Sisu ou Prouni? Qual é a melhor opção?

estudantes

Atualmente, existem diversas facilidades para entrar na faculdade, como Prouni, crédito estudantil, FIES ou bolsa privada, além de benefícios e descontos. Para fazer um curso de graça, duas opções são Sisu e Prouni, programas do Governo que fazem a seleção de candidatos.

No entanto, esses programas funcionam de formas diferentes, uma vez que um deles visa as instituições públicas, e o outro, as instituições privadas. Assim, é importante entender detalhes sobre eles para descobrir qual é o ideal em seu caso.

Para que você não tenha dúvidas, preparamos este artigo para explicar o que são o Sisu e o Prouni e quais são seus objetivos, suas vantagens e desvantagens. Continue conosco e descubra qual é o melhor para você!

Sisu e Prouni: entenda os dois programas do Governo

Quem deseja conquistar seu diploma de ensino superior pode fazer uma faculdade pública ou optar por uma instituição privada. Para ingressar, o candidato pode participar de dois programas, Sisu e Prouni, que fazem a seleção de quem poderá ocupar as vagas disponíveis.

Esses dois programas utilizam o resultado do Enem como processo seletivo. Aqueles candidatos que alcançam notas mais altas ficam nas primeiras colocações e têm direito a uma vaga na graduação escolhida. Porém, o processo de cada um funciona de forma diferente. Veja a seguir.

Sobre o Sisu

O Sisu é o Sistema de Seleção Unificada. Ele foi desenvolvido pelo Governo Federal para selecionar candidatos para as vagas de faculdades e universidades públicas. Funciona basicamente como se fosse um vestibular de nível nacional.

Como dissemos, o Sisu utiliza a nota do Enem para fazer essa seleção. As instituições de ensino participantes disponibilizam suas vagas no sistema, e aqueles que prestaram o Exame podem selecionar duas opções de curso. Então, devem aguardar o resultado do processo seletivo.

Aqueles que tiverem as notas mais altas serão selecionados, número que varia dependendo da disponibilidade de vagas para cada curso e instituição. Todo o processo é realizado pelo próprio sistema, tanto no primeiro quanto no segundo semestre do ano. Podem participar do programa os estudantes de escolas públicas ou particulares e, também, os diplomados.

Sobre o Prouni

O Prouni (Programa Universidade para Todos) foi criado pelo Governo Federal para aumentar a acessibilidade ao ensino superior. Por meio dele são oferecidas bolsas de estudo em faculdades particulares, com 50 e 100% de desconto em graduações presenciais ou a distância.

Para participar do Prouni é preciso ter feito a última edição do Enem e se inscrever no site do programa. O processo seletivo também é realizado pelo próprio sistema com base na pontuação alcançada pelos candidatos.

As faculdades participantes disponibilizam suas vagas no sistema e o candidato pode escolher até duas opções, assim como no Sisu. Aqueles que tiverem uma pontuação mais alta são pré-selecionados e devem comparecer à instituição de ensino com os documentos para serem avaliados. Se aprovados, o participante recebe sua bolsa.

Sisu: vantagens e desvantagens

A vantagem de participar do Sisu é conseguir uma vaga em uma instituição pública. Todos aqueles aprovados têm a certeza de que farão a sua faculdade de graça. Além disso, não é preciso participar do vestibular, já que é utilizada a nota do Enem.

Por isso, não é preciso se preocupar com as etapas do processo seletivo, já que o Enem, embora realizado em dois dias atualmente, não tem etapas. Ele apenas é dividido para ser menos cansativo para os participantes, resultando em uma nota única.

A principal desvantagem é a nota de corte do Sisu, que costuma ser bastante alta. Isso acontece porque a concorrência é muito grande, então, é mais difícil ingressar no ensino superior por meio dele. Além disso, essa nota muda diariamente, sendo recalculada de acordo com as novas inscrições.

O que acontece nesse caso é que todos os dias ela pode aumentar. Assim, aqueles que não conseguem atingir a pontuação mínima são automaticamente eliminados do processo seletivo para aquele curso.

Prouni: prós e contras

Uma das vantagens do Prouni é a oportunidade de estudar em uma faculdade particular de graça por meio de uma bolsa com 100% de desconto. O candidato também não enfrenta notas de corte tão rigorosas quanto no Sisu, apenas é preciso alcançar um bom desempenho no Enem.

Por meio do Prouni, mesmo os estudantes com uma renda mais baixa podem ter um ensino de ótima qualidade, em faculdades bem-estruturadas, modernas e alinhadas com o mercado de trabalho. As vagas são oferecidas para os cursos presenciais, semipresenciais e 100% online, diversificando as opções.

Entretanto, esse programa tem algumas exigências, e todas elas precisam ser cumpridas para que o candidato tenha direito a uma bolsa de estudos. Primeiro, é preciso alcançar no mínimo 450 pontos no Enem e não zerar a redação, sendo válida somente a última edição do exame.

Também é preciso ter cursado o ensino médio em escola pública ou escola particular como bolsista. O candidato não pode ter diploma de ensino superior (com exceção de professores) e é preciso comprovar a renda familiar. Para as bolsas de 50%, até cinco salários mínimos por pessoa; para as bolsas integrais, até três salários mínimos por pessoa da família.

Por isso, é preciso ter em mente que, ao participar desse programa, existe a possibilidade de não conseguir a bolsa integral. Mesmo assim, há um abatimento muito grande na mensalidade, já que ela é cortada pela metade durante o curso inteiro.

Apesar da necessidade de cumprir esses requisitos, o programa oferece boas oportunidades. Até porque, além do começo do ano, você pode participar do Prouni no 2º semestre, tendo duas chances de ingressar na faculdade com a mesma nota do Enem.

Como você pôde ver, no Sisu e no Prouni é feita uma seleção de candidatos, então, pode acontecer de não conseguir uma vaga. Mas não se preocupe, porque existem alternativas de bolsas de estudos, descontos e incentivos para ingressar no ensino superior.

As instituições do parceiras do Vestibulares, além do Prouni, oferecem o FIES, a Bolsa Incentivo, a Bolsa Familiar, a Bolsa para funcionários públicos e militares e os convênios com empresas.

Ficou clara a diferença entre Sisu e Prouni? Caso você participe deles e não consiga uma vaga, lembre-se de que existem alternativas. O importante é não desistir de ingressar no ensino superior para se profissionalizar e ter melhores oportunidades no mercado de trabalho.

Além de participar do Enem para o Sisu e o Prouni, faça sua inscrição para o vestibular também e aumente suas chances de conquistar uma vaga na faculdade!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Instituições Participantes do Vestibulares

O Vestibulares traz informações sobre os processos seletivos de sete instituições pelo Brasil: