Mau ou mal? Confira as dicas de Português e redação para arrasar no Enem

Mau ou mal

banner de preparação para o enem 2021

Imagine a seguinte situação: dia de Enem, você checa o tema da redação, vê que é um assunto que faz parte do seu repertório, o texto está montado na mente, mas na hora de escrever… “Afinal, é mau ou mal?”. Desespero total!

Esse cenário parece familiar? Ainda não passou por isso? Bom, independentemente de qual seja a sua resposta, uma coisa é certa: é preciso evitar esses errinhos de Português na hora de redigir um texto.

Uma das competências do Enem avalia a gramática e a ortografia da Língua Portuguesa. Então, não marque bobeira! Continue a leitura e descubra como usar mal e mau adequadamente em sua redação. Vamos lá?

Mau e mal são sinônimos?

A resposta para essa pergunta é: não! Os dois termos correspondem a palavras diferentes, ainda que o seu som seja idêntico, e a grafia, bastante parecida.

A palavra mau é um adjetivo. Ou seja, é uma palavra utilizada para conferir uma qualidade ou característica a algo ou alguém.

Por sua vez, a palavra mal pode pertencer à classe dos advérbios, dos substantivos e das conjunções. Compreender bem essas diferenças é indispensável para ir bem na prova de Português do Enem!

Como usar mau e mal?

Para ajudar você a evitar erros de Português nas suas provas, vamos à explicação definitiva das diferenças entre mau e mal!

Quando usar mau

A palavra mau é o contrário de bom. Usamos quando queremos descrever alguém, ou seja, dar um adjetivo.

Exemplos:

  • Você tem mau gosto para cores.
  • Sempre fui um mau aluno, mas agora decidi mudar.
  • Fiz um mau negócio.
  • Ela é um mau exemplo para você.

Perceba que, ao trocar a palavra mau por bom, todas as frases mantêm sentido e adequação ortográfica.

Quando usar mal

O uso de mau é um pouco mais complexo, já que a palavra pode pertencer a classes gramaticais distintas.

Alguns exemplos de seu uso:

  • A depressão é o mal do século. — Aqui, temos um exemplo de substantivo, no qual a palavra mal tem o sentido de doença.
  • O cidadão pobre é mal amparado pelo governo. — Agora, mal tem o sentido de advérbio de modo. Nesses casos, o mal seria substituído por bem.
  • Mal saí de casa e a chuva começou a cair. — Aqui, é uma conjunção. A substituição adequada seria “logo que saí de casa, a chuva começou a cair”.

Observe que a regra de substituição funciona em alguns casos, mas pode não ser adequada em outros. Por isso, faça muitos exercícios para pegar o jeito!

Quais são os melhores macetes para não errar?

Acertar no Português e melhorar a escrita envolve muitos fatores. Alguns deles são:

  • treinar bastante, já que aprendemos enquanto escrevemos;
  • conhecer as competências do Enem e entender o que a banca deseja das produções textuais;
  • compreender a teoria para mandar bem na hora de utilizar o Português na redação;
  • fazer muitas questões para fixar os conteúdos.

E por aí vai! Mas também é possível utilizar alguns macetes nas provas. Eles são úteis nos momentos em que dá branco e te deixam mais seguro na hora de escrever.

No caso do uso de mau ou mal, há um macete clássico que até pode não fazer muito sentido, mas funciona.

Teste Vocacional Rápido

Observe bem as palavras: Mau × Bom e Mal × Bem.

Ao compararmos todas elas, podemos observar que apenas uma letra é diferente entre cada palavra dos pares. No caso, falamos a respeito da última letra de mau e mal e a segunda letra de bom e bem.

Visualizou? Agora, dê uma olhada mais atenta: U × O e L × E.

Veja como se “fecharmos” a letra U, obtemos um O. Ambas são “redondinhas” e parecem se complementar.

O mesmo é válido para L e E. As duas são compostas por retas e, se adicionarmos alguns risquinhos ao L… temos uma letra E!

Outra forma de pensar é tentar criar associações. Por exemplo: Lobo Mau, mal-estar… Utilize a sua imaginação e associe as palavras com coisas do seu dia a dia.

Quais são os possíveis sinônimos para substituir mal e mau?

Ao fazer uma redação do Enem e dos vestibulares, é importante evitar a repetição de palavras. É claro que elas podem aparecer mais de uma vez no seu texto, mas não muito próximas nem no mesmo parágrafo.

Para isso, usar sinônimos é sempre a melhor pedida. Então, confira alguns sinônimos de mau e mal:

  • mau — malvado, ruim, prejudicial.
  • mal — assim que, doença, tristeza, incômodo.

A palavra mau tem sinônimos mais bem-definidos. Mal, por sua vez, demanda uma interpretação maior do sentido do termo na frase. Fique ligado!

Quais são outros erros comuns na hora de escrever uma redação?

Além da confusão entre mau e mal, outros erros são bem frequentes entre os estudantes. Confira alguns deles a seguir e arrase na sua prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias no Enem!

Mais × Mas

A palavra mais remete ao conceito de quantidade. Já o mas indica oposição.

  • Eu gosto mais de banana do que de abacaxi.
  • Um mais um é igual a dois.
  • Gosto dele, mas não estou pronta para um relacionamento.
  • Há um tratamento para a doença, mas ele é demorado.

Afim × A fim

Outros termos que causam muita confusão! A locução a fim tem o sentido de “com a finalidade de”. Já afim é um adjetivo, utilizado para dizer que há semelhança entre dois itens.

  • Seus ideais eram afins e, portanto, eles lutavam pela mesma causa.
  • Estou a fim de você.

Onde × Aonde

A palavra onde é utilizada para falar de um lugar. Aonde dá a ideia de movimento.

  • Moro onde não mora ninguém.
  • Vou aonde você desejar.

Por que, porque, por quê, porquê

O uso do porquê costuma deixar muitos estudantes de cabelo em pé. Confira algumas dicas rápidas para não errar:

  • por que — usado em frases que exigem uma conexão com o verbo, no começo de frases interrogativas ou em substituição ao termo “pelo qual”. Exemplo: “Por que você está rindo?”
  • porque — utilizado para explicar alguma coisa. Exemplo: “Vou ao teatro porque gosto da peça.”
  • por quê — usado aos finais de frases interrogativas. Exemplo: “Você não foi ao mercado por quê?”
  • porquê — utilizado em orações com significado de “motivo”. “Quero saber o porquê dessas lágrimas.”

Agora é com você!

E aí, gostou de descobrir quando usar mau ou mal em sua redação? Agora, é hora de treinar bastante! Reserve um tempo na semana e dedique-se a fazer um simulado de redações. A prática é essencial para você se sentir mais confiante no dia da prova!

Para saber mais sobre o tema, faça o download gratuito do nosso e-book “Redação para o Enem: leia e arrase na redação!” e vá em busca da sua nota 1000!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

prouni, crédito estudantil, fies ou bolsa privada

Dê mais um passo na direção do Vestibular dos seus sonhos !

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.