionado, de forma direta ou indireta, à logística e à produção agropecuária de um país.

Neste artigo, você confere, de forma organizada e prática, quais são as áreas de trabalho mais comuns do agrônomo. Vamos abordar diferentes possibilidades de atuação, para ajudar quem quer se formar na área, mas não tem ideia de como é o mercado de trabalho. Continue a leitura até o fim e fique por dentro de como são as áreas para quem se forma no curso de Agronomia!

Afinal, o que faz um agrônomo?

O agrônomo, quando chega ao mercado de trabalho, passou por um curso intenso — vale lembrar que, hoje em dia, o curso de agronomia EAD também é uma ótima opção — em que são estudadas disciplinas das áreas de Ecologia, Cálculo, Química, Biologia e também relativas às novas tecnologias agronômicas, que são muitas.

Ao fim, ele se forma como um generalista na sua área de atuação e pode perseguir uma especialização em campos muito diversos. Veja abaixo algumas dessas áreas e como se dá o processo de trabalho.

Gestão rural

O Brasil tem grandes extensões de terras cultivadas e também grandes fazendas de criação animal, sobretudo gado bovino. São propriedades enormes (como é o caso dos grandes latifúndios exportadores de carne e agroprodutos), ou pequenas e modestas fazendas da agricultura familiar, que têm como função servir ao mercado nacional.

Nos dois casos, o engenheiro agrônomo atua planejando o empreendimento com seu expertise, mas também coordenando equipes, exatamente como faria um gestor. Ou seja, aqui, são necessárias habilidades humanas, técnicas e logísticas.

Vigilância sanitária

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é o órgão brasileiro responsável, segundo seu próprio site, por “eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde”.

Em suma, quem atua nessa área vai lidar com todo tipo de prestação de serviços destinados a melhorar a saúde do consumidor. No caso específico do engenheiro agrônomo, isso representa, principalmente, a preocupação com o consumo, acondicionamento e transporte dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros.

Empreendedorismo

E quando o objetivo do agrônomo é abrir seu próprio negócio, prestando consultoria para empresas ou oferecendo serviços pontuais em projetos? Essa também é uma área de trabalho válida e, por sinal, muito lucrativa.

No entanto, nesse caso, habilidades menos técnicas também serão necessárias. O profissional vai precisar entender muito o seu mercado, analisar concorrentes e, principalmente, estar preparado para realizar a autogestão e a gestão de equipes.

A vantagem é que, criando sua própria empresa, o agrônomo tem a oportunidade de ganhar muito mais que a média da profissão para cargos nos setores privados ou públicos. Ele também pode orientar seu trabalho de modo a perseguir objetivos nas áreas da profissão com que mais se identifica, tendo total autonomia para criar seu modelo de negócios.

Indústria de alimentos

Desde o momento do plantio — o que inclui o cuidado com insumos , cultivo da terra, previsões meteorológicas e preocupações com o início da cadeia distributiva — até chegar à mesa do brasileiro, há um enorme caminho a ser percorrido pelos alimentos.

Com sua especialidade, o formado em Engenharia Agronômica está apto a atuar em diversos elos dessa cadeia, conforme sua inclinação para cada etapa da distribuição. Assim, há vagas de trabalho no estágio inicial de produção, na distribuição, logística, armazenamento, acondicionamento e nas etapas finais, quando os alimentos estão prestes a chegar à mesa dos brasileiros.

Tour pela prova do Enem

Zootecnia

Essa é uma área em que a Agronomia se alia à Medicina Veterinária visando ao melhoramento animal para consumo. Assim, são utilizadas técnicas de intervenção genética, vacinação e desenvolvimento de uma alimentação apropriada.

O agrônomo que optar por essa área vai precisar de estudos avançados em Genética, Biologia em geral e até alguns conceitos menos avançados das áreas de Medicina. É um ramo muito empolgante, pelo natural envolvimento interdisciplinar com outras ciências.

Fitotecnia

De certa forma, a zootecnia está para o trabalho com animais assim como a fitotecnia está para o melhoramento genético de plantas e sementes. O fitotécnico cuida do planejamento e do cruzamento de novas espécies vegetais, assim como do seu melhoramento genético.

É necessário estar preparado para implementar a racionalização no desenvolvimento e a aplicação de mudas, o que requer avançados estudos de Botânica.

Setor público

Além das vagas em vigilância sanitária já mencionadas, há diversas outras opções de trabalho para o agrônomo no setor público. Existe uma infinidade de cooperativas, instituições governamentais e outras instituições e órgãos do gênero que podem empregar seu serviço.

As empresas que atuam concedendo crédito financeiro para os proprietários rurais também precisam de agrônomos para realizarem avaliações dos terrenos e técnicas de plantio. A partir dessa análise, elas recomendam ou não a destinação do dinheiro.

De certa forma, toda atividade pública que envolva a avaliação de um terreno de modo mais técnico precisa do aval de um engenheiro agrônomo. Sendo assim, se decidir se formar na área, não vão faltar opções de concursos públicos para você.

O Vestibulares te ajuda a realizar o sonho da faculdade!

Como deve ter percebido, há muitas vagas para quem se forma em Agronomia, porque são muitas as funções e as atribuições do agrônomo em um mercado que depende muito da exportação de produtos agropecuários, como é o caso do brasileiro.

Esperamos que essas informações tenham ajudado você a colocar em perspectiva suas opções de carreira e repensar de uma forma mais ampla o que se estuda no curso e por que se inscrever.

E se quanto custa uma faculdade de Agronomia é uma preocupação, saiba que as faculdades parceiras do Vestibulares têm diversas bolsas e descontos — que podem chegar a 100% com a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Nada mal, não é?

Faça Agronomia com a gente!

Outra vantagem incrível de fazer Agronomia com uma de nossas faculdades parceiras é o acesso exclusivo à nossa plataforma de vagas de emprego e de estágio em todo o Brasil: o Canal Conecta.

Quando o assunto é realizar seu sonho, não convém perder tempo, concorda? Então, inscreva-se agora mesmo no vestibular de Agronomia de uma de nossas faculdades parceiras e dê o primeiro passo para uma carreira sólida, rentável e importante para o desenvolvimento do país.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.