Trigonometria: saiba como estudar esse assunto

Trigonometria

A Matemática é uma das matérias mais temidas pelos alunos. No entanto, ela é fundamental para que possamos avançar não apenas em seu aprendizado, mas também em outras áreas, como a Química e a Física. Além disso, ela também é utilizada em vários outros conteúdos, como em cálculos de probabilidade na Biologia e na cartografia da Geografia.

E, dentro da Matemática, há um assunto que causa ainda mais estranhamento por parte dos alunos: a Trigonometria. Esse é um assunto bastante complexo, fundamental para que o estudante possa, no futuro, entender os conceitos básicos de Geometria e se aprofundar no tema para as provas.

E você? Também faz parte do time dos que não entendem muito sobre Trigonometria? Então, veio ao lugar certo! Ao longo de nossa conversa, além de falarmos um pouco sobre o conteúdo, mostraremos dicas para que você possa estudar essa matéria com mais eficiência para o Enem e o vestibular. Boa leitura!

O que é Trigonometria e qual é a sua história?

Para mandar bem na prova de Matemática e suas Tecnologias, precisamos entender as disciplinas de maneira bem abrangente. Por isso, vamos falar sobre o que é a Trigonometria!

Essa é a área da matemática que estuda o triângulo. Ela está diretamente interligada com a Geometria e tem uma história bem longa: estima-se que esses cálculos começaram a ser utilizados com mais frequência na época das navegações. Sua origem, no entanto, é incerta.

Quais são os nomes que precisamos saber para o estudo da Trigonometria?

Agora, para melhorar ainda mais nossos conhecimentos sobre esse tema para a prova de Matemática no Enem, confira um glossário de termos da trigonometria:

  • ângulo reto — ângulos de 90°;
  • ângulo raso — ângulos de 180°;
  • radiano — unidade utilizada para medir ângulos em uma circunferência;
  • cateto oposto — lado do triângulo que está diretamente oposta ao ângulo estudado;
  • cateto adjacente — lado do triângulo que está próximo ao ângulo estudado;
  • hipotenusa — maior lado do triângulo.

O que é o círculo trigonométrico?

É um círculo disposto ao redor do ponto de origem em um plano cartesiano. Conforme caminhamos pelo gráfico, temos diferentes medidas de raio para a circunferência.

Essa é uma ferramenta que existe explicação visual para ser feita, por isso assista videoaulas sobre o tema e confira como ela pode ser utilizada na prática.

Quais são as funções Trigonométricas?

Agora, veremos quais são as funções que envolvem a Trigonometria. São elas:

  • função seno — relação entre cateto oposto e hipotenusa;
  • função cosseno — relação entre cateto adjacente e hipotenusa;
  • função tangente — relação entre cateto oposto e cateto adjacente.

Quais são as fórmulas que não podemos esquecer?

A Trigonometria é uma das áreas que mais tem fórmulas matemáticas. Vamos conferir algumas delas a seguir!

  • Seno — cateto oposto / hipotenusa
  • Cosseno — cateto adjacente / hipotenusa
  • Tangente — cateto oposto / cateto adjacente
  • Teorema de Pitágoras a2 = b2 + c2
  • Relação fundamental da trigonometria — sen² θ + cos² θ = 1
  • Soma de arcos — Sen (a + b) = sen(a).cos(b) + sen(b).cos(a) | Cos (a + b) = cos(a).cos(b) – sen(a)sen(b) | Tg (a + b) = /.
  • Subtração de arcos — Sen (a – b) = sen(a).cos(b) – sen(b).cos(a) |Cos (a – b) = cos(a).cos(b) + sen(a)sen(b) | Tg (a – b) = /.

Como se preparar e estudar esse assunto?

Mas, afinal, como se preparar para o Enem quando o assunto é o cálculo trigonométrico? Confira algumas boas dicas a seguir!

Fazer simulados e resolver questões

A primeira dica que podemos passar é: resolva muitas questões e faça simulados sobre o assunto! Essa é uma técnica infalível para o estudo da Matemática (além de outras matérias) e que certamente fará toda a diferença no seu preparo para as provas.

banner calculadora bolsa enem

A ideia é você ver a teoria e fazer exercícios imediatamente depois ou, pelo menos, no dia seguinte. Revisões periódicas com questões também são bem-vindas. Os simulados podem ser feitos uma vez por semana ou a cada 15 dias, de acordo com a sua necessidade.

Estudar as fórmulas e suas aplicações

Decorar as fórmulas é, às vezes, muito difícil. Isso é algo que certamente fica mais fácil conforme você resolve exercícios, mas o branco na hora da prova pode ser um desafio complicado.

Por isso, tente sempre estudar as fórmulas a fim de entender a sua aplicação e não apenas as decore. A compreensão do raciocínio por trás da fórmula ajudará na memorização, mas será fundamental caso você não se lembre de nada na hora dos exercícios.

Ter uma tabelinha com as fórmulas sempre à mão

Outra dica para ajudar na compreensão e memorização das fórmulas é fazer um painel e colá-lo na parede de seu quarto, ou tê-las sempre por perto. Na hora de realizar questões, isso será imprescindível!

Na hora de fazer os exercícios, não tente ficar lembrando fórmulas. Isso só fará você perder tempo. Utilize sua “colinha do bem” para ajudá-lo nesse processo; com o tempo e a prática, você memoriza as informações. Já nos simulados, fique longe de suas anotações!

Contar com a ajuda de bons professores

Com bons professores e muito interesse da nossa parte, vamos longe. Priorize sempre os profissionais que tenham uma boa didática, que ensinem de maneira leve e com os quais você consiga entender o conteúdo.

A equipe do Trilha do Enem tem todas essas qualidades! Dê uma olhadinha no site e confira as diversas videoaulas e outras funcionalidades que esse time preparou para você!

Como a Trigonometria é aplicada?

Para entender melhor como esse assunto cai nos vestibulares, vamos conferir um exercício que já apareceu em uma edição do Enem.

(Enem 2013) As torres Puerta de Europa são duas torres inclinadas uma contra a outra, construídas numa avenida de Madri, na Espanha. A inclinação das torres é de 15° com a vertical e elas têm, cada uma, uma altura de 114 m (a altura é indicada na figura como o segmento AB). Estas torres são um bom exemplo de um prisma oblíquo de base quadrada e uma delas pode ser observada na imagem.

Utilizando 0,26 como valor aproximado para a tangente de 15° e duas casas decimais nas operações, descobre-se que a área da base desse prédio ocupa na avenida um espaço:

a) menor que 100 m²

b) entre 100 m² e 300 m²

c) entre 300 m² e 500 m²

d) entre 500 m² e 700 m²

e) maior que 700 m².

Resposta: letra E.

Que tal se organizar?

Curtiu saber mais sobre Trigonometria? Esse é um assunto muito importante sobre o qual devemos fazer um monte de exercícios! Então, não perca tempo e comece desde já a se preparar para enfrentar esse tipo de questão em suas próximas provas.

Para ajudar você, separamos uma outra leitura muito bacana: nosso texto sobre como fazer um bom plano de estudo para o vestibular. Com ele, você aprenderá a se organizar de modo mais eficiente e vai ter resultados melhores nos exames!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.