Veja os resultados do Enem e descubra se você mandou bem

saiuoresultadodoenemeagorasaibaoquefazer

Com o resultado oficial divulgado no dia 16 de janeiro de 2024, saiba como conferi-lo, entender a média geral e também como usá-lo a seu favor

A expectativa sobre quando sai o resultado do Enem 2023, acabou. Foram praticamente dois meses de espera para saber o quanto você mandou bem nas provas, como vai poder usar o resultado a seu favor e também como garantir seu sucesso educacional a partir de agora. Para esta edição, os inscritos entre pagantes e não-pagantes, somaram 3,9 milhões, de acordo com informações oficiais do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

Além disso, vamos detalhar todos os processos para que você acompanhe esse resultado, o confira, saiba como funciona a média geral e todas os processos em que as notas podem ser aproveitadas para, por exemplo, o SISU (Sistema de Seleção Unificada) e o FIES (Programa de Financiamento Estudantil), bem como quais lugares aceitam o resultado. O resultado oficial sai dia 16 de janeiro de 2024. Vamos lá?

Como surgiu o Enem

O Enem, também conhecido por ser acrônimo de Exame Nacional do Ensino Médio, foi criado pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura), juntamente com o INEP em 1998, com o intuito de avaliar como os estudantes terminaram o Ensino Médio. É importante ressaltar que esses órgãos são ainda os responsáveis pela concepção, realização e, se houver necessidade, mudanças no formato e aplicação do Enem. 

O Exame Nacional do Ensino Médio tinha como proposta averiguar, em termos de conhecimento, aprendizado e consequentemente, capacidade para continuar os estudos, como estava o ensino brasileiro e o que deveria ser aprimorado ou alterado. À época, apenas duas instituições de Ensino Superior, consideravam a nota do Enem para o ingresso em suas unidades.

No entanto, em 2004, com a criação do ProUni (Programa Universidade Para Todos) uma nova proposta fez com que o Enem também valesse como peso superior em vestibulares de diversas instituições universitárias públicas e particulares. Isso fez com que as chances de cursar o Ensino Superior chegassem a milhares de estudantes. 

Pessoa olhando para tela do Prouni no celular
Em 2004, o ProUni foi criado e aumentou o acesso dos estudantes às universidades

Além disso, em 2009, o Enem passou a ser considerado também para quem quisesse obter o FIES, tornando-se ainda mais importante no processo de entrada em universidades e faculdades em todo o País. 

O Enem garante a permanência de estudantes no Ensino Superior, mesmo em Universidades particulares, por meio da cessão de bolsas de estudo. Para esta edição do Exame Nacional do Ensino Médio, os inscritos entre pagantes e não-pagantes somaram 3,9 milhões, de acordo com informações oficiais.

Além disso, este ano o Enem completa 25 anos. Segundo o Datafolha, as inscrições para esta edição aumentaram 13,1% em relação ao ano de 2022, quebrando a curva descendente registrada nos últimos três anos, principalmente durante a pandemia da Covid-19.

E não é só isso: o Enem também colabora para que adultos que concluíram o Ensino Médio por meio do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) tenham oportunidade de ingressar de maneira mais justa em universidades públicas ou privadas. 

O fato é que muitas instituições, por meio do Enem, admitem alunos. Por isso, é comum entender que os estudantes que estão prestes a concluir o Ensino Médio, estudem tanto para a prova, ou mesmo se preparem por meio de algum cursinho, especializado para o Exame, como o caso do Stoodi, que, entre outras plataformas, auxiliam o bom desempenho dos alunos, por meio de metodologias exclusivas de estudo e ensino. 

Capa da prova do Enem 2023
As inscrições para o Enem aumentaram 13,1%, em comparação com 2022

Os resultados do Enem e seus benefícios

A divulgação do Enem também impacta para quem quer se beneficiar do 

SiSU (Sistema de Seleção Unificada), o programa responsável pelo ingresso de estudantes em Universidades Públicas, sem a necessidade de prestar vestibular. Os critérios mínimos para concorrer a uma vaga por meio do SiSU é que o aluno tenha nota acima de zero na redação do Enem. 

Além disso, algumas instituições de Ensino Superior particulares oferecem ótimos descontos para quem se sair bem na prova do Enem. Mas como saber o resultado? É simples! Siga os passos:

Acesse o site em que você se inscreveu

Também chamado de página do participante, o site revela o resultado de sua participação no Enem. A outra maneira é baixar o aplicativo oficial do Enem, dentro da loja do sistema operacional de seu telefone celular. 

Para continuar, informe o número de seu CPF

Afinal, o número do documento é a principal forma de acesso ao sistema que vai permitir sua inscrição e revelar sua nota. 

Coloque sua senha

Sabe aquela senha de segurança que você cadastrou quando fez sua inscrição para participar do Enem? Aqui é a mesma senha que vai ser usada. Esqueceu qual foi? Não tem o menor problema! Basta clicar em “Recuperar senha” que você consegue cadastrar uma nova. 

Imagem de segurança

Para que a informação seja mantida em segurança, o próprio sistema de acesso traz uma imagem. Basta seguir as orientações e clicar nas imagens sugeridas. Ah! Se você acessar o sistema via aplicativo, você não vai precisar deste passo. 

Finalmente, confira seu boletim de desempenho individual

A hora mais aguardada chegou! Aqui você vai ver seu desempenho dentro de cada uma das provas: 

  • Redação
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias 
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias
Celular com tela do Enem de login amarelo
Depois de fazer o login, você pode conferir a nota do Enem

O que fazer com os resultados do Enem?

Assim que você souber a sua nota no Enem é importante que você também saiba o que pode fazer com ela. Primeiramente, se a redação não estiver zerada e se esta nota estiver em torno ou superior a 450 pontos, suas chances de ingressar em uma universidade é maior. 

No entanto, além de conhecer os passos certos para que isso aconteça, é necessário entender como funciona cada um dos sistemas e metodologias. Por isso, separamos algumas oportunidades geradas a partir de sua nota no Enem. Vamos lá? 

Ampliar sua qualificação para entrar em Universidades Públicas

O resultado do Enem pode aumentar sua chance de entrar em algumas Universidades Públicas. Algumas utilizam o resultado como complementação de sua nota no vestibular. Entretanto, cada instituição tem a liberdade e autonomia para tratar sua nota e a maneira de como ela pode contribuir para seu ingresso na instituição ou não. 

Por isso, vale ficar de olho em cada instituição, mesmo porque, por conta desta autonomia, a Universidade também tem a liberdade de mudar as regras de como vai acolher sua nota final no Exame Nacional do Ensino Médio. 

Tour pela prova do Enem
Moça olhando para computador concentrada
Como cada instituição tem autonomia para usar o Enem, é importante pesquisar bem os requisitos

Usar sua nota para o SiSU

O SiSU, (Sistema de Seleção Unificada), criado pelo Governo Federal em 2010, é realizado duas vezes por ano. Trata-se de um dos Sistemas para o ingresso de estudantes no Ensino Superior em instituições públicas. Aqui, a nota do Enem funciona como critério para que sua candidatura ocorra em uma das duas edições. 

Para isso, é preciso que o interessado tenha feito o Enem, em sua edição mais recente, anterior ao SiSU, e que este estudante tenha atingido a nota mínima de 450 pontos ao menos, além de não zerar o resultado da redação. 

Usar sua nota para o ProUni

O ProUni (Programa Universidade para Todos) do Governo Federal que, desde 2004, atua para que Universidades Particulares incluam alunos mais carentes no Ensino Superior. Por meio do ProUni, o aluno pode ter descontos que podem variar entre 60% e 100% da mensalidade da instituição. 

Assim como no SiSU, para concorrer a uma das vagas nas instituições, o interessado tem que obter nota igual ou superior a 450 pontos e não pode zerar na redação. O ProUni também avalia o critério de condições financeiras e de vulnerabilidade do candidato, como por exemplo, o fato de sua renda familiar ser de até três salários mínimos para a candidatura, para apoio parcial e de até 1,5 salário mínimo para a obtenção da bolsa integral. 

Substituir o vestibular de instituições particulares 

Em algumas instituições de Ensino Superior, o Enem pode substituir completamente o vestibular. Para isso, é preciso que você fique de olho na maneira em que cada instituição pode tratar sua nota, uma vez que cada entidade, tem liberdade para escolher e regulamentar seus próprios critérios

Rapaz comemorando algo visto no computador
O Enem pode substituir o vestibular de algumas faculdades

Quer estudar fora do Brasil?

Saiba que, por meio de um acordo entre o MEC e outros países, sua nota do Enem também pode contribuir para que isso aconteça. Alguns países, como Irlanda, Portugal, Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Austrália, entre outros, aceitam de maneira complementar sua nota no Enem para que você possa conquistar uma bolsa em uma das universidades locais. 

É possível que, para ingressar no país de escolha, você tenha que passar por exames de proficiência ou até mesmo por algum tipo de processo local de admissão na instituição. 

Como entender a interpretação de sua nota do Enem

Diversos fatores são levados em conta durante a correção das provas do Enem, bem como a redação também conta com critérios próprios. Por isso, se você ficou confuso ao entender o resultado, veja o que levar em conta para entender como foi feita a correção de sua participação no Exame. 

TRI – Teoria de Resposta ao Item

É por meio da metodologia de Teoria de Resposta ao Item qualifica o desempenho de cada aluno, nas duas provas. Desta maneira, não é somente o resultado dos acertos que você teve nas provas que conta: a TRI avalia e qualifica o desempenho individual utilizando critérios como habilidade, considerando três requisitos principais:

  • A proficiência e conhecimento do aluno, de acordo com cada item proposto nas avaliações;
  • Respostas que parecem chutadas e o
  • Grau de dificuldade que o aluno teve nas provas e redação.
Pessoa preenchendo gabarito a lápis
A TRI considera o grau de dificuldade das questões acertadas pelo aluno

Como é avaliada a redação no Enem

A redação do Enem não é avaliada pela metodologia TRI. Isso acontece porque os textos são avaliados mediantes critérios de acordo com suas estruturas, que são diferentes do formato proposto pelas provas. Assim, todas as redações são corrigidas por pessoas designadas especialmente para essa função. Esses avaliadores seguem processos determinados para que a correção aconteça, veja só:

  • Capacidade de entendimento e interpretação do tema proposto;
  • Domínio da Língua Portuguesa e de seus recursos linguísticos;
  • Acréscimo de dados sociais e culturais ao texto;
  • Capacidade de construção e articulação de ideias.

Geralmente, a redação do Enem é pedida em formato dissertativo-argumentativo e traz como complemento, textos de apoio que podem ser em formatos de dados de pesquisa, notícias, quadrinhos e ilustrações. 

Pessoa corrigindo redação com marcador rosa
A avaliação da redação no Enem considera aspectos como a capacidade de construção de ideias

Como escolher sua carreira?

O Enem também tem um papel importante para o direcionamento e auxílio na escolha da carreira. Tudo porque, a partir dos estudos e realização do Exame, o aluno pode entender em quais disciplinas e aplicações se deu bem e, com isso, descobrir paixões, forças, talentos e até mesmo coisas sobre seu perfil comportamental. 

Por isso, se você ainda tem dúvidas sobre o que gostaria de estudar, ao conferir os resultados, procure responder mentalmente às perguntas:

  • Quais suas expectativas em relação ao futuro?
  • Qual seu perfil comportamental?
  • Suas aptidões e paixões estão mais para a área de humanas ou exatas?
  • Como está o mercado de trabalho em que você pretende atuar ou conhecer mais?
  • Quais temas te interessam?

Com essa análise pessoal fica um pouco mais fácil definir sua carreira profissional, a partir do resultado de sua prova do Enem, por exemplo. Tudo porque você vai conferir as universidades que aceitam a nota do Exame como parte da nota ou mesmo para substituição do vestibular. 

Veja também: no Stoodi, veja o que é o Provão Paulista!

Como entender a média geral e as médias por área?

Como o resultado oficial só será divulgado no dia 16 de janeiro de 2024, se você quiser ter uma ideia se mandou bem durante o Exame, veja abaixo como funcionam os cálculos. 

Geralmente para simular sua nota do Enem, você deve se basear nos cálculos de corte de edições anteriores. Pois é desta maneira que os simuladores funcionam. Tratam-se de ferramentas disponíveis que se baseiam em notas reais e aproximadas. 

O primeiro passo é encontrar uma média simples de sua prova. Para obter esse resultado, basta somar as notas das cinco avaliações com a nota da redação. Assim, divida o valor total por cinco. Preste atenção: dependendo da instituição de ensino escolhida, a média necessária varia por peso e área de conhecimento. 

Ao conferir a prévia dos resultados das questões de todas as provas e da redação. Esse é o cálculo por média aritmética. Lembre-se que o Enem é dividido em cinco provas, cada uma com sua própria nota, que pode ser de zero a 1000 pontos.

Assim, você também pode conhecer sua média geral esperada. Afinal, ao somar todas as notas, você terá o resultado total de tudo e conseguirá ter noção de quanto será o final. Fica a dica: entender essas médias ajuda também a definir para qual instituição de ensino superior você poderá ingressar. 

Se ficar em dúvida, acesse esse artigo e veja um bom caminho. Além disso, se quiser se preparar para essa e outras edições, é só acessar o Intensivo para o Enem da plataforma Stoodi

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Oops! Invalid captcha, please check if the captcha is correct.